9 de jul de 2008

O assunto é... nanotecnologia ( Blog Ingenieria)

Já tenho feito muitas referências ao Blog Ingeniería, da Argentina, produzido por Néstor e Francisco. De vez quando vou lá para garimpar novidades. Este vídeo é uma delas. Leiam a apresentação do vídeo, em espanhol, no post do próprio blog:
.
"El poder de la nanotecnología
La compañía escandinava de teléfonos móviles, Nokia, ha creado un video en el que se muestran algunas de las predicciones acerca del potencial que la nanotecnología tendrá en el futuro. Sin duda un video bastante bonito, estés o no convencido de lo que dice, y que merece la pena ver.
Se titula Morph, y comienza haciendo un ejemplo de qué es la nanotecnología. Nanotecnología es colocar 10 000 transistores en el pelillo de una mosca, una precisión del nivel de moléculas individuales. El video continúa con otras novedades que nos ayudarán en nuestra vida diaria, como analizar compuestos específicos en el aire, cargar la batería de forma solar, auto-limpieza, elasticidad que se adaptada a nuestras necesidades, resistencia contra golpes, transparencia…"
.
O vídeo, muito bem feito a partir de animações, na verdade é uma publicidade futurista da Nokia, apresentando um futuro aparelho que eles chamaram de Morph e que irá operar dentro da nanotecnologia (clique aqui para ir direto ao Google com o verbete).
Fica difícil de acreditar que o futuro nos reserva tanta comodidade, mas também´não há dificuldade em perceber que a ciência humana caminha a passos céleres para dominar tais avanços. Veja (e reveja)você mesmo esta ficção que já está em fase de projeto. Confira e fique de boca aberta aliás, como eu também fiquei.
.

.

2 comentários:

  1. Zilhões de possibilidades, meu amigo... Às vezes viajo nesse tipo de análise o que o futuro nos reserva e vou além: o que ele reserva ao Nathan, que só tem onze anos. Como fã de ficção científica (Asimov, Clarke, Bradbury... nessa linha), não vejo dificuldade em ter devaneios sobre o tema.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Eu também fiquei impressionado com o vídeo. Até demorei a entender direito o que era. Imagine um ser paleontológico, como eu, lidar com um nível de tecnologia como esse? Antigamente, uma animação dessas seria candidata, fácil, ao "oscar de ficção científica". Hoje, a gente assiste e considera a coisa mais natural e... viável do mundo. Como diria minha querida avó Luiza (saudades): "- O mundo está virado de cabeça pra baixo!"
    Grande abraço Ronaldo. Sempre bom poder lhe receber no galpão da Oficina.
    Ah!Mais um ponto em comum, também li tudo e ainda tenho muitos livros dos "feiticeiros" Asimov, Clarke e o "esquecido" Ray Bradbury. Boas lembranças...

    ResponderExcluir