27 de abr de 2013

Mercedes Sosa (La Negra) encanta com Gracias a La Vida

Violeta Parra pode ser considerada a mãe da canção comprometida com a luta dos oprimidos e explorados, tendo sido autora de páginas inapagáveis, como a canção "Volver a los 17", que mereceu uma antológica gravação de Milton Nascimento e Mercedes Sosa. Outra de suas canções, "La Carta", cantada em momentos de enorme comoção revolucionária, nas barricadas e nas ocupações, tem entre os seus versos o que diz "Os famintos pedem pão; chumbo lhes dá a polícia". 
Mas suas canções não apenas são marcadas por versos demolidores contra toda a injustiça social. O lirismo dos versos de canções como "Gracias a la vida" (gravada também por Elis Regina) embalou o ânimo de gerações de revolucionários latino-americanos em momentos em que a vida era questionada nos seus limites mais básicos, assim como a letra comovedora de "Rin de Angelito", quando descreve a morte de um bebê pobre: "No seu bercinho de terra um sino vai te embalar, enquanto a chuva te limpará a carinha na manhã". [texto extraído da Wikipédia na página dedicada a Violeta Parra].
Uma das canções mais famosas da legendária artista chilena - Gracias a La Vida - foi, ainda é e o será por muitos anos ainda um dos maiores sucessos de outra intérprete não menos famosa da música engajada nos movimentos políticos da América do Sul. Falo de Mercedes Sosa, "La Negra". Extraordinária artista argentina que ganhou a cidadania latino-americana pelo seu carisma e seu canto que expressava o sofrimento de todas as minorias oprimidas.
.
.
Confesso sem constrangimento que simplesmente não consigo dominar a emoção ao ouvi-la cantando Gracias a La Vida
Coloquei dois vídeos no post. Ambos com ela cantando a mesma canção em dois períodos de sua vida. O primeiro vídeo foi gravado no melhor momento (1973) de La Negra ao interpretar essa canção que gravou em 1970 e popularizou a arte de Violeta Parra. Ali, como fica claro no vídeo, Mercedes Sosa estava no auge de sua energia e de seu prestígio e ainda longe dos últimos dias quando se apresentava - e cantou até a sua morte - já visivelmente consumida pela enfermidade que a atingiu duramente.  
No segundo vídeo, já no final de sua trajetória, ela canta com Joan Baez. Ainda com a voz firme, mas naturalmente já sentindo o peso da idade e da precária saúde. Coloquei também logo abaixo dos vídeos as letras em espanhol e a tradução em português.
Ouçam e revivam a arte dessa cantante extraordinária que continua - mesmo após sua morte em 2009 - encantando e emocionando a todos com suas memoráveis interpretações.

Gracias a la vida,
Que me ha dado tanto,
Me dio dos luceros,
Que cuando los abro,
Perfecto distingo
Lo negro del blanco,
Y en el alto cielo,
Su fondo estrellado.
Y en las multitudes,
El hombre que amo.

Gracias a la vida,
Que me ha dado tanto,
Me ha dado el sonido,
Y el abecedario,
Con el las palabras,
Que pienso y declaro,
Madre, amigo, hermano,
Y luz alumbrando,
La ruta del alma,
De que estoy amando.

Gracias a la vida,
Que me ha dado tanto,
Me ha dado la marcha,
De mis pies cansados,
Con ellos anduve,
Ciudades y charcos,
Playas y desiertos,
Montañas y llanos,
Y la casa tuya,
Tu calle y tu patio.

Gracias a la vida,
Que me ha dado tanto,
Me dio el corazón,
Que agita su marco,
Cuando miro el fruto,
Del cerebro humano,
Cuando miro al bueno,
Tan lejos del malo,
Cuando miro el fondo,
De tus ojos claros.

Gracias a la vida,
Que me ha dado tanto,
Me ha dado la risa,
Y me ha dado el llanto,
Así yo distingo,
Dicha de quebranto,
Los dos materiales,
Que forman mi canto,
Y el canto de ustedes,
Que es el mismo canto.
Y el canto de todos,
Que es mi propio canto

Gracias a la vida,
Gracias a la vida.
Gracias a la vida,
Gracias a la vida.


Agradeço à vida que me deu tanto
Me deu dois olhos que quando os abro
Distinguo perfeitamente o preto do branco
E no alto céu seu fundo estrelado
E nas multidões o homem que eu amo

Agradeço à vida que me deu tanto
Me deu o som e o abecedário
Com ele, as palavras que penso e declaro
Mãe, amigo, irmão
E luz iluminando a rota da alma do que estou amando

Agradeço à vida que me deu tanto
Me deu a marcha de meus pés cansados
Com eles andei cidades e charcos
Praias e desertos, montanhas e planícies
E a casa sua, sua rua e seu pátio

Agradeço à vida que me deu tanto
Me deu o coração que agita seu marco
Quando olho o fruto do cérebro humano
Quando olho o bom tão longe do mal
Quando olho o fundo de seus olhos claros

Agradeço à vida que me deu tanto
Me deu o riso e me deu o pranto
Assim eu distinguo fortuna de quebranto
Os dois materiais que formam meu canto
E o canto de vocês que é o mesmo canto
E o canto de todos que é meu próprio canto

Agradeço à vida, Agradeço à vida

Dicas sobre malas de viagem.


Tempos atrás escrevi um post de muito sucesso aqui no blog. Seu título era "Jane Godoy dá dicas sobre malas de viagem". Foi uma matéria da revista dominical do Correio Braziliense onde a colunista social Jane Godoy emprestava sua elegância sobre como fazer as malas para viagens. 
Ocorre que as imagens "sumiram" da internet e consequentemente do blog. Na época eu ainda não operava os aplicativos de captura de imagens e o post ficou amputado sem as fotos.
Para não perder o tema descobri outra matéria sobre o assunto e o recoloco na Oficina de Gerência.


T
odos os executivos e habitantes do mundo corporativo sabem que "fazer as malas para viajar" é uma arte. E é mesmo! 
Quantos de nós chegamos ao destino dando por falta de peças de roupas ou tendo colocado na mala os vestuários mais incongruentes com o clima e a finalidade da viagem? 
Não são poucas as vezes em que chegando ao destino e abrindo a mala vamos "descobrir" que erramos nas escolhas. Isso já aconteceu comigo e não foi uma vez só! 
Conheço muitos homens cujas mulheres são quem arrumam suas malas. Nestes casos eles já têm a quem "culpar" e normalmente não assumem que o "mico" será pago por eles mesmos. Todavia estes homens não são a maioria dos executivos  que viajam muito ou os viajantes em geral. O grande contingente é aquele formado pelas pessoas que fazem, elas mesmas, as suas malas e cometem seus próprios erros. 

http://4.bp.blogspot.com/-mhb10nAyw5k/Tv9C_pv06xI/AAAAAAAAEfA/2imFUfem26s/s1600/MENSCH%2BMARCA%2Bfinal%2B1.jpg

Pesquisei bastante na internet e aonde encontrei a melhor matéria escrita sobre o tema foi na revista digital MENSCH (clique no logotipo) que é um verdadeiro "achado" na internet para os homens que querem manter-se up to date com os assuntos que lhes digam respeito na atualidade. Vale a pena visitar o site.
No texto abaixo as malas estão divididas em três conjuntos com sugestões de como arrumá-las: Inverno, Verão e Trabalho. E, em cada uma dessas partes o texto mostra o que deve ser levado e como arrumar a respectiva mala. 
A propósito, no Google existem milhares de links sobre o tema e obviamente só pesquisei alguns outros além do MENSCH. Recomendo entre esses as dicas que Gloria Kalil passou em um programa da Ana Maria Braga (Mais Você) na TV Globo. Neste caso as dicas são para homens e mulheres em vários tipos de viagem. O link está no final do post e também recomendo. 


 
 http://3.bp.blogspot.com/-ElMl46XckD8/TwRADTua8nI/AAAAAAAAEjI/_v5XSAjVweY/s640/Servico+MENSCH+malas+01.jpg
Seja de férias ou a trabalho, arrumar as malas é o primeiro item de uma viagem sem stress. Porém para muitos homens, esse ato simples é um verdadeiro drama. Muitos não sabem o que levar, outros colocam coisas desnecessárias ou esquecem outras importantes. Se a tarefa de arrumar as malas para uma saída nas férias é complicado, imagine quando a viagem é de trabalho? Para que você não esqueça nada nem tão pouco leve coisas desnecessárias, reunimos algumas dicas de como fazer a sua mala para férias de inverno e verão e para uma viagem de trabalho.
A primeira e melhor dicas de todas é simples: monte uma mala que você possa carregar sozinho sem grandes esforços. As demais variam de acordo com a época da viagem. Para o professor universitário Adriano Charles Cruz de Natal, RN, certa vez não planejou bem a mala e ficou sem meias. “Saí de Natal-RN em direção Salvador e de lá mais 420 km até Lençóis para Chapada Diamantina. Constatei que só havia levado um par de meias de cor branca. Depois de um dia de trekking, rapel e tirolesa, a pobre vestimenta não seria aproveitada nem com água quente e reza braba. Pior, no outro dia, era domingo e não havia nenhuma feirinha para comprar. A solução foi pedir aos colegas emprestado com a promessa de enviar por SEDEX. Sujeira total!”
Pois bem, outro fator importante é que tipo de roupa lavar para que tipo de viagem você está programando. O ideal é separar camisas e calças que permitam lavagem mais simples que possam ser feitas no próprio hotel. Outra dica é o tipo de mala que você vai usar malas com rodinhas são melhores. Escolha uma mala que lhe permita acomodar as roupas de uma maneira que evite que elas amassem muito. Agora se lembre de personalizar ela com algum objeto, por exemplo, um adesivo, chaveiro ou fita. E não se esqueça de ter uma etiqueta com seu nome e dados pessoais. E por fim, nossa última dica é como arrumar a mala. Pensando nisso organizamos esse guia abaixo de acordo com cada tipo de viagem:
.

Essa é uma das malas que exige bastante atenção na hora de fazer porque tudo que vai se por nela é naturalmente pesado, por isso, exagerar nesse momento é correr o risco de pagar excesso de bagagem no check-in. Outra coisa que vale lembrar: no inverno a tendência é suar menos, portanto é possível usar a mesma roupa mais de uma vez sem precisar lavar. Hotéis na Europa, Canadá e EUA, por exemplo, têm aquecedores nos quartos que podem ser usados para ajudar a secar pequenas peças.
O QUE LEVAR: 
01 a 02 pares de Jeans (para viagem de até 15 dias);
01 a 02 cardigãs em tom neutro. É uma peça coringa perfeita para sobreposições;
02 a 04 camisetas estilo T-shirt para usar sobre camisas de manga comprida variando os looks. A dica são 2 lisas e 2 listradas, podendo ser de gola V e tradicional;
01 Cinto tressê: neutro e estiloso.
01 peça de tricô pesado para os dias mais frios
02 a 03 cachecóis de lã para proteger o pescoço e dar um diferencial no visual;
01 Jaqueta pesada é ideal para usar por cima do combo tricô leve + t-shirt básica + cachecol.
01 par de botas para os pés ficarem quentinhos e protegidos. Cores neutras são as mais indicadas
01 óculos de sol, afinal inverno também tem claridade;
01 blazer para um passeio mais chique;
01 par de calça de tecido grosso e de cor para ter uma opção diferente do jeans;
01 par de tênis de couro para variar com a bota;
02 pares de luva;
02 gorros
04 a 06 pares de meias grossas;
02 pares de “mijões”, calça e camisa de tecido fino mas térmico para usar por baixo da roupa como uma segunda pele (é feio, mas protege)
- Pelo menos 06 pares de cuecas.
- Artigos de higiene pessoal e medicamentos básicos para dor de cabeça, estômago e curativos.




O verão costuma ser quente em qualquer lado do hemisfério então roupas leves são as preferidas independente do seu destino nas férias. Como é uma época de temperaturas altas e muito calor, o suor excessivo acaba sendo companheiro constante, isso implica que ou você leva muita roupa ou se prepara para lavar, porque repetir camisas não vai ser possível sem passar com elas pela lavadora antes. Um item indispensável para a estação do sol é o protetor solar, verifique com o dermatologista o fator mais indicado para o seu tipo de pele e encha a sua " nécessaire".

O QUE LEVAR: 
- Camisetas (para estabelecer uma quantidade média, pense no uso de 02 por dia);
- Bermudas de tecido leve (pense que poderá repetir 2 vezes sem lavar);
- Bermudas de tecido mais pesado, como sarja (você repete até 3 vezes sem lavar);
- Bermuda jeans (você pode usar até umas 5 vezes sem lavar)
- Sungas (sunga lava fácil e seca fácil, então se forem mais de 7 dias você leva 03, menos 02 são suficientes);
- Cuecas (como as sungas lavam e secam com facilidade então a conta é de metade dos dias de sua viagem);
- Meias – verão é tempo de chinelos e sandálias, mas para algum momento mais arrumado, vale levar uns 02 pares de meias;
- Chinelo / sandália de couro para usar no dia a dia - 01 par de cada é perfeito;
- Tênis – 01 por precaução;
- Calça jeans – pelo mesmo motivo do tênis;
- Camisa pólo – 02, pelo mesmo motivo do tênis e da calça jeans;
- 01 boné e 01 par de óculos escuros porque proteção no verão nunca é demais, certo?
- Artigos de higiene pessoal e medicamentos básicos para dor de cabeça, estômago, curativos e hidratante para rosto e corpo;


Mesmo com duração menor que uma viagem de férias, a mala para uma viagem de trabalho também não é tarefa fácil, afinal o visual precisa estar impecável para as reuniões de negócios que se seguirão ao longo dos dias. Para preparar este tipo de mala sugerimos as dicas da consultora Lilian Riskalla www.lilianriskalla.com.br
Informação é tudo para evitar erros e gafes. Lembre-se que em uma viagem de negócios qualquer deslize pode ser associado com suas habilidades e competências profissionais. Procure saber sobre o local das reuniões, encontros, palestras e demais atividades que você irá participar e principalmente o dress code de cada ocasião, assim será mais fácil planejar a sua bagagem.
.
O QUE LEVAR:
03 Camisas e calças semissociais que permitam lavagem mais simples que possam ser feitas no próprio hotel;
01 Terno claro;
01 Par de sapato social;
02 Pares de meias sociais;
01Terno escuro (para eventos noturnos);


Importante: não viaje muito à vontade, pois caso sua mala seja extraviada é com essas roupa que você irá para uma reunião, já pensou? Por precaução viaje com uma calça de malha ou sarja, sapatos semissociais e camisa. Uma outra opção é levar uma roupa mais formal na bagagem de mão.

COMO ARRUMAR: Camada 1 - No fundo da mala, coloque livros, pastas com papéis, catálogos e outros matérias de trabalho porque vão amassar bem menos assim.

Laterais – Encaixe os sapatos acondicionados em saquinhos individuais nas laterais com as solas viradas para a mala. Para evitar que os sapatos se amassem, coloque as meias dentro deles. Na lateral também pode colocar a nécessaire.

Camada 2 - Coloque sobre os sapatos, as peças íntimas abertas: uma cueca para cada dia de viagem e a roupa de dormir (pijamas), além da sunga ou roupa de ginástica, caso você queira manter a forma na academia do hotel.

Camada 3 - Em seguida, coloque as malhas, e as camisetas abertas, dobradas na cintura, também no sentido horizontal. Depois, comece estendendo as calças, deixando as pernas para fora. Vá alternando as posições (perna com cintura, cintura com perna). Gravatas e também ficam esticados em cima.

Camada 4 - As camisas sociais devem ser dobradas como nas lojas. Para economizar espaço, guarde as camisas abotoadas com as mangas para trás e dobre numa linha abaixo da cintura. Dobre as pernas das calças de volta para a mala.

Camada final - Por cima de tudo vão os blazers, casacos e blusões. Ponha paletó e casacos do avesso, com as mangas para dentro

Malas prontas, agora boa viagem! Até por que amanhã teremos nossa primeira matéria de DESTINO. Aguarde! Quem sabe não será seu próximo roteiro de viagem?!
....

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin