DIA NACIONAL DO BOMBEIRO

DIA NACIONAL DO BOMBEIRO
DIA NACIONAL DO BOMBEIRO - O Dia do Bombeiro Brasileiro é comemorado no dia 2 de julho. Esta data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger as pessoas, as cidades e as florestas do risco de incêndios, desastres naturais, desabamentos, etc. Além de apagar incêndios, os bombeiros também desenvolvem vários projetos sociais e educativos, com o objetivo de tentar melhorar a qualidade de vida da comunidade. Os bombeiros também ajudam a socorrer animais em perigo e auxiliar pessoas que enfrentam situações de grande stress, como tentativa de suicídio, afogamento, desaparecimentos e traumas provocados por acidentes. Dia do Bombeiro Brasileiro Origem do Dia do Bombeiro Brasileiro A escolha desta data é uma homenagem a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, inaugurado em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, e sob o comando do major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do Decreto nº 35.309, de 2 de abril de 1954. A partir desta mesma lei, também foi definido a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios. Antigamente, antes do Imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Eliane Cantanhede comenta sobre a Faixa de Gaza

Em meio ao "cessar-fogo" (entre aspas de propósito porque não acredito muito nele) que tirou as mortes de crianças palestinas do noticiário para ceder espaço total à posse de Barack Obama, "peguei" este comentário de Eliane Cantanhede publicado na Folha de São Paulo.
O texto foi escrito às vésperas do cessar-fogo, mas está tão atual que não resisti em trazê-lo para o blog e ajudar - como tem sido o meu objetivo - na formação de opiniões sobre este tema tão momentoso. Leiam o comentário da excelente colunista brasileira e guardem o texto para conferir no futuro. Concordo totalmente com ela.
Os bombardeios de Israel sobre Gaza não serão esquecidos tão cedo. Apesar da opinião pública israelense não dar muita confiança para o que o resto do mundo pensa quando eles cometem suas atrocidades, desta vez deverá ser diferente. Não lembro de tantas crianças serem deliberadamente mortas em um conflito entre países ou grupos (Sim senhores! Se fossem enquadrados em qualquer código penal os bombardeios seriam qualificados de "crimes dolosos").
Por isto as conseqüências contra Israel virão quando a poeira dos escombros assentar e o mundo tiver tempo para analisar tudo que viu pela TV e pelos vídeos do You Tube e seus co-irmãos.

Imagem hospedada por www.mh2img.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário