21 DE JULHO DE 2024 - DOMINGO - DIA INTERNACIONAL DO TRABALHADOR DOMÉSTICO



Bem vindo

Bem vindo

FRASE DO DIA

FRASE DO DIA

FRASE COM AUTOR

FRASE COM AUTOR

domingo, 31 de dezembro de 2023

Feliz Ano Novo - Happy New Year - Feliz Año Nuevo - Felice Anno Nuovo -


Para fugir do clichê de desejar um Feliz Ano Novo com mensagens impessoais aos leitores do Oficina de Gerência, tive a ideia de postar várias lindas imagens que "pesquei" no Google e colocá-las à disposição para que cada um escolha a sua preferida. 

























sexta-feira, 22 de dezembro de 2023

Abel e Ronaldo - Um lindo ato de admiração e humildade

 
É raro assistir a uma cena destas e por isso mesmo trago-a para o blog a fim de destacar, como é grande um ato de sincera admiração. Abel Braga, campeoníssimo pelo Palmeiras, encantado por encontrar um dos seus ídolos - Ronaldo Fenômeno - não escondeu seu deslumbramento.

Chamou-me a atenção exatamente o comportamento do Abel; foi alguém diante do seu ídolo. Observem a "linguagem corporal" do Abel, a genuína alegria, pura, de criança por poder abraçar e estar lado a lado com um dos seus ícones, sendo ele próprio um personagem de primeira grandeza no futebol brasileiro.

Achei linda a homenagem do Abel ao Ronaldo. O técnico português cresceu muito no meu conceito. Uma lição a ser aprendida

Abaixo, um trecho da matéria do Estado de São Paulo e o vídeo que registrou o evento.
🏁🏁


Abel Ferreira ficou feliz em dose dupla nesta quarta-feira. Além de conquistar o bicampeonato brasileiro com o Palmeiras, o treinador realizou o sonho de conhecer Ronaldo Nazário. O português tietou o dono da SAF do Cruzeiro após o empate entre as equipes, por 1 a 1, no Mineirão. O vídeo do encontro viralizou nas redes sociais.

“Sou fã número 1 dessa fera. Quero dizer uma coisa aqui. Se este senhor entrar em Portugal, ele não sabe o carinho que os portugueses têm por ele e por Pelé. Só queria fazer duas coisas: ser campeão e tirar uma foto com Ronaldo”, disse Abel. “Trabalho muito f... Merecido”, respondeu o brasileiro, parabenizando o treinador por mais um título.

Ronaldo acompanhou a partida no camarote do Mineirão. Ele estava acompanhada ao lado Pedro Lourenço, conselheiro do clube investidor da SAF cruzeirense. A gestão do pentacampeão à frente do futebol do time mineiro foi bastante criticada pela torcida ao longo da temporada. Porém, o ex-jogador deixou o estádio sob aplausos e com nome gritado nas arquibancada.

domingo, 17 de dezembro de 2023

Modifique - para melhor - sua lista de natal.

Recebi, no meu grupo de vizinhos do WhatsApp, o vídeo abaixo, criado pela professora Tatiana Lima com um "Lista de Natal".  Eu nem ia abrir. Essas listagens proliferam na internet, de todos os tipos. 

Pensei,

-- "Ih! Lá vem mais uma dessas listas". Abro ou não?

Resolvi abrir e qual não foi a surpresa com essa... "listagem diferente"! 

Me cativou a singeleza da professora que transformou, de maneira criativa e direta, uma lista comum em outra, com mensagem simples e encantadora.

Pensei, porque não compartilhar com os leitores do blog. Afinal, estamos vivendo o pré-natal! 

Aí vai o vídeo com o logotipo da página da Professor Tatiana. O que acharam?


Clique aqui para visitar o canal da professora.


A alegria de compartilhar com as amigas o "Espírito do Natal".


  Recebi de um querido amigo o vídeo de Natal da Amazon e alguém haverá de questionar o motivo de um blog, que tem como foco principal assuntos relacionados à gestão, liderança e afins, publicar um vídeo de publicidade da Amazon? 

Respondo que, além de uma linda mensagem e uma produção perfeita, o tema da publicidade é a alegria, de três senhoras idosas e amigas de infância, de compartilhar alegria, sob o "Espírito do Natal". 

Além disso, eu acredito no sentimento do Espírito do Natal e o compartir boas emoções é, por si só, motivo para justificar a publicação do vídeo. 

E por fim, um dos principais estímulos em manter o blog vivo, desde 2007, é exatamente a oportunidade de compartilhar as coisas que aprecio, considero válidas e belas, com os leitores que me dão o enorme prazer de visitar e acompanhar a Oficina de Gerência.

Após o vídeo transcrevi alguns dos comentários que foram feitos por pessoas que o assistiram no YouTube.

Assistam ao vídeo e me digam se tenho ou não razão de haver me apaixonado por ele. 


O anúncio de Natal de 2023 da Amazon conta a história de amizades que duram a vida toda e mostra como os momentos felizes se tornam ainda mais especiais quando os compartilhamos com nossos entes queridos.

A alegria de compartilhar - Amazon


Comentários colhidos no YouTube:

  • ''O anúncio de férias de 2023 da Amazon é uma história que prova que nunca é tarde para abraçar sua criança interior e criar novas memórias com velhos amigos.''
  • ''Este é absolutamente o comercial mais adorável e comovente que já vi! E o fato de “In My Life” dos Beatles ser a música em destaque a torna perfeita! Parabéns à Amazon!''
  • ''Até agora, o melhor comercial de férias para 2023.''
  • ''Um dos comerciais mais tocantes que já vi. Meu melhor amigo e eu éramos inseparáveis quando crianças e andávamos de trenó toda vez que nevava. Toda vez. Guardarei essas memórias para sempre.''
  • ''Comercial muito comovente. Sou cerca de 10-15 anos mais novo que essas senhoras. Estou realmente vendo em minha própria vida como os anos passam rápido e como esses momentos são preciosos. Eles são muito poucos e distantes entre si 💜''
  • ''Adoro esse comercial! Também nos surpreende com a rapidez com que a vida passa! ❤😢''
  • ''As memórias que este comercial evoca são incríveis. Caminhar pela "Memory Lane" até a nossa infância andando de trenó e patinação no gelo é louvável. Isso trouxe lágrimas de felicidade aos olhos de um velho.''
  • ''Muito bem, Amazon. Bom trabalho.''

sábado, 16 de dezembro de 2023

Supere a "Síndrome do Impostor" e livre-se das "Crenças Limitantes".



O nome "Síndrome do Impostor" foi criado em 1978, em artigo escrito por duas psicólogas norte-americanas, Pauline Clance e Suzanne Imes. Apesar do tempo passado, só recentemente o tema começou a se popularizar com os adventos - também recentes - da neurociência, das palestras, publicações,  cursos de "coaching" e todo aquele aparato que surge quando uma "novidade" no campo do autoconhecimento aparece nas redes sociais e no mundo das consultorias. 

Todavia, o "Fenômeno ou a Síndrome do Impostor" existe desde os tempos imemoriais quando os homens e mulheres  se lançaram nas suas aventuras de criar coisas, conquistar espaços e realizar suas façanhas. 

Os grandes  personagens (e os pequenos também), da história da vida humana sempre tiveram dúvidas (com as exceções que confirmam a regra) sobre suas aptidões para levarem avante seus planos. Alguns se amedrontaram e recuaram e outros, os realizadores, mesmo temendo foram em frente.

É só ler as biografias dos grandes homens e mulheres que construíram a história universal. Se levanto a questão sob esse prisma é, meramente, para situá-lo no seu verdadeiro contexto, sem desmerecer nada dessa nova abordagem que traz para o conhecimento humano, moderno, esse problema tão sério quanto complexo qual seja o que está sendo chamado de "Síndrome do Impostor". 

A propósito, nos processos de "Coaching" e da Psicologia Aplicada, temos o conceito das "Crenças Limitantes" que podem ser explicadas como "visões equivocadas da realidade, porém, as enxergamos como verdade absolutaO comportamento gira em função disso, com o risco de atrapalhar a reflexão e o estímulo de capacidades", diz a psicóloga comportamental Denise Pará Diniz, coordenadora do setor de gerenciamento de estresse e qualidade de vida da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) (VivaBem-Uol) .

Ou seja, Síndrome do Impostor ou Crença Limitante - embora não sejam consideradas pelos experts como iguais, podem ser classificadas como semelhantes, pois ambas geram comportamentos nocivos à autoconfiança e se não estivermos atentos aos danos que causam podem e vão atrapalhar as vidas de quem as "cultivam".

Para encerrar esse breve comentário, antes de trazer - como é tradição da Oficina de Gerência - um artigo ilustrativo sobre o tema, permitam-me transcrever dois conceitos que retirei do Google sobre a definição da Síndrome do Impostor:

  • A síndrome do impostor é caracterizada por pessoas que têm tendência à autossabotagem. Então, o indivíduo constrói, dentro da cabeça dele, uma percepção de si mesmo de incompetência ou insuficiência. Naturalmente, todo o cérebro humano possui essa pré-disposição a colocar essa sensação de incapacidade e demérito."
  • “É uma crença dentro da pessoa de que ela não é boa o suficiente. Por mais que ela consiga vários resultados positivos, ela não consegue se perceber dentro disso. Acha que suas conquistas são fruto de sorte ou qualquer outro fator. O mérito não vai para a ela. É uma síndrome ligada às capacidades, habilidades e o não merecimento. Um nível alto de cobrança na infância é uma das grandes causas dessa sensação, mas também vem do convívio social, principalmente entre os tímidos”, pondera.

Meu conselho de mentor experiente e coach com formação técnica, é que busquem se informar e descobrir se cada um de vocês têm sintomas da síndrome ou de crenças limitantes. Eu já as tive e consegui superá-las; mas antes de tudo é preciso reconhecê-las. Boa leitura e bom proveito.



A síndrome é uma crença persistente de que o sucesso de uma pessoa se deve a uma espécie de fraude, e não às suas próprias habilidades; veja como combater isso


Pense nas pessoas mais inteligentes, competentes e bem-sucedidas que você conhece. Qual é a semelhança entre você e elas? Arrisco dizer que todos, em algum momento, já pensaram: “Eu não tenho ideia do que eu estou fazendo”, “Eu sou uma farsa” ou “Logo eles vão descobrir que eu não sou bom o bastante para isso”. A síndrome do impostor refere-se à crença persistente de que o sucesso de uma pessoa se deve à sorte ou a uma espécie de fraude, e não às suas próprias habilidades.

Em um mundo competitivo, no qual a autoimagem é frequentemente medida pelo sucesso profissional, essa síndrome tornou-se um fenômeno global, afetando indivíduos em diversos níveis de carreira. Enquanto o cientista está inseguro com os métodos de experimentação escolhidos, a diretora pensa que nunca deveria ter aceitado esse cargo, e o VP, que logo descobrirão como ele é péssimo para lidar com o momento que a empresa vive. De onde vem tanta dúvida em relação à própria capacidade? Comecemos refletindo sobre a forma como fomos educados. Até a última década, era comum que as crianças fossem tratadas com uma espécie de punitivismo pelos pais ou responsáveis, muito mais preocupados em apontar falhas do que em celebrar as conquistas e os aprendizados dos pequenos. Cenário este que, muitas vezes, se repetia na escola.

A síndrome do impostor é uma crença persistente de que o sucesso de uma pessoa se deve a uma espécie de fraude, e não às suas próprias habilidades Foto: Andrey Popov

Como aponta a psicóloga Jill Stoddard, em seu artigo na revista Psyche, também é preciso fazer um recorte de gênero, já que as mulheres costumam ser ainda mais afetadas pela síndrome do impostor. A propósito, quando os psicólogos Pauline Clance e Suzanne Imes cunharam o termo “síndrome do impostor”, em 1978, eles destacaram que essa sensação era ainda mais preponderante entre as mulheres.

Quatro décadas depois, mesmo com o aumento expressivo do número de mulheres em cargo de liderança, a tendência parece ter se mantido. O relatório Women’s Leadership Summit Report, produzido em 2021 pela consultoria global KMPG, aponta que 75% das executivas entrevistadas relataram ter sido tomadas pela síndrome do impostor em algum momento de suas carreiras, mesmo atuando em empresas listadas na Fortune 1000. 

Até os grandes atletas são acometidos pela síndrome do impostor. O jogador profissional de golfe Mark O’Meara, vencedor do Masters em 1998, já relatou ter a impressão de que não tinha tanto potencial para o esporte. Para agravar a situação, O’Meara era amigo de Tiger Woods, um dos maiores jogadores de golfe de todos os tempos. Se caísse na armadilha de se comparar ao amigo, O’Meara talvez tivesse sabotado a própria carreira. No entanto, em vez de se sentir diminuído, optou por enfrentar a própria síndrome do impostor e decidiu que poderia aprender ainda mais com o amigo. O’Meara acertou ao se inspirar em Tiger Woods, já que este mesmo dizia: “Adoro treinar minhas tacadas, experimentando-as de várias maneiras, e provar a mim mesmo que sou capaz de acertar determinada tacada se quiser”, como forma de sempre afirmar sua capacidade, em vez de diminuí-la.

E como nós, meros mortais longe de sermos grandes campeões, podemos lidar com essa sombra que insiste em pairar sobre as nossas conquistas? Aqui estão sete dicas para enfrentar a síndrome do impostor:



1• Busque Autoconhecimento: Conhecer suas habilidades e potencial é crucial para superar dúvidas internas.

2• Estabeleça Metas Realistas: Defina objetivos alcançáveis para evitar a sensação de fracasso e reforçar a confiança em suas habilidades.

3• Celebre suas Conquistas: Para cada objetivo alcançado, dê a si mesmo uma recompensa, seja uma folga, um item que você deseja comprar, ou uma experiência que você quer viver.

4• Peça Feedback: Perspectivas externas podem ajudar a dissipar dúvidas infundadas e fortalecer a autoimagem. Compartilhe suas preocupações com colegas confiáveis, mentores ou amigos.

5• Aposte no Aprendizado Contínuo: Reconheça que desconhecer algo não significa incapacidade, mas uma oportunidade de crescimento. Se um atleta campeão pôde aprender com outro, certamente você também terá em quem se espelhar.

6• Encare os Pensamentos Negativos: Avalie se seus pensamentos têm fundamentos reais e use-os como ferramentas para desenvolvimento pessoal.

7• Mantenha um Diário de Sucessos: Escreva sobre suas conquistas e progressos. Reler essas anotações pode ser um lembrete poderoso de suas habilidades e sucessos. 


Em um mundo que muitas vezes valoriza a certeza absoluta, é vital lembrar que o conhecimento é, por natureza, imperfeito e sempre em expansão. Albert Einstein, um dos maiores cientistas da história, apreciava profundamente esta imperfeição. Ele via esse mistério como a essência da vida e a base para todas as descobertas significativas. Essa percepção nos encoraja a aceitar nossas limitações no conhecimento como uma parte normal e valiosa do processo de aprendizado.

A síndrome do impostor é comum, e muitas pessoas talentosas a enfrentam. Se não há para onde fugir, aceite que ninguém sabe tudo e aproveite as oportunidades de transformar a autocrítica em autoconhecimento.

Se desejar ler o artigo no seu formato original, clique aqui.


quinta-feira, 14 de dezembro de 2023

Festas de confraternização no mundo corporativo. Cuidado com elas...


Este post é uma republicação e já recebeu mais 7.000 visualizações. Um sucesso no blog. A "história" é antiga e está fartamente publicada na internet.

Só a publico nos finais de ano, pela oportunidade e pelo bom humor que encerra e pela atualidade, que se repete.

Apesar de já ter lido muitas vezes não consigo contar e recontar essa história sem me divertir. Vamos juntos desde o início.


Acompanhem o "drama de Patrícia Gomes, Diretora de Recursos Humanos" ao procurar organizar a festa de fim de ano de sua empresa.

Diz a lenda que o fato aconteceu de verdade em uma empresa de São Paulo. Será?

É um "clássico" entre as historietas que povoam o mundo corporativo.

Vale a leitura pelo bom humor do texto e cá para nós, porque a realidade não fica muito longe desta fantasia. Quem já organizou esse tipo de festas conhece bem o assunto. 


Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos.
COMUNICADO Nº 01 PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 1 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

 
Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas. Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de natal sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar! Não se surpreenda se nosso Vice-Presidente aparecer vestido de Papai-Noel! A árvore de Natal terá suas luzes acesas às 13h.

A troca de presentes de amigo secreto pode ser feita a qualquer momento, entretanto, nenhum presente deverá exceder R$100,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos. Esse encontro é exclusivo para funcionários. Na ocasião, nosso Vice-Presidente fará um discurso bastante especial. Feliz Natal para vocês e suas famílias.
Patrícia.

 


Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos.
COMUNICADO 02 PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 2 de dezembro 
Assunto: Festa de Natal
 
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgJA7_2mDmoQcR-MfMeSpZ5WrzFYM1ypnc7JBKzx0FEGz2D5FHZk0fyRVcm2e5kVpGM2pJkxkvRtagJSsGv-gboNQTeXCwHBaVGJJrcVRTze7_8l38-sjpxeGdTVrOHzfi6Iat9AqwUAfw0/s1600/festa+na+empresa.png

De maneira alguma nosso memorando de 01 de dezembro pretendeu excluir nossos funcionários judeus! 

Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costumam coincidir com o Natal mas isso não aconteceu este ano.

De qualquer forma, passaremos a chamá-la de "Festa de Final de Ano". A mesma política se aplica a todos os outros funcionários que não sejam cristãos e àqueles que ainda celebram o Dia da Reconciliação.

 Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de natal nem coral. Teremos outros tipos de música para seu entretenimento.

Felizes agora? Boas festas para vocês e suas famílias,

Patrícia.

 


Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
COMUNICADO 03 PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 3 de dezembro
Assunto: Festa de Natal. 



Com relação ao bilhete que recebi de um membro do Alcoólicos Anônimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool, você não assinou seu nome! 

Fico feliz em atender o pedido, mas se eu puser uma placa na mesa "Exclusivo para AA", vocês não serão mais anônimos... Como faço então? 

Esqueçam a troca de presentes. Nenhuma troca de presentes será permitida, uma vez que os membros do sindicato acham que R$100,00 é muito dinheiro e os executivos acham que R$100,00 é muito pouco para um presente.

NENHUMA TROCA DE PRESENTES SERÁ PERMITIDA.

Patrícia.

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos.
COMUNICADO 04 PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 7 de dezembro
Assunto: Festa de Natal


Nossa, que grupo heterogêneo somos!!! Eu não sabia que no dia 20 de dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia. Lá se vai a festa!!!

Agora sério, entendemos que uma refeição nesta época do ano seja um problema sem precedentes para a crença de nossos funcionários muçulmanos...

Talvez a da Churrascaria Grill House possa segurar o serviço de buffet até o fim do dia - ou então, embalar tudo para que vocês levem para casa nas marmitas. O que vocês acham disso? 

Novidades: neste meio tempo, consegui que os membros do Vigilantes do Peso sentem o mais longe possível do buffet de sobremesas; as mulheres grávidas sentem-se o perto possível dos banheiros; homossexuais podem sentar-se juntos; mulheres homossexuais não têm que sentar com homens homossexuais, que terão sua própria mesa; e sim, haverá um arranjo de flores no centro da mesa dos homens homossexuais. 

Para as pessoas que pediram permissão para trocarem de roupa, nenhuma troca de roupa será permitida; teremos assentos mais altos para pessoas baixas; e comida com baixa caloria estará disponível para os que estão de dieta. 

Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida. Desta forma, sugerimos para essas pessoas com pressão alta provar o gosto primeiro. Haverá frutas frescas de sobremesa para os diabéticos. O restaurante não dispõe de sobremesas sem açúcar. Nossas profundas desculpas.

Esqueci de alguma coisa?

Patrícia.

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos.
COMUNICADO 05 PARA TODOS FILHOS DA PUTA DESTA EMPRESA.
Data: 8 de dezembro
Assunto: Festa de Natal DO CARALHO. 

http://radiesthesium.files.wordpress.com/2012/12/estresse20de20fim20de20ano20400_10636_242_268.jpg?w=460

Vegetarianos!?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar sua opinião de merda ou reclamar de alguma coisa!!! 
Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar, foda-se! Então, como alternativa, seus putos, vocês podem sentar-se quietinhos na mesa mais distante possível da tal "churrasqueira da morte" - como vocês se referiram de forma bastante depreciativa ao utensílio. E vocês terão também sua mesa de saladas de merda, incluindo tomates hidropônicos da casa do caralho & arrozinho grudento pra comer de pauzinho. Aqueles que, naturalmente, ainda não gostaram, podem enfiar tudo no cu.

Mas como vocês devem saber, os tomates, eles também têm sentimentos! Os tomates gritam quando vocês os fatiam. Eu mesma os ouvi gritar! Eu os estou ouvindo gritar agora mesmo!!!!! 

Ah, espero que vocês todos tenham uma bosta de final de ano! E que dirijam muito, muito bêbados e morram todos, todinhos esturricados por aí. Escutaram?

A Vaca, diretamente da puta que os pariu.


Dr. Pacheco - Diretor de Recursos Humanos INTERINO.
COMUNICADO 06 PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 14 de dezembro
Assunto: Patrícia Gomes e Festa de Final de Ano. 



Tenho certeza que falo por todos desejando para a Patrícia um rápido estabelecimento para sua crise de stress e continuarei a encaminhar suas mensagens para ela no sanatório. 

Por conta deste fato, a diretoria decidiu cancelar a Festa de Final de Ano e dar folga remunerada para todos na tarde do dia 23 de dezembro.
Boas Festas,
Dr. Pacheco.