9 de jul de 2008

Maysa canta "Ne Me Quitte Pas"

NOTA RÁPIDA: Para os mais jovens, que não tiveram o privilégio de ver e ouvir Maysa (Matarazzo) cantar, trago-lhes um presente. Ela canta a famosíssima canção francesa "Ne me Quittes Pas". Esta música era a marca registrada de Edith Piaf, simplesmente uma das maiores estrelas da música internacional. Poucas intérpretes se arriscavam a cantar esta canção sob pena de sucumbirem à imitação de Piaf.
Maysa criou esta versão e a interpretação, sublime, bem ao seu estilo. Alguns dizem que é melhor que Piaf. Me nego a comentar... Basta ouvir Maysa, sem comparações.
Copie a URL da Wikipédia abaixo e visite o site para conhecer um pouco mais desta artista brasileira que marcou época e estilo nos anos 50, 60 e parte da década de 70. Maysa transgrediu todas as regras da (falsa) sociedade em que foi criada, se casou e depois largou para trás a fim de viver a sua arte. Morreu precocemente aos 40 anos, em um acidente na ponte Rio - Niterói, provavelmente vítima de si mesma.
Não deixem de assistir; garanto-lhes que vale o tempo.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Maysa.

ºººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº

4 comentários:

  1. Nossa! Agora vc foi fundo. Muita gente não teve o privilégio de ouvir essas duas deusas. Uma pena.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  2. Conheci essa música na mini-série "Desejo de Anita" e a paixão foi inevitável... É a música que eu e minha esposa mais gostamos. Foi ótimo ouví-la aqui, Herbert!

    ResponderExcluir
  3. New e Ronaldo,
    Particularmente, me agrada mais a interpretação de Maysa para esta canção do que a de Piaf (devo estar dizendo alguma heresia musical...). A música, em si, tem a magia eterna das obras primas.
    Só em ter os comentários de dois amigos como vocês, já me dei por satisfeito em publicar o vídeo. Fiquei aqui imaginando as lembranças, lúdicas e agradáveis, despertadas na New e ainda, de quebra, ter "tocado" a alma romântica do Ronaldo, foram um "plus" que que me alegrou muito. Não seria este o sentimento maior de um humilde blogueiro?
    Meu abraço nos queridos amigos.

    ResponderExcluir
  4. Somente uma contribuição.
    A versão de Maysa é linda mesmo, porém, Edith Piaf jamais gravou essa música.
    Nunca houve registro algum, seja gravação ou em apresentações, que contenham quaisquer registros de Piaf cantando Ne me quite pas.

    Abração

    ResponderExcluir