31 de dez de 2008

Naufrágio do Bateau Mouche envergonhou o Brasil no Reveillon de 1988. Crime continua impune até hoje.

Jornal do Brasil: Bateau mouche afunda

A superlotação e falhas na estrutura da embarcação foram as causas do naufrágio do Bateau Mouche, minutos antes do Réveillon, na entrada da Baía de Guanabara. O barco levava 153 passageiros para ver a queima de fogos no mar de Copacabana. Destes, 55 morreram. Segundo os sobreviventes, o Bateau Mouche deixou o Restaurante Sol e Mar por volta das 21h, mas foi interceptado 15 minutos depois por uma patrulha da Capitania dos Portos, que fez a embarcação retornar ao ponto de partida. Os passageiros não souberam explicar o motivo da interrupção da viagem. O barco ficou parado por alguns minutos no cais e zarpou novamente. Pouco antes da meia-noite o Bateau Mouche começou a adernar, derrubando pratos, copos e mesas e afundou.

Os pescadores Jorge de Souza, João Batista de Souza Abreu, Marcos Vinícius Lourenço da Silva, Francisco Carlos Alves de Moraes e Jorge Luiz Soares de Souza tornaram-se heróis ao salvar cerca de 30 pessoas. Eles tinham partido com as suas famílias de Niterói, na traineira Evelyn Maurício, com destino a Copacabana. No caminho, cruzaram com o Bateau Mouche iluminado e muito cheio. Os pescadores chegaram a ver o naufrágio. Eles jogaram bóias, cabos e cordas no mar ao mesmo tempo que puxavam os náufragos pelos braços. 

Os tripulantes do iate Casablanca também socorreram os sobreviventes, mas a altura do antigo caça-minas da Marinha transformado em barco de luxo dificultou o resgate dos que caíram no mar. Mesmo assim conseguiram salvar 21 pessoas, que se afogavam. O comandante do Casablanca, Valentim Lima Ribeiro, disse que pediu ajuda a outros barcos, mas ninguém parou, só a traineira. Valentim contou que quando o Casablanca passou pelo local do acidente viu o barco completamente virado e pessoas agarradas ao casco e a pedaços de madeira.

Impunidade e morosidade da Justiça

A Justiça condenou a quatro anos de prisão em regime semi-aberto os sócios majoritários da empresa do Bateau Mouche, Faustino Puertas Vidal e Álvaro Costa. Ambos se aproveitaram de que tinham o dia livre e precisavam ir ao presídio somente para dormir, e fugiram para a Espanha. Como o país não tem acordo de extradição com o Brasil, os réus não cumpriram as penas. Restou então para as famílias das vítimas o pedido de indenização, que se arrasta desde 1994 na Justiça. Até agora só uma família conseguiu receber o dinheiro por causa dos recursos impetrados pela defesa dos acusados. Os envolvidos na tragédia tiveram os bens bloqueados.
***********************************************************************
Navegando por aqui e ali, como internauta juramentado que sou, descobri o site adv6 e o seu agregado, Lamparina. No conteúdo (é só clicar no logotipo abaixo) descobri este vídeo, curiosíssimo e surpreendente. A pergunta de sempre é "aonde vamos parar?". Clique e entendam a minha pergunta.

CONHEÇA A MAIS PERFEITA ANIMAÇÃO GRÁFICA

"Se você não for avisado, certamente acabará achando que Emily (a moça do vídeo abaixo) é de fato uma garota. Entretanto, ela não passa de uma animação totalmente feita no computador. Isso mesmo, Emily é fake!
A mesma empresa responsável pela animação do jogo Grand Theft Auto, recriou os gestos captados de uma outra pessoa, enquanto falava, e quebrou os movimentos faciais, transformando em loops e animação facial.
Segundo o Times Online, a nova técnica poderá ser usada nos filmes, aumentando definitivamente o grau de realismo das animações que conhecemos. Seria possível, por exemplo, recriar cenas e personagens conhecidos, ou até mesmo, criar continuações, mantendo as características físicas do personagem principal. Bom, é esperar para ver!"



PS - Clique no link e visite o site da Image-Metrics que é a detentora da tecnologia.

Violência contra crianças: não deixe de ver este vídeo...

Seria exagero dizer que a violência contra as crianças e adolescentes está crescendo neste mundo louco? Essa é a impressão que eu tenho. Ou então sempre foi assim e a mídia não noticiava. Fico com a primeira alternativa. Acho que as crianças estão sendo vitimadas por alguma doença ou desvio psicológico dos adultos.
Vou ficar apenas com o que leio e vejo nos canais de televisão aqui no Brasil. Sei que em outros países do mundo, principalmente naqueles onde existem diferenças sociais e culturais muito grandes a violência contra mulheres e crianças é uma realidade cotidiana.
O Brasil certamente se encaixa neste quadrante. Isto não quer dizer que a violência contra as crianças seja restrita às camadas mais pobres da sociedade. Ela é disseminada e não se limita a nenhuma fronteira.
A luta contra esta barbaridade deve ser tão constante quanto as campanhas contra pedofilia, violência doméstica e outras crueldades praticadas pelos seres humanos contra seus semelhantes.

São muitos os vídeos criados para apoiar as campanhas. Recebi este - abaixo - há poucas horas e não demorei nada em disponibilizá-lo no blog. Achei um primor de criação. Surpreendente na mensagem e certeiro na sensibilização do espectador. Não deixem de assisti-lo, copiar para seus blogs além de distribuí-lo para os seus amigos. É uma bela contribuição para esta campanha.






30 de dez de 2008

Xavantes e Bororós atacam Funai por conflito de terras (1974)

Jornal do Brasil: índio ameaçam invadir cidades do mato Grosso

Revoltados com a invasão de suas terras, índios Xavante e Bororó ameaçavam atacar cidades do Mato Grosso. Os índios possuíam títulos de propriedade datados de 1918 enquanto os fazendeiros apresentavam documentos de posse da terra cedidos pelo governo em 1958.
O clima também era tenso em Roraima onde os Waimiri Atroari foram acusados de matar quatro funcionários da Funai. Os indígenas ocupavam desde épocas remotas o sul do Estado de Roraima e norte do Amazonas. O território rico em recursos naturais atraía a cobiça de caçadores, madeireiros e mineradores, sobretudo a partir do século 19. 
De 1972 a 1977, a região onde os índios viviam foi cortada pela BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, seguida pela implantação da mina de estanho de Pitinga, a construção da Hidrelétrica de Balbina pela Eletronorte, e pela implantação de projetos pecuários nos limites da área. A hidrelétrica alagou cerca de 30 mil hectares e a estrada atravessava 125 quilômetros das terras indígenas. 

Os Waimiri Atroari defenderam suas terras como puderam. Os guerreiros enfrentaram uma luta desigual contra um inimigo com poderio bélico muito superior ao deles. No confronto o povo foi dizimado por forças militares, matadores profissionais e doenças levadas pelo homem branco. Nessa época a população foi diminuiu de 2 mil para cerca de 300 indivíduos.

Waimiri escapam da extinção
Os Waimiri Atroari deram a volta por cima depois de chegar perto da extinção. Em setembro deste ano, nasceu o milésimo índio da etnia. O crescimento da população hoje é de 6% ao ano. No fim da década de 70 a redução populacional era de 20% ao ano. 

A área que eles ocupam foi reconhecida e demarcada como reserva, a estrada só pode ser usada durante o dia, e até hoje os índios não aceitam missões religiosas. Há escolas em cada uma das 19 aldeias e seu idioma é ensinado por professores nativos, em cartilhas e livros didáticos em waimiri-atroari
***********************************************************************

Dia 30 de dezembro - Rede Globo inicia seu império (1957)

30 de Dezembro

30 de Dezembro é o 364º dia do ano no calendário gregoriano (365º em anos bissextos). Falta 1 dia para acabar o ano.

Eventos históricos

Nascimentos

Falecimentos

Feriados e eventos cíclicos


Fatos históricos do dia 30 de dezembro.(Portal Terra)



9
- Nasce em Roma, Tito Flávio Vespasiano, imperador romano.

1691 - Morre Robert Boyle, cientista britânico, um dos primeiros defensores do método científico e um dos fundadores da Química moderna.
1803 - Os Estados Unidos tomam posse do território de Louisiana, quase duplicando a extensão territorial do país.
1853 - Os Estados Unidos compram mais de 100.000 quilômetros quadrados de terra do México, num acordo chamado de Compra de Gadsden.
1924 - Edwin Hubble confirma a existência de outras galáxias.
1933 - O primeiro-ministro da Romênia, Íon Duca, é assassinado por um membro da Guarda de Ferro.
1937 - Um decreto do presidente Getúlio Vargas transforma os partidos políticos em sociedades culturais e beneficentes.
1938 - Vladimir Zworykin patenteia o sistema de televisão.
1947 - O rei Michael da Romênia é forçado a abdicar ao trono quando uma república é estabelecida no país.
1953 - Os primeiros aparelhos de televisão a cores são vendidos nos Estados Unidos, ao preço de US$ 1 mil por unidade.
1990 - Morre o músico e radialista Paulinho Tapajós.
1998 - O Iraque ataca aviões estrangeiros que sobrevoavam o seu território. A ofensiva contra aeronaves americanas e britânicas é respondida com o bombardeio de uma base iraquiana na zona de exclusão aérea, no sul do país.
1999 - O ex-Beatle George Harrison consegue defender a sua vida, mas é esfaqueado por um homem que invade a sua mansão em Londres.

29 de dez de 2008

O mundo assiste, abismado, ao conflito de ódios e paixões entre judeus e palestinos. Uma barbárie!


Com seus poderosos tanques à frente as forças armadas israelenses estão prestes a invadir a faixa de Gaza e arrostar a opinião pública mundial - aliados e inimigos - promovendo um autêntico pogrom contra o Hamas e seus defensores. No meio da briga o sofrido povo palestino, trabalhadores civis e suas famílias que, mais uma, vez serão as maiores vítimas.

Pelo que se conhece dos governos israelenses, ao longo da sua história, eles não vão parar a ofensiva enquanto o Hamas não for vencido ou pelo menos tiver sua espinha dorsal, braços e pernas quebradas. E não haverá apelo de nações internacionais, ONU, OTAN, União Européia, MERCOSUL ou quem quer que seja que os faça parar ou amenizar a potência da sua operação. Só os EUA teriam essa capacidade e neste momento a nação norte-americana não tem poder e nem vontade de se meter nessa desavença entre judeus e palestinos que dura desde antes de Moisés atravessar o deserto do Sinal, vindo do Egito (sem exagero ou figura de retórica). E o governo de Israel sabe disso e vai se aproveitar ao máximo essa "brecha diplomática" para atingir seu objetivo antes da posse de Barack Obama.

Esta guerra desabrida e declarada de Israel contra o Hamas que eclodiu dias atrás já estava anunciada desde que o grupo político palestino ganhou as eleições na Faixa de Gaza. Os eleitores palestinos que colocaram o Hamas no poder, pelo voto, também sabiam o que os esperava pois o maior projeto de governo deste 'partido político' é a guerra contra Israel. É bastante lembrar que o Hamas nega a existência do estado israelita. O próprio partido contrário ao Hamas, na Palestina, o Al Fatah que domina a Cisjordânia previu, por várias vezes, esse desenlace.

Exceção feita àquelas pessoas que estejam envolvidas nesta contenda milenar não há como - racionalmente - se tomar partido de um lado ou de outro. Ambos são responsáveis pelo status quo. Todavia, por tudo que se lê - e , sem dúvidas, o noticiário internacional não é simpático a Israel - o governo do Hamas, na Faixa de Gaza, não se moveu em busca da paz. Todas as vezes que - após negociações sempre exaustivas - houve uma "trégua", o Hamas jamais demonstrou, para o mundo, a menor determinação para cultivar a paz. Esteve sempre de armas na mão provocando os israelitas.

Israel por sua vez não dá a menor chance para os palestinos se desenvolverem como sociedade e como nação. Os asfixia com bloqueios e obstruções de toda ordem sem dar-lhes oportunidade de crescer econômica, social e culturalmente. É um garrote administrado pelo medo e pela desconfiança milenares.

Muito maior que o muro dividindo suas fronteiras existe, entre judeus e palestinos, outra gigantesca muralha de ódios e preconceitos que separa os dois povos. É esta barreira - invisível, mas poderosa; intangível, mas presente - que nunca permitiu no passado, não permite agora e não permitirá um futuro próximo (quiçá jamais o consinta) que haja concórdia e entendimento entre eles. Estive em Israel e vi esta realidade com meus próprios olhos.

É esta a verdade que grita e ecoa ao longo dos intermináveis conflitos que ano a ano matam e trucidam crianças, mulheres, idosos e trabalhadores inocentes dos dois lados. Sofre mais o povo palestino, pois é a parte fraca desta luta onde ironicamente se inverteram os papeis de David e Golias; só que desta feita Golias é hebreu e está armado até os dentes.

Neste momento o risco é de uma irradiação do conflito para fora da Faixa de Gaza. O Hamas, depois de todas as provocações que voaram nas pontas dos mísseis contra os colonos judeus e agora sob a ameaça da brutalidade israelita correm a pedir ajuda ao Egito, Síria , Irã e outros países árabes. É ai que mora o perigo.

Se Israel colocar em prática o que está anunciando vai provocar uma carnificina entre as populações civis da Faixa de Gaza (todos sabem o exército israelense não alivia quando resolve se mover em uma ofensiva contra seus inimigos) e isto o mundo árabe não vai tolerar.

Podem registrar que antes de enfrentar a crise econômica mundial, o futuro presidente Barack Obama e sua secretária de estado Hillary Clinton vão ter seu "batismo de fogo" ali mesmo, onde Moisés encontrou a Terra Prometida.










Vejam abaixo um vídeo-reportagem da Record News sobre o conflito. Foi o mais informativo que consegui encontrar na minha pesquisa.






Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin