19 de mar de 2009

Quem primeiro flutuou no espaço sideral foi um russo (1965)

19 de março de 1965 — Astronauta russo flutua no espaço

Jornal do Brasil: Astronauta russo
O primeiro astronauta a fazer um passeio pelo espaço foi Alexey Leonov. O cosmonauta flutuou durante 20 minutos preso por um cabo de cinco metros à nave Voskhod 2. A caminhada teve início quando a cápsula estava sobre o noroeste da África e terminou quando esta passava sobre a Sibéria Oriental.
Leonov preparou-se na câmara de pressurização inflável da nave, com diâmetro de 1,2 metros e comprimento de 2,5 metros, antes de sair para o espaço. O astronauta fotografou a Terra, enquanto imagens do passeio eram transmitidas para toda a Europa pela TV. 

Leonov teve dificuldade para retornar à câmara de pressurização porque o seu traje havia se expandido no vácuo e teve de forçar a porta durante 8 minutos até conseguir entrar. Três meses depois, o astronauta norte-americano Edward White passaria pela mesma experiência ao voltar para a nave Gemini 4, após ter realizado a sua caminhada espacial. 

A Voskhod 2, que em russo significa alvorada, permaneceu 26 horas no espaço e deu 17 voltas e meia em torno da Terra no sentido Sul-Norte. A nave aterrissou nos Montes Urais, a 800 quilômetros do ponto marcado para a descida, depois de uma demora de 5 horas. O atraso foi devido a uma falha no controle, que obrigou o comandante Pavel Belyayev a dar uma volta suplementar.

Pouso difícil Os astronautas passaram por momentos de grande tensão quando o módulo de serviço não se separou completamente, tal como planejado, colocando a nave e a tripulação em risco, ao girar violentamente e sem controle. Depois do pouso, a tripulação passou a noite na floresta, ameaçada por lobos e nevascas, até ser localizada e resgatada no dia seguinte.
Os dois acidentes ocorridos no voo resultaram no cancelamento de uma missão tripulada apenas por mulheres. Por fim, o desenvolvimento das naves Soyuz acabou por aposentar o projeto Voskhod.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário