10 de ago de 2008

Pai que é pai...

Família, para mim, é o maior valor que um ser humano pode cultuar durante sua passagem por esta vida (desculpem se é um clichê). Mas não sou muito de valorizar as datas comemorativas, ligadas aos objetivos comerciais. Dia dos Pais, então...
Mas respeito as tradições e me incorporo a elas da melhor forma que posso. Os carinhos dos meus filhos, hoje, foram suficientes para me energizar pelo resto do ano. Como não me reunir a essa onda de emoções que marca o dia?
Para marcar a data, no blog, procurei um texto ou uma imagem e até mesmo um vídeo nos meus arquivos. Tive sorte. Encontrei um vídeo sensacional - de publicidade - mas com uma mensagem que é a medida exata da qualidade de ser pai. Vejam se tenho razão.
..
.

3 comentários:

  1. Olá querido amigo!!! Feliz dia dos pais!!! :D

    ResponderExcluir
  2. Tudo o que fazemos pelos filhos é recompensado em cada gesto de carinho deles... Ser pai é minha maior alegria e meu filho meu maior orgulho. Acho que você também é assim, não é, Herbert?

    ResponderExcluir
  3. Jaqueline e Ronaldo,
    Sim Ronaldo, sou do tipo paizão. Sem ser superprotetor, estou permanentemente ligado nos filhos. Mesmo os que estão casados (2). O Dia dos Pais, para mim, tem o lado alegre que é o de ser protagonista e um outro que já foi triste, mas atualmente é nostálgico, pela morte do meu pai (em 2005).
    De qualquer sorte, manifestações de apreço como a de vocês sempre quebra um pouco esse outro lado e reforça a alegria de receber um abraço e um beijo como os da minha filha, ontem.
    Abraço os dois

    ResponderExcluir