1 de ago de 2008

Motoboy pedófilo é preso em São Paulo.

É muito raro verem-se cenas de pedófilos em ação. Ao assistir, pela manhã, o noticiário da Record News (que aliás recomendo para todos os amigos porque está com uma programação de notícias excelente) fiquei escandalizado. Um cinegrafista amador conseguiu flagrar um motoboy - pedófilo safado (me perdoem a indignação) - procurando atrair e aproximar-se de uma garotinha e chegando a exibir sua genitália para a criança inocente. A cena é asquerosa e dá vontade de entrar na tela, pegar o canalha e... melhor não escrever.
Pela manhã ainda não tinham capturado o criminoso, mas à tarde a polícia de São Paulo botou a mão no indivíduo repugnante. Fiz questão de copiar o vídeo da reportagem e publicá-lo aqui, como uma forma de mostrar a todos que a pedofilia não está tão distante de nós quanto pensamos. Todos somos responsáveis por combater esta perversão, este crime repulsivo e covarde contra seres inocentes. Prestem muita atenção na cena do motoboy e da garotinha. Vejam como eles agem. Como são despreziveis,
Por essa e outras, desconfie sempre daquelas pessoas adultas que vivem colocando crianças no colo, apalpando-as, abraçando-as demais; mesmo sendo tios e tias, amigos da família, professores, vizinhos ou algo semelhante. Fiquem atentos nos locais públicos onde houver aglomeração de crianças e jovens. Denunciem aqueles que - não sendo parte do cenário - procuram se acercar de garotos e garotas, atraindo-os com pequenos truques. Não confie em ninguém enquanto não estiver absolutamente seguro de quem seja e da sua idoneidade. São numerosos e conhecidos os casos de pedofilia envolvendo professores, religiosos, parentes (inclusive pais e padrastos, tios e tias). Repito, não confiem e denunciem!
Vejam o vídeo e se enojem como eu. Espero, e Deus me perdoe se estou pensando de forma errada, que este pedófilo tenha, dos outros "colegas" presos na cadeia onde ele vai ficar, o tratamento que segundo a "tradição" entre eles é dispensado aos criminosos da sua espécie.
.
.
.
ººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº

3 comentários:

  1. Eu que sempre acesso o Oficina e estou acostumado a ver artigos úteis e enriquecedores, fiquei estarrecido ao ver esse post, Herbert!... Não que você tenha errado em publicar esse assunto, pelo contrário, devemos usar nossas ferramentas para isso mesmo. Uma denúncia dessas e um alerta como o que escreveu não fogem de maneira alguma da temática do blog, que se mantém antenado com diversas campanhas.
    Fiquei tão enojado do sujeito e de sua "espécie" quanto você deve ter ficado. Indignação é a palavra mais branda para usar com relação a esse tipo de gente... Não vou me estender aqui, mas te dou os parabéns por abordar o assunto, ajudando a abrir os olhos dos seus leitores.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Ronaldo,
    Seu comentário me dá muita satisfação como blogueiro. Ambos somos, ainda, "aprendizes de feiticeiros" nesse negócio dos blogs, entretanto de uma premissa estou convicto. Um blog ou é algo com vida intensa ou é uma brincadeirinha de adolescentes. Nada contra. Todo tem seu espaço nesta fantástica Internet.
    Estou na primeira alternativa e sei que também é o seu estilo.
    A blogosfera tem muita força e creio que todos os internautas que produzem seus blogs (principalmente) devem usar esse poder de multiplicação para fazer campanhas humanitárias, denunciar crimes, elogiar o que ou quem tenha feito ou esteja realizando algo importante para a coletividade. Pode parecer óbvio, mas é como me vejo ao "nutrir" este meu projeto da Oficina de Gerência com posts dessa conjuntura.
    Muito obrigado, mesmo, pela força. O vídeo realmente é chocante, mas será que não devemos nos escandalizar a todo o momento para sair da zona de conforto e arregaçar as mangas? Fazer, cada um de nós, a sua parte neste concerto universal?
    Fraternal abraço.

    ResponderExcluir
  3. O motor de busca do Google com imagens de evangélicos brasileiros e Ronaldo. 500 logos e mais
    http://www.googlemanias.webcindario.com/por/futbolbrasil.htm

    ResponderExcluir