29 de set de 2018

Jack Welch, vídeo magnífico sobre o papel do líder verdadeiro

O
ícone Jack Welch dispensa comentários. Normalmente leio e assisto tudo de sua autoria que me caia nas mãos. Curiosamente não conhecia o vídeo abaixo ("What is the role of a leader" - "Qual é a função do líder") que me foi enviado por amigos de grupos no WhatApp. Paixão à primeira vista!
O que mais me tocou foi a clareza de Mister Welch ao ensinar que a principal função do líder é ser o que ele chamou de "Chief Meaning Office". Uma expressão própria que ele mesmo explica no vídeo como sendo a responsabilidade de dar significado do trabalho da equipe deixando todos cientes "de onde estão indo", "por que estão indo pra lá" e mais importante, "o que eles ganham ao ajudar e acompanhar o líder a chegar lá". Em torno desse paradigma Welch desenvolve - em quatro minutos e quarenta e quatro segundos - uma maravilhosa (e verdadeira) teoria de como ser um líder verdadeiro.
Sério... é um dos vídeos mais impactantes que conheço para propor mudanças nas vidas das pessoas que têm a responsabilidade de comandar outras pessoas. De liderar e conduzir tarefas e alcançar objetivos.
Já o vi, desde que tomei conhecimento dele, pelo menos uma dezena de vezes e o que mais me fascinou foi reconhecer partes do meu próprio estilo de liderança nos ensinamentos que Welch cita na sua fala. São coisas comuns, mas que, isoladas, não me chamavam a atenção. Isto por que estão ou foram desenvolvidas ao longo da carreira para fazer parte viva do meu "DNA" de gestor; da minha forma de ser no papel de gestor e líder. 
Tenho certeza de que muitos (talvez a maioria) dos que se disponham a assistir o vídeo também "se encontrem" nas palavras do Jack Welch. Vale a pena conferir...






16 de set de 2018

Os Estatutos do Homem - Thiago de Mello

Resultado de imagem para ESTatutos do homem thiago de mello

(publicado originalmente no blog em 25/8/2010)

Se alguém quiser discutir feio comigo basta falar mal de Thiago de Mello.
Basta dizer que o meu segundo filho se chama Thiago e além da beleza do nome é também uma homenagem a este poeta extraordinário que a raça brasileira produziu a partir das selvas amazônicas.

Não! Não vou falar Thiago de Mello. Desnecessário.

Trago-lhes tão somente uma de suas poesias mais conhecidas e mais emocionantes. Segundo seus críticos, a mais famosa. Falo de "Os Estatutos do Homem". É o retrato de sua vida, grande parte dedicada a defender o direitos humanos, os direitos dos povos da Amazônia e os direitos de todos os oprimidos. 

Para quem não a conhece e acho que são muitos, principalmente os jovens, será uma emoção. Para aqueles mais velhos que já transitaram  pelos versos sempre vivos e questionadores do poeta será uma alegria poder ouvir a sua voz poderosa dizer "Fica decretado que agora vale a verdade, agora vale a vida..."

Por favor, não vejam o vídeo, se não estiverem a fim de de admirarem uma das mais belas páginas da poesia brasileira. Deixem para outra hora. Será um desperdício não aproveitar cada momento, cada frase, cada entonação que a interpretação do poeta nos conduz nos quase 6 minutos da apresentação.
Após o vídeo coloquei o texto do poema para quem quiser copia-lo e distribui-lo aos seus filhos e amigos.


Poeta Thiago de Mello, acompanhado do Duo Gismonti, no Circo Voador, Rio de Janeiro, na abertura do Poesia Voa 2.0 | Festival Poesia Direitos Humanos - 10.dez.2006

Os Estatutos do Homem (Ato Institucional Permanente)
A Carlos Heitor Cony

Artigo I
Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II
Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

Artigo III
Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo IV
Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:
O homem, confiará no homem
como um menino confia em outro menino.

Artigo V
Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

Artigo VI
Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo VIII
Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

Artigo IX
Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor.
Mas que sobretudo tenha
sempre o quente sabor da ternura.

Artigo X
Fica permitido a qualquer pessoa,
qualquer hora da vida,
uso do traje branco.

Artigo XI
Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.

Artigo XII
Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

Parágrafo único:
Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.

Artigo XIII
Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

Artigo Final.
Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem.

Criado em Santiago do Chile, abril de 1964

7 de set de 2018

Gosta de problemas? Então venha trabalhar.


Outro dia mesmo, estava em mesa de reunião com diversos técnicos e algumas empresas. Uma determinada questão estava sendo debatida e dependia de uma das equipes presentes apontar uma solução que estava na sua esfera de competência. Eu e alguns outros experientes executivos que participavam da reunião, sabíamos que aquela empresa tinha condições e apresentar a forma de resolver o problema e o seu representante sabia como.

Entretanto o jovem executivo resistia porque a solução não era simples, tinha obstáculos a serem ultrapassados e não era, digamos, ortodoxa. Um pouco de boa vontade e vontade de resolver faltaram àquela pessoa que ali estava para contribuir com a resolução de uma grande dificuldade. O nome dessa falta é proatividade.

Uso o fato para ilustrar a importância das habilidades comportamentais que devem ser cultivadas por aqueles que estão vivenciando o mercado das resoluções de problemas. Um dos meus princípios mais utilizados quando abracei a carreira de executivo (gerência, chefia, gestão...) foi considerar que são duas das principais habilidades naturais que um executivo deve desenvolver: 
  • Gostar de pessoas
  • Gostar de problemas e resolve-los  
Gostar de resolver problemas sim! Aliás, os problemas são as grandes alavancas das carreiras bem-sucedidas na selva corporativa. Quem não gosta de problemas saia fora dessa vida de liderança. Entregue o bastão e deixe o lugar para quem seja competente nesse mister. Ser proativo, por exemplo é uma das principais ferramentas dessa turma de... "resolvedores” de problemas".

Veja no quadro abaixo, fruto de uma pesquisa apresentada na revista Você S.A. que fez um levantamento excelente, no qual apresenta as características mais desejadas pelas melhores empresas classificadas pela revista. São 30 entre as melhores empresas para se trabalhar. 

Resultado de imagem para proativoObservem que no primeiro item, entre as cinco principais habilidades está a... Proatividade. Conheçam atentamente as habilidades que as grandes corporações buscam para quem queira trabalhar nos seus quadros. Cada uma delas compõe um quadro ideal para as pessoas que almejam o sucesso nas suas profissões. Um "pequeno" detalhe: nenhuma se aprende na universidade.

Mais abaixo, resolvi também apresentar - com base na mesma pesquisa da revista - um quadro com as competências mais técnicas que também são exigidas para os jovens profissionais que se propõem a competir no mercado.

Leiam e reflitam em quantas e quais habilidades e competências cada um de vocês, meus caros leitores, podem se considerar enquadrados e - principalmente - em quais deverão mergulhar fundo para dar aquele upgrade na carreira.

Ah! Sobre o caso que relatei no início, tive que procurar o chefe do executivo pouco proativo, que o chamou, mostrou-lhe o "caminho das pedras" e o problema foi resolvido... pelo nosso próprio personagem.



HABILIDADES COMPORTAMENTAIS


CAPACITAÇÃO