31 de jan de 2008

Minha homenagem (póstuma) a Hildo Diniz.

O Superintendente Regional da Codevasf, Hildo Diniz da Silva, recebeu o governador do Estado do Piauí, Wellington Dias, no estande da empresa durante uma exposição dos produtos da região.

___________________________________________________

Recebi ontem, a triste notícia do falecimento de um grande companheiro de lutas na CODEVASF e um dos melhores executivos da Administração Pública que conheci ao longo da minha carreira (e eu conheci muitos). Falo de Hildo Diniz. O "Baixinho", como ele gostava de ser chamado, foi um gigante como líder e como gerente, por onde passou. Ele era e continuará sendo um dos destaques na minha galeria de personagens exemplares de como se deve comportar um executivo do serviço público.


O Hildo tinha a manha da execução. Era um técnico aplicado que sabia, como ninguém, navegar das águas turvas do mundo político. Era algo inato nele. Eu o chamava de "azougue" e de "furacão". Quando recebia uma missão nada o fazia sair do foco. Virava o mundo de cabeça pra baixo, mas resolvia o problema. Tinha o dom de conseguir fazer muito com poucos recursos. Um dos grandes que conheci e que agora pranteio.


A CODEVASF está de luto e muito mais que a empresa, estão de luto os Vales do São Francisco e do Parnaíba. Hildo foi o único dirigente da CODEVASF que comandou duas grandes unidades operacionais, em regiões completamente diversas. E foi marcante a sua passagem em ambas. Em Petrolina-PE, na 3a. Superintendência onde consolidou a presença da CODEVASF como grande alavancadora do desenvolvimento regional. E em Teresina-PI onde implantou e dirigiu com um extraordinário brilho a 7a. Superintendência, iniciando um grande movimento para levar ao Vale do Parnaíba o mesmo nível de desenvolvimento do São Francisco. E estava no caminho certo quando a morte o surpreendeu. Ele era um administrador supra partidário. Todos os partidos políticos queriam ter o Hildo Diniz como indicado para ocupar os cargos que exerceu. Era incrível.


Se é verdade que ninguém é insubstituível, o "Baixinho", na CODEVASF, será a exceção que vai confirmar a regra.

Espero que os dirigentes atuais da CODEVASF e do Ministério da Integração Nacional saibam homenagear a memória dele com o respeito que ela merece. Ele deixa um exemplo que o distinguirá por muito tempo como um líder e gerente realizador, no seu tempo.


Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre a perda deste grande gerente.



___________________________________________________

O Blog Agradece o Record de Visitas.

Grafico de Estatistica do Blog Oficina de Gerência no histats.com

















__________________________________________________


















A Oficina de Gerência bateu o record de visitas diárias ontem (30/Janeiro). Foram trinta e dois visitantes que, com muita alegria me deram a honra de suas atenções. Desnecessário dizer o quanto estou grato... e feliz. A imagem acima representa o gráfico da estatística de visitas ao blog, apresentado pelo site especializado "histats", nos últimos trinta dias. Vejam a curva crescente. Isto só indica que estamos no caminho certo.







Ao tempo em que agradeço a todos, registro a responsabilidade, e o compromisso, de manter um padrão crescente de qualidade e conteúdo da Oficina de Gerência, que possa, não só manter a fidelidade das visitas, mas em aumentar o conteúdo em qualidade, gênero, número e grau. "O céu é limite"...







Não posso deixar de fazer um "Merchandising" e pedir aos visitantes que participem com seus comentários nos posts. São os comentários que geram as sinergias entre os visitantes. Produzem polêmicas, fazem fluir a energia necessária para a vida longa de um blog. É, também, a forma de expressão de quem participa do processo do "outro lado da linha".

Sugiram alternativas para o blog como criação de seções, envio de vídeos, indicação de sites, cópias de artigos, crítica de conteúdo e qualquer outra coisa por meio dos comentários ou e-mail herbert.drummond@bol.com.br . Peço também que indiquem o blog para os amigos, conhecidos e colegas de trabalho, de lazer, e de academia.

Estou feliz e gostei muito de dividir este sentimento com aqueles que são os responsáveis por essa alegria.













MUITO OBRIGADO A TODOS.











__________________________________________________

























A Corporação (14/16)


























_________________________________________________________________

Olha só o que Dri Naves falou da Oficina...





Sempre gentil, a competente Adriana (Dri) Naves fez uma citação da Oficina no seu Business Woman Blog que é o mais feminino da internet. Não deixem de visita-lo.

Transcrevo abaixo o post da Dri Naves:

GRANDES LÍDERES

"Grandes líderes mudam de estilo para levantar a auto-estima de suas equipes. Se as pessoas acreditam nelas mesmas, é impressionante o que elas conseguer realizar."( Sam Walton )" . Esta frase foi extraída do excelente blog do amigo Herbert Drummond:http://oficinadegerencia.blogspot.com//


________________________________________________________

30 de jan de 2008

Pergunte ao Max - Não consigo me dar bem com meu chefe...

__________________________________________________________________

"Não consigo me dar bem com meu chefe. Ele é centralizador, dispersivo, desatualizado, retrógrado". (Claudia)
_____________________________________________________________
.
"Apesar disso, continua sendo seu chefe. Independentemente de sua opinião, seu chefe é mais importante para seu futuro na empresa que você para o futuro dele.
Por isso, aqui vão os "10 Mandamentos de Como se Dar Bem com o Chefe":
1. Nunca falar mal do chefe. As orelhas do chefe são do tamanho de todas as paredes e de todos os corredores da empresa.
2. Nunca tentar ofuscar o chefe. Seja na roupa, seja no compor­tamento, seja pelo conhecimento.
3. Jamais colocar a culpa no chefe, principalmente quando a culpa é do chefe.
4. Não assumir responsabilidades que são do chefe. Se não exis­te um subchefe oficial, isso não significa que a função será de quem pegar primeiro.
5. Não tratar o chefe como amigo íntimo na frente de colegas ou de clientes.
6. Não interromper o chefe quando está falando. Não é que não goste de ser interrompido. Detesta.
7. Nunca dizer "chefe, temos um problema". Isso é o que se chama de delegar para cima. O chefe não quer problemas, quer soluções.
8. Jamais perguntar se um trabalho é urgente. Se o chefe em pessoa pediu, então é urgentíssimo.
9. Nunca dizer que cometeu um erro porque não entendeu bem o que o chefe havia pedido. Se o chefe fala gótico, o subordi­nado precisa aprender gótico.
1O. Nunca tentar explicar aos colegas alguma coisa que o chefe disse. Chefes não apreciam o subordinado porta-voz. Se al­guém tem dúvida, deve perguntar diretamente ao chefe.
Você tem todo o direito de dirigir sua carreira. Mas lembre-se de que, no elevador da vida profissional, o chefe é o ascensorista.
.
_____________________________________________________________
Este é o quarto post da nova seção do blog onde retiro trechos aleatórios do novo livro do Max Gehringer cujo título é "Pergunte ao Max", da Editora Globo. Veja os posts anteriores clicando aqui, aqui e mais aqui.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Débora Martins Visitou o Blog...

Vocês já sabem quem é a Débora Martins?
Para relembrar clique no título do post que escrevi destacando seu blog: Destaque: Blog da Débora Martins.
Pois bem, mostrando que educação pode conviver com o sucesso a Débora Martins visitou o blog e deixou uma mensagem, muito gentil, que reproduzo abaixo:
"Débora Martins disse...
Olá!, Herbert.Parabéns pelo blog! Os temas são muito bem abordados e sua pesquisa muito bem elaborada. Obrigada pelo carinho e muito sucesso!!!
Um forte abraço,Débora Martins."
29/01/2008 17:57:00
________________________________________________________________________________
Agradeço à Débora Martins e retribuo as expressões de sucesso que ela me dirigiu. Visitem o blog dela que é o "Além da Carreira". No post mais recente, colocado no dia de ontem está escrito:
"Faxina geral!
Impressões Pessoais
Gente, quem foi que disse que temos que ficar guardando um monte de tralhas velhas pra, quem sabe, um dia servir para alguma coisa?
Meu tio Gilberto, por exemplo, costuma guardar uns pedacinhos de fio elétrico, restos de tinta e outras coisas, afinal sempre acabam sendo muito úteis. No entanto, conheço pessoas que guardam muitas e muitas coisas de que nem sempre fazem uso e que, além do mais, quando descobertas, muitas vezes causam o indesejado estado de melancolia. Fala sério! Será que precisamos de tudo isso?
Renovar é muito bom, e que isso se estenda a todas as direções de nossa vida, seja em casa, nos costumes familiares, nas amizades e até mesmo na nossa rotina de trabalho. Portanto, a minha dica da semana é: Coloque um lencinho na cabeça e faça uma faxina geral."

______________________________________________________

Fuja da Deselegância - Esporte Básico



Extraido do livro "Guia do Estilo VIP" de autoria de Marília Campos Mello, editado pela Revista VIP






DECIFRANDO CONVITES

TRAJE ESPORTE BÁSICO (texto que está na imagem)
  • Atente bem: esportivo, sim, largado, não. Afinal, se o evento é formal o suficiente para ter um convite impresso indicando o traje, é formal o suficiente para você caprichar na produção.
  • Mas, atenção: nem pense em caprichar tanto e aparecer de terno e/ou gravata. O bom e velho jeans e uma pólo bacana são a dupla perfeita para a ocasião.
  • Quer variar no jeans? Sem problemas: vá de calça de sarja ou gabardine de corte reto que não tem erro.
  • Jaquetas de sarja são sempre boas pedidas para arrematar o visual com estilo. Um blazer também rola.
  • A boa opção às pólos são as camisas casuais listradas, quadriculadas e as lisas de oxfordine - tecla SAP: é a versão mais leve do oxford, tecido de algodão que mistura fios brancos e coloridos. Ainda não captou? Algumas das camisas clássicas da Polo Ralph Lauren e Brooks Brothers são feitas com o material.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Brasil - Autópsia da corrupção

"Em maio de 2005, VEJA publicou uma reportagem revelando o monstro que se cria quando se misturam no mesmo ambiente interesses públicos, privados e políticos. Um diretor da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) foi flagrado em uma gravação de vídeo recebendo propina e narrando em detalhes o funcionamento de uma estrutura clandestina de arrecadação de dinheiro. As imagens correram o mundo e provocaram o maior escândalo político desde o impeachment do presidente Fernando Collor. O Congresso instaurou uma comissão parlamentar de inquérito e, a partir dela, desvendou-se uma enorme rede de corrupção envolvendo gente graúda do governo, parlamentares e empresários. O esquema, batizado de mensalão, arrecadava dinheiro em empresas públicas para subornar deputados. Quarenta pessoas estão sendo processadas por crimes de corrupção e formação de quadrilha. Agora, quase três anos depois, a Polícia Federal concluiu a investigação sobre a gênese do escândalo. Os Correios eram exatamente aquilo que as imagens mostraram – um covil usado pelos políticos para desviar dinheiro público mediante a indicação de pessoas para ocupar cargos estratégicos.
Funcionava nos moldes de uma organização criminosa, com chefes, escalões de comando, contabilidade própria, ameaças, extorsões e pagamentos de propina.

VEJA teve acesso ao relatório final da Polícia Federal sobre o caso. O documento revela o poder de destruição de uma das piores pragas da política brasileira: o loteamento de cargos. Em 130 páginas, a Polícia Federal disseca, a partir dos Correios, a maneira como os políticos tomam de assalto empresas públicas para satisfazer interesses pessoais e partidários. O relatório ajuda a entender por que deputados e senadores, independentemente de credo ou ideologia, vivem numa guerrilha permanente para indicar seus afilhados para cargos no governo federal, estadual ou municipal. Fica evidente que a meta a ser perseguida é o binômio poder e dinheiro – principalmente dinheiro, que compra o poder. Maurício Marinho, o funcionário filmado recebendo propina, foi escolhido para ocupar o cargo pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), uma das catorze agremiações aliadas ao governo. Por sua mesa, em três anos, transitou boa parte dos negócios realizados pela companhia. A polícia, com a ajuda de auditores, constatou que os contratos assinados por Marinho e outros diretores dos Correios, em sua maioria, foram "cavilosamente fraudados". Há casos de licitações dirigidas, compras sem necessidade, conluio entre empresas e superfaturamento em índices inacreditáveis de 400%. Tudo isso envolvendo mais 8 bilhões de reais em recursos. Parte desse dinheiro, segundo a polícia, foi desviada dos cofres públicos para os bolsos dos corruptos e alimentou campanhas políticas." (continua)
___________________________________________________________________
Este é o trecho inicial da reportagem de capa da Revista Veja dessa semana. Para quem não teve oportunidade de ler a revista veja a matéria completa clicando no título Autópsia da Corrupção.
Após ler a reportagem considerei que reflete o que de mais próximo já foi publicado sobre o funcionamento dos mecanismos da corrupção nos órgão públicos "dirigidos" pelas indicações políticas de baixa extração.
Por isto estou postando-a aqui no blog; porque diz respeito ao funcionamento das instituições da administração pública quando corrompidas pelos interesses da "politicalha" e da corrupção mais deslavada.
Para se defender e combater a corrupção é preciso conhecer como funciona. Esse é o objetivo de repetir, aqui no blog, a excelente máteria da VEJA. Para quem se interessar pelo tema, é imperdível.
Coloquei dois vídeos que copiei do site da Veja (se for assinante clique aqui) com a figura patética do Maurício Marinho recebendo a propina e - falastrão, confiante na impunidade e no "padrinho" - descrevendo onde e como poderiam ser recebidas.

___

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Corporação (13/16)



































----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

29 de jan de 2008

Fuja da Deselegância - Guia de Estilo VIP



Vocês já observaram nos escritórios, nos restaurantes das empresas e nos ambientes corporativos como os homens - em geral - se vestem mal? Descuidados com a aparência, fora da moda mais básica, amassados, roupas descombinadas. Os homens - com as exceções da regra - na verdade não se preocupam com forma como se vestem. Alguns sequer compram as próprias roupas.



Tive a oportunidade de ler o livro que a Revista VIP publicou recentemente com o título de "Guia de Estilo VIP - Tudo que o homem precisa saber para se vestir bem em 2008", autoria de Marília Campos Mello (editora de moda da revista) e à venda em bancas e livrarias por R$ 20,00.



Me veio a ideia, que estou concretizando agora, de publicar algumas páginas do livro (com fotos excelentes) para ajudar os ilustres visitantes do blog a conhecer o que está rolando na moda para eles. Para as mulheres também. Afinal quem nos motiva para curtir a imagem elegante?




Por ora apresento o livro e logo a seguir vou iniciar as "dicas", em outro post. Começarei amanhã com a parte das "Festas" onde no livro há uma seção chamada de "Decifrando Convites".
Quem nunca passou aperto quando vem escrito, lá no cantinho do convite, qual o traje a ser usado? "Esporte Básico", "Esporte Fino" ou "Social Básico" são alguns dos nomes que surgem teimosamente nos convites para as melhores festas. E agora? Vamos ligar para a mãe ou para o pai? Ou para um amigo mais descolado?




É por ai que o blog vai procurar chamar a atenção dos "desligados" e passar algumas dicas desse mundo "fashion" dos homens elegantes. Lembrem-se sempre de uma "lei pétrea" no mundo corporativo: As aparências não enganam.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Mêdo de Tirar Férias - Max Gehringer/Fantástico

Mais um vídeo do Max Gehringer da série "Emprego de A a Z" que o "Fantástico", da TV Globo, exibe aos domingos. O tema agora é "O medo de tirar férias". É muito divertido (e verdadeiro).

Festas de Fim de Ano na Empresa - Max Gehringer

O Site do Dia - Art and the Bible





















Descobri o site "Arte e a Bíblia" por meio dos links oferecidos pelo Google para as páginas personalizadas. Paixão à primeira vista. É um site em inglês, mas o que interessa de fato são as imagens das telas dos maiores pintores da humanidade, todos eles, que em algum momento pintaram temas ligados à Bíblia.




Os visitantes da Oficina devem ter percebido a minha preocupação em direcionar uma vertente do blog para os temas que envolvam as artes e a cultura universal. Este é um assunto que abordarei mais à frente. Por ora, adianto que não conheci nenhum líder de sucesso (existem sim, líderes fracassados!) que não possuísse um forte verniz cultural em várias áreas do interesse humano.




Com base nisso estou recomendando este site (http://www.artbible.info/). Visite-o e navegue entre as mais famosas telas e pintores do mundo das artes.




Coloquei ao lado um dos quadros mais famosos sobre temas bíblicos para ilustrar a qualidade das imagens oferecidas pelo site. Trata-se da tela de Rembrandt Harmensz Van Rijn, intitulada "Belshazzar's Feast" .
....................................................................................................................................................
PS - Convido os amigos que prestigiam a Oficina, para indicar sites e blogs que possam ser publicados aqui. Podem enviar por meio dos comentários nos posts ou pelo e-mail herbert.drummond@bol.com.br .








----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

28 de jan de 2008

Vamos Rir? - Planejamento Completo da Semana





-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Destaque de Livro: "Liderança Segundo Abraham Lincoln"

"Liderança segundo Abraham Lincoln" é o novo destaque de livro que faço no blog. O autor é Donald T Phillips , consagrado escritor americano sobre liderança, formação de equipes e similares.



O livro doi editado pela Landscape e custa mais ou menos R$ 30,00. Na sua apresentação (copiado do site "Submarino") o texto diz o seguinte:
"Abraham Lincoln foi o 16º presidente americano e apesar de ter morrido há mais de 125 anos, ainda inspira e influencia pessoas em todas as fases da vida. O exemplo de líder impecável pode, através dessa obra, ser aplicada por qualquer profissional dentro e fora das organizações. Neste livro o leitor encontrará muitas das próprias palavras de Lincolm além de passagens da história em que sua liderança foi comprovada e aplicada. A obra é subdividida em várias "lições-chave" com exemplos práticos e dicas úteis."
Transcrevi abaixo, como exemplos de estilo do autor e do conteúdo, dois trechos que selecionei:

"Durante seu quatro anos como presidente, Abraham Lincoln passou a maior parte do tempo entre suas tropas.Essas eram prioridade para ele; eram as pessoas que realizavam o trabalho. Lincoln praticamente vivia no escritório do telégrafo do Departamento de Guerra para conseguir obter as informações­-chave e tomar decisões rápidas e na hora certa. Encontrou-se com seus generais e membros de seu gabinete em suas casas, escritórios e no campo de batalha, principalmente para fornecer diretrizes e liderança." (pag.25)


.................................................................................................................................................................................................................................

"Princípios de Lincoln
  • Explique seus pontos de vista por escrito e ofereça conselhos a respeito de como resolver problemas.
  • É importante que as pessoas saibam que você está entre elas sem medo.
  • Busque contatos casuais com seus subordinados. Isso é tão ou mais significativo quanto um encontro formal.
  • Em geral, não se recuse a receber as pessoas que o procuram.
  • Tome “banhos” de opinião pública.
  • Seja afável e tenha bom temperamento.
  • Lembre-se que todos gostam de um elogio.
  • Se os seus subordinados podem suportar uma situação, você também pode. Dê o bom exemplo.
  • Você precisa buscar e ter acesso a informações confiáveis e atualizadas." (pag.39)



Para saber um pouco mais da biografia de Abraham Lincoln, clique aqui. Ainda esta semana estarei postando no blog o vídeo sobre ele no "Conheça a História".

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Site do Dia - Gloria Mundi



Sou um "veterano" - por assim dizer - garimpeiro de imagens, sites, textos e tudo que achar interessante na Internet. Principalmente sites e imagens. Por algumas vezes o Blog do Noblat já aceitou minhas sugestões (com muita honra) de sites que enviei para serem postados como indicação aos seus leitores.



Pois bem, vou plagiar o Noblat e mais algumas centenas de blogs que também sugerem sites aos seus leitores. A Internet é infinita e muitas vezes as pessoas que não praticam o hábito de navegar sem rumo na WEB ficam sem conhecer algumas maravilhas que ela tem.






Alguns endereços que acho interessantes já os tenho indicado no espaço à direita da página. Links que dizem respeito ao tema central central do blog (administração em geral), outro grupo para o que eu chamo de "sites da cidadania" e um terceiro grupo dos sites de quaisquer assuntos que eu recomendo porque os visito frequentemente.




Vou começar a seção com um blog que "descobri" hoje mesmo. Nem vou recorrer ao meu arquivo, que modéstia à parte é respeitável. Trata-se de um blog chamado "GloriaMundi", de um consagrado jornalista e cartunista radicado na Argentina cujo nome é Roberto Bobrow. O blog é escrito em inglês e espanhol, mas dá para entender tranquilamente.




Visitem o blog Gloria Mundi e confiram. Coloquei abaixo o logotipo do site. Tenho certeza de que vão gostar tanto quanto eu. É difícil ver bom gosto e classe nesse tipo de blog.








----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

27 de jan de 2008

Conheça a Historia - Stalin


.

___ __

(As fotos foram copiadas do Google Imagens).

Seja curioso. Procure saber mais sobre Joseph Stalin, personagem da história tão controvertido quanto amaldiçoado. Clique aqui e aqui.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O dia em que Dilbert perderá o emprego

"Semana passada, numa conversa de bar, um amigo comentava sobre o desperdício de tempo, dinheiro e de talentos que percebe na corporação onde trabalha (uma grande empresa pública nacional, com fama de manter padrões dignos das melhores multi). E fiquei chocado.
Não, incauto leitor, minha surpresa não se deu em função das lamentações. Ao contrário: assustou–me o fato de que elas parecem ser a regra no mundo atual, em pleno século XXI, e não a exceção. Dilbert está aí para não nos deixar mentir.
Quem já leu suas tirinhas sabe o quanto elas revelam, com precisão cirúrgica, as idiossincrasias das corporações atuais. As historinhas não perdoam, colocam o dedo na ferida. O personagem principal – Dilbert – é o típico funcionário “moderno”: cético, descompromissado, egoísta, afogado em tarefas burras e em controles neuróticos.
Pois hoje é meu dia de Dilbert. Ao invés de falar de cases maravilhosos (e reais, com certeza existem muitas empresas inovadoras), quero colocar em evidência o lado submerso do iceberg.
Infelizmente, situações como a narrada pelo meu amigo estão em toda parte. Mas há algo paradoxal: afinal, a partir da década de 90 do século passado, com a chegada da Era da Informação, passamos a ver um número cada vez maior de gurus apregoando o nascimento de uma nova empresa, que traria, a reboque, um novo mundo, não? Onde está ele?...
(continua)




Autor: Ricardo Saldanha*




































































Apresento-lhes mais um excelente artigo, selecionado para o coleção do blog. Além do mais faz referência ao Dilbert, personagem que frequenta as páginas da Oficina de Gerência desde o início deste projeto.



Para continuar lendo o texto - atualíssimo - basta clicar no link abaixo.


O dia em que Dilbert perderá o emprego » Webinsider

* Ricardo Saldanha (ricardo.saldanha@plenaconsultores.com.br) é sócio diretor e consultor da Plena Consultores, coordenador de tecnologia da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento









PS - Visite o site http://www.tirinhas.com/ , com quadrinhos (tirinhas) dos mais famosos personagens como Garfield, Dilbert, Recruta Zero, Mônica e outros. O endereço do site está destacado no blog na seção "Sempre que puder visite esses sites".


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Maneiras de lidar com o chefe




"A maior parte das pessoas passa oito horas no trabalho. Portanto, as condições em que deve se desenvolver o trabalho são tão importantes quanto as condições da própria casa da pessoa. Por exemplo, as condições físicas: o carpete não deve dar alergia, o calor não deve ser intenso nem o frio cruel, a luz suficiente, os ruídos suportáveis e a ventilação adequada.





Mas as condições de trabalho, que podem implicar desgaste emocional, talvez sejam até mais importantes. Cheque você mesmo as condições em que você atua no seu ambiente profissional:
Quais são minhas tarefas diárias? Eu trabalho sobre pressão do tempo? Sou responsável pelo trabalho dos outros? O meu cargo e o meu título são importantes para mim? Quanto tempo quero permanecer neste cargo ou na empresa? Quais são meus objetivos de curto, médio e longo prazo? Que quero: mais dinheiro ou mais realização?





Se você tem respostas conscientes para essas perguntas, tem metade do caminho percorrido para enfrentar e superar problemas de relacionamento dentro da empresa, especialmente com seus superiores.





Emoção e racionalidade nas relações profissionais





A inspiração para este artigo vem do trabalho do psicólogo norte-americano William Lareau, ex-gerente de marketing da ITT e atualmente trabalhando como consultor de planejamento de carreira em Glenside, Califórnia (EUA).





No seu livro "As regras não-escritas para uma carreira de sucesso", o autor faz uma abordagem muito franca das atitudes esperadas de um executivo dentro de uma empresa. No capítulo que trata do relacionamento com os chefes, ele faz algumas considerações sobre o que considera ser o segredo para se sair bem numa empresa. Segundo ele, a pior coisa que pode acontecer para a carreira de alguém é um chefe predisposto, mal intencionado ou que apresente resistência contra você. "Aí você não tem escolha", diz William Lareau, "a não ser interagir com ele todos os dias, e quem sabe todas as horas." (continua)


































O trecho acima é o início de um ótimo artigo de Joaquim Botelho (1) que transcrevi do site Aprendiz. Para quem quiser continuar a leitura é só clicar no link abaixo que será redirecionado para a URL do texto completo.




Maneiras de lidar com o chefe - Aprendiz












________________________________________________











(1) Joaquim Maria Botelho é jornalista, especializado em Jornalismo Internacional e Fotojornalismo pela Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. Atualmente é Gerente de Comunicação do Grupo Catho.











-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Assédio sexual nos escritórios é...relativo?

Este vídeo mostra de forma bem humorada e um tanto... machista a forma de alguns homens e mulheres sob as retrições das normas contra o assédio sexual em um escritório. O áudio está em ingês mas nem precisa saber entender, as imagens são universais. Divirtam-se.



































-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

26 de jan de 2008

A Corporação (12/16)














































-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Desmatamento na Amazônia = Brasil contra a parede.

Como brasileiro, vejo com muita preocupação o noticiário internacional - por exemplo, veja o que diz o The Guardian (inglês) - sobre a incapacidade do governo brasileiro para conter o aumento do desmatamento ilegal na Amazônia.
Claramente está faltando competência gerencial nas diversas esferas da Administração Pública para gerenciar o gravíssimo problema com a necessária eficácia. Estamos falando de prioridade e determinação política.
A credibilidade do Governo do Presidente Lula está sendo colocada em cheque no exterior porque há pouco tempo a ministra Marina Silva, num desse fóruns internacionais sobre meio ambiente jactou-se ao dizer que o desmatamento ilegal na Amazônia estava sob controle. Mostrou vídeos, estatísticas e uma profusão de dados. Tudo foi desmentido agora.
Isso é muito ruim porque todos sabemos da ganância internacional sobre a Amazônia e se o Brasil continuar a desdenhar a prioridade para a questão o risco de uma pressão internacional para a ONU, por exemplo, assumir a proteção ambiental da região pode ser irrestível.
E tudo pode ser resumido à falta de atitude gerencial e administrativa dos vários governos brasileiros ao longo do tempo que - tal como o atual - não priorizaram os investimentos e as políticas para conter o avanço letal da devastação nas nossas selvas da Amazónia. Veja aqui e aqui o noticiário mais atualizado sobre o assunto.
Coloquei abaixo um famoso vídeo (1 minuto) da WWF que corre o mundo no YouTube sobre os malefícios do desmatamento ilegal.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

25 de jan de 2008

A Corporação (11/16)

Estamos quase chegando no final do filme "The Corporation". Só faltam 5 capítulos.





















-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

23 de jan de 2008

A Corporação (10/16)

Para aqueles que estão entrando no blog pela primeira vez e quiserem ver os vídeos anteriores do filme "The Corporation", que estou publicando aqui, é só procurar o item "marcadores" na margem direita da página do blog. Ao clicar sobre o link será redirecionado a todos os vídeos por ordem de postagem.

























-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Destaque de Livro: "O Livro Negro do Networking"

O "Livro Negro do Networking" (Editora M.Books) é um texto que merece ser lido. A dica inicial do livro diz o seguinte: "Para subir a escada do sucesso você não precisa de novas técnicas e estratégias, mas apenas de novos amigos".
Recomendo-o para quem esteja interessado em saber como percorrer, com a necessária destreza, os labirintos que levam ao topo da profissão.
Jeffrey Gitomer* é um consagrado autor, onde se destaca o "best seller" "A Bíblia de Vendas".

Tal como fiz no post anterior (Destaque de Livro: "O Gorila no Escritório" ) transcrevi, abaixo, o trecho que inicia o livro:
.
.

"PENSE NISSO POR UM MOMENTO:

Como você ficaria, se sua lista de contatos desaparecesse?
Deixe-me dar a resposta: você ficaria para lá de perdido. Você entraria em pânico.
Meu palpite é que se você for pai ou mãe, e tiver perdido sua lista de contatos, provavelmente não poderá ligar nem para os filhos, pois colocou todos os números telefónicos em al­gum arquivo de discagem rápida. Na verdade, ninguém con­segue se lembrar de números hoje em dia. Alguns de vocês talvez nunca tenham conseguido, mesmo antes da revolução tecnológica.
Consigo me lembrar de todos os números telefónicos até a época de colégio. Mas não faço ideia de quais sejam os telefones de minhas filhas, e falo com elas todos os dias. Não se trata aqui do poder dos contatos, e sim do paradoxo dos contatos. Ele mostra como os contatos são delicados. E revela a importância da mais poderosa pala­vra do mundo da computação: back-up.
A questão é: Você tem um livro negro?
Vamos supor que você tenha. Mas ele é eficiente? Ou está cheio de nomes de gente que você mal conhece? Ou de gen­te que mal conhece você?
O livro negro de hoje é uma espécie de banco de dados de contatos: Microsoft Outlook, ACT!, FileMaker Pró. Qualquer que seja seu nome, está no seu computador, laptop, PDA ou Blackberry. E está cheio de contatos importantes.
Tire um momento e liste dez de seus contatos mais impor­tantes (pessoas que podem fazer com que as coisas aconte­çam, principalmente para você). Então, pergunte a si mes­mo: "O que fiz por essas pessoas ultimamente?". Ou será que você só as procura de vez em quando, para sugar o sangue delas?
Muita gente me liga o tempo todo, pedindo para pagar meu almoço, mas com a intenção de "usar o meu cérebro". Eis minha resposta: "Cobro US$ 500 por hora pela utilização do meu cérebro e pago o almoço". Isso detém os sanguessugas. E ainda ganho US$ 5.000 por ano almoçando.
Quantas pessoas estão dispostas a pagar para que você almoce com elas?"
___________________________________________________

*Para saber mais sobre o autor clique aqui e leia uma entrevista que ele concedeu ao site empregos.com.

*Conheça também o site oficial de Jeffrey Gitomer (em inglês).

____________________________________________________

22 de jan de 2008

Pergunte ao Max - Você sabe que é um líder?

_________________________________________________________________________
"Como posso saber se tenho habilidade para liderar pessoas?"(Patrícia Rebelo)
"Você certamente tem.
Liderança é a capacidade de influenciar um grupo. Líderes têm ambição, energia, conhecimento, autoconfiança e iniciativa. E é exatamente esta última palavra — iniciativa - que costuma gerar dúvidas. Porque tem gente que prefere ser liderada, e por isso imagina que não vai saber liderar. Vou lhe dar um exemplo prático. Uma empresa promoveu um curso de liderança para seus funcionários. Ela os levou para a beira de um rio. E cinco funcionários, escolhidos ao acaso, foram colocados em um barco.
Cada um só tinha um remo, e nenhum deles foi previa­mente escolhido como líder. Todos eram iguais. O objetivo era levar o barco até a linha de chegada, 100 metros adiante. O barco foi solto e a primeira reação foi de pânico. Cada um remava no próprio ritmo, e o barco não endireitava. Mas não demorou nem meio minuto para que um dos cinco começasse a orientar os outros quatro. Coordenando o ritmo das remadas e mantendo a direção correta. Esse era o líder? Sem dúvida. Só que, quando o barco atingiu a linha de chegada, esse líder foi retirado do barco. Os quatro seguidores voltaram ao ponto de partida, e o barco foi solto novamente.
Aí veio a surpresa: um dos quatro imediatamente assumiu a posição de líder. E o barco chegou de novo a seu destino. Aí, saiu do barco o segundo líder, e ficaram os três se­guidores. E o barco fez o percurso novamente, sem afundar, porque um dos três liderou os outros dois. Liderança, o exercício mostrou, todos tinham.
A diferença é que, enquanto a maioria fica pensando no que precisa aprender para se tornar um líder, uns poucos já saem liderando. Todos somos líderes. Mas, na prática, o líder é o primeiro a aproveitar a oportunidade."
________________________________________________________________
"Pergunte ao Max" é a nova seção do blog. São trechos aleatórios do livro de mesmo nome do Max Gehringer da Editora Globo. Veja os posts anteriores aqui e aqui.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin