DIA NACIONAL DO BOMBEIRO

DIA NACIONAL DO BOMBEIRO
DIA NACIONAL DO BOMBEIRO - O Dia do Bombeiro Brasileiro é comemorado no dia 2 de julho. Esta data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger as pessoas, as cidades e as florestas do risco de incêndios, desastres naturais, desabamentos, etc. Além de apagar incêndios, os bombeiros também desenvolvem vários projetos sociais e educativos, com o objetivo de tentar melhorar a qualidade de vida da comunidade. Os bombeiros também ajudam a socorrer animais em perigo e auxiliar pessoas que enfrentam situações de grande stress, como tentativa de suicídio, afogamento, desaparecimentos e traumas provocados por acidentes. Dia do Bombeiro Brasileiro Origem do Dia do Bombeiro Brasileiro A escolha desta data é uma homenagem a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, inaugurado em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, e sob o comando do major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do Decreto nº 35.309, de 2 de abril de 1954. A partir desta mesma lei, também foi definido a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios. Antigamente, antes do Imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Conferência Interamericana foi evento preparatório para entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial (1942)


Jornal do Brasil: reunião de chanceleres de 21 países lationo-americanos no Rio

A Conferência Interamericana foi realizada no Rio, com o objetivo de aprovar o rompimento imediato das relações diplomáticas e comerciais em bloco dos 21 países latino-americanos com o Eixo - formado por Alemanha, Japão e Itália. Mas devido à recusa da Argentina e do Chile em aceitar os termos propostos foi aprovada apenas uma recomendação de rompimento das relações com os paises do Eixo.

A Terceira Reunião de Consulta dos Ministros das Relações Exteriores das Repúblicas Americanas realizado no Palácio Tiradentes foi convocada pelos Estados Unidos logo depois do ataque japonês a Pearl Harbor, em dezembro de 1941.

Mesmo sem conseguir atingir o seu principal objetivo, as resoluções do encontro foram amplamente favoráveis aos Estados Unidos. Os países latino-americanos comprometeram-se a fornecer matérias-primas estratégicas para a indústria bélica norte-americana. Nessas negociações, foi dada ênfase especial à borracha, produto que se tornara escasso após o avanço japonês no Sudeste Asiático. Os países também assumiram o compromisso de criar condições ao livre movimento de capitais, e de manter a ordem interna para evitar a alteração do acordo com os Estados Unidos. 

O presidente Getúlio Vargas só divulgou a decisão de romper relações diplomáticas com a Itália, a Alemanha e o Japão no dia do encerramento da conferência. O anúncio foi feito depois de o governo ter obtido do Presidente Roosevelt a promessa de modernizar as Forças Armadas Brasileiras e de apoiar a criação da Companhia Siderúrgica Nacional. 

Depois de vários ajustes entre os dois países foi assinado, em março de 1942, o acordo militar para o envio de armas e munição ao Brasil no valor de US$ 200 milhões. 


O Brasil na Segunda Guerra
O Brasil declarou guerra ao Eixo em agosto de 1942, depois de os nazistas afundarem seis navios brasileiros em um só dia. Entretanto, o envio de tropas à Europa somente ocorreu um ano após o incidente.
O Brasil cedeu espaço para instalação de uma base aérea militar em Parnamirim (RN). Devido a sua importância para os Aliados, o local foi apelidado de "Trampolim para a Vitória". Os americanos usaram a base para transporte de equipamentos e soldados como escala para o norte da África, em novembro de 1942. Lá foi travada a batalha em que as tropas nazistas comandadas por Rommel foram derrotadas pelos soldados Aliados liderados por Montgomery.
***********************************************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário