9 de mar de 2009

Gerentes e Dinossauros: tão distantes e tão próximos (Eugen Pfister)

O professor Eugen Pfister é uma destas encantadoras amizades virtuais que fiz enquanto blogueiro. Fiquei encantado com um dos seus textos e enviei-lhe um e-mail solicitando permissão para publica-lo. Nessa troca de correspondências nasceu uma relação de respeito que se se transformou no que eu chamo de amizade virtual. Não nos conhecemos ainda, mas na primeira oportunidade que for a São Paulo já temos o compromisso para um belo jantar.

Para mim é uma honra, pois Pfister é um dos palestrantes, consultores e autores dos mais respeitados em sua corporação. Tem um sem numero de artigos publicados na internet afora sua produção como sócio e consultor da "Estação Performance". Vamos resumir: o homem é um craque.

Adoro o seu estilo de escrever e de tanto publicar seus escritos criei uma tag com o seu nome. Para ver o material dele que já publiquei é só clicar aqui. Neste post, trago-lhes mais um dos textos de Eugen Pfister. O tema é sobre os comportamentos opressores (eventuais ou não) das pessoas que exercem funções de mando ou comando.

Por favor, não deixem de ler; principalmente os mais jovens (que ainda não foram inteiramente contaminados pelo virus da grosseria hierárquica) e por aqueles que estão na trilha da gerencia e ainda enfrentarão muitas situações onde seus "instintos jurassicos" tenderão a prevalecer.

Assino embaixo do que o professor Pfister escreveu. Bom proveito.



.
Gerentes e Dinossauros: tão distantes e tão próximos

Eugen Pfister

.......... Os gurus da administração fazem o possível e o impossível para ocultar o lado irracional das relações entre lideres e liderados. Admitir o fato complicaria a racionalidade mecânica das suas teorias sobre liderança, negociação, motivação e congêneres, sempre pautadas em promessas do tipo “faça isso e você conseguirá aquilo”.

.......... Nas inúmeras e criativas metáforas sobre organizações que cunharam (até inventaram uma tal de organização espaguete)1, nunca lhes ocorreu a possibilidade das organizações terem seus dias de Jurassic Park.

.......... Vejamos. Segundo os paleontologos, os dinossauros desaparecerem da face da terra há 64-66 milhões de anos. Pairam controvérsias e dúvidas sobre as causas da extinção massiva, mas como ninguém até o presente momento reportou a alguma autoridade ter visto um Alossauro Polar andando pela Avenida Paulista, assume-se que os bichanos estão mortinhos da Silva.

.......... Bom, essa história de ninguém viu vale mais para cientistas e pessoas sensatas, pois há quem suspeite que eles e o Elvis ainda vivam. Por favor, contenham a vontade de rir ou zombar, pois, os crédulos têm razões que a própria razão desconhece. Tudo depende de como conceituamos o que é “viver” ou “sobreviver”.

.......... Elvis continua um ícone e seus discos vendem milhões até os dias atuais. “Ta bom! Essa é fácil” - dirão os céticos: “duro vai ser explicar a história dos dinossauros”. Espero não desapontar ninguém, mas defender a tese vai ser uma barbada.

.......... Sucede que o grande lagarto sobrevive onde menos esperamos encontrá-lo: em nós! Mais especificamente em nossos cérebros, comportamentos e sentimentos. “Imagine o cérebro humano como um sanduíche evolutivo, um córtex (centro do pensamento e da lógica) empilhado no topo de um cérebro de dinossauros (...) com uma camada a que chamamos de sistema limbico no meio”2. Essa camada surgiu a partir da emergência dos mamíferos mais antigos com a função de contribuir para a sobrevivência da espécie.


.......... Sim, senhores, somos dinossauros de terno e gravata, diplomados, com CPF, RG, cartão de crédito e outras quinquilharias que acreditamos provar nosso progresso. Mas o Dino está lá na moita. Na dúvida, tente ultrapassar um motorista que trafega na pista da esquerda a 40 km por hora, diga para o seu chefe que ele é incompetente, questione a moral do seu subordinado, sonegue-lhe os direitos ou méritos e você viverá fortes emoções.

.......... A questão é que fomos socializados a duras penas e, apesar dos séculos de esforço civilizatório, alguns preferem ir direto ao ponto sobre “quem manda neste pedaço”. Eu, por exemplo, sou assim quando o assunto é o controle da TV.

.......... A lei da selva está claramente presente na conduta dos chefes autoritários, dos subordinados rebeldes, dos manda chuvas da vida e dos flanelinhas. A técnica é intimidar o interlocutor física, psicológica ou moralmente e assim impor a própria vontade, interesses, caprichos.

.......... Normalmente, quando os intimidados decidem brincar de Jurassic Park : (a) contra atacam o oponente com igual ou superior violência; (b) enfiam o rabo embaixo da perna e fogem da raia; ou (c) ficam inermes, paralisados, sem saber o que fazer diante da truculencia de que são vitimas. Atacar, fugir ou ficar imóvel é o modus operandi clássico dos dinos de antanho e de hoje.

.......... O problema é que as estratégias ofensivas, defensivas ou escapistas não contribuem para atingir as metas ou satisfazer os interesses pessoais, grupais, organizacionais. Ao contrário, No lugar de resolver problemas e conflitos, elas jogam gasolina na fogueira.

.......... Evolução não significa, necessariamente, superar estágios primitivos prévios. Acreditamos na hereditariedade, na transmissão genética das características biológicas. Acreditamos no inconsciente coletivo descrito por Carl Gustav Jung como uma espécie de memória atávica da humanidade. Só não enxergamos que diferentes estágios evolutivos sobrevivem e se manifestam até hoje.

.......... Os jogos de poder numa organização são, na essência, primitivos, ainda que os jogadores se esforcem para parecerem nobres, civilizados, altruístas.

.......... Os jogos mais populares são:

  • Eu sou o Bwana, brincadeira para reafirmar quem está no comando.
  • Você sabe com quem está falando? (idem)
  • Manda quem pode, obedece quem tem juízo, jogo do recado preventivo.
  • É nadar ou morrer, velha lei da selva.
  • Cenoura ou o chicote?, a tradicional estratégia de manipular os baixos apetites
  • Siga o Chefe, ou seja, não questione, obedeça!
  • Agora te peguei, Seu F.D.P., superiores que adoram flagrar os subordinados cometendo erros.
  • Sexo e vantagens profissionais: assédio moral e sexual.

.......... Portanto, fique atento e esperto. Tempere com doses cavalares de realismo a visão cor de rosa dos gurus organizacionais. Um dos deveres de um gerente é reconhecer e lidar com a realidade; depois, pode transformá-la. Procure inspiração no poeta e dramaturgo Terêncio (82 a.C. – 35 a.C) que disse “nada do que é humano me é estranho”.

.......... Antes de tentar domar os outros, dome a si mesmo, gerenciando os próprios impulsos jurássicos. Aliás, prometo aos amigos e conhecidos que me esforçarei para seguir o próprio conselho.

  1. Lars Kolind, CEO da dinamarquesa Oticon criou nos anos 80 o conceito de organização spaghetti.
  2. Albert J. Bernstein & Sydney C. Rozen, Gerentes Inteligentes, Reações Irracionais, 1991, Makon Books, São Paulo.

(Clique na imagens separadamente)
Eugen Pfister, consultor, educador, especialista em desempenho humano e gerencial.
E-mail epfister@terra.com.br
Publicação: www.paralerepensar.com.br 03/10/2008




4 comentários:

  1. Oiii!
    parabéns pelo blog!!!
    ele é ótimo!!!
    vou voltar aqui sempre!

    =D

    ResponderExcluir
  2. Como "dona de blog" você sabe como fica o nosso ego quando um visitante se manifesta sobre o nosso blog como você o fez.
    Adorei e hoje vou dormir feliz por conta do teu comentário.
    Já fui lá no "Dia-a-Dia com suas Farmaceutica..." e me encantei com o que vi. Teu blog é lindo e com muito conteudo. Vou segui-lo também.
    Deixei meu comentário por lá porque faço questão de externar para teus leitores que fiquei fascinado pelo blog e principalmente pela relação de carinho entre o blog e a blogueira que salta à vista de quem tenha os olhos para ver.
    Grato pela visita.

    ResponderExcluir
  3. Meu querido!!!
    que comentário mais lindo!!! fico lisonjeada!!! E também muito feliz em encontrar pessoas especiais como vc! Vc já virou meu amigão!!! hehehehe Lógico, se vc permitir!
    Continue com esse super blog!!!

    uma ótima terça!!!

    =D

    ResponderExcluir
  4. Enorme alegria por contar com você como amiga. Assim eu vejo a blogosfera, uma linha de produção para fazer amigos.
    Quanto ao recadinho que você deixou na caixinha de mensagens já está respondida. Pode pegar e copiar o que você quiser aqui na Oficina.
    Sou daqueles que considera a internet um ambiente 100% democrático. Exceto para quem proibir, inclusive por mecanismos anticopias, qualquer "captura" considero que tudo publicado na internet está disponível. É como se fosse material de dominio público.
    Quando vejo que são textos ou imagens criadas pelos próprios "donos" dos sites ou blogs faço questão de mostrar os creditos.
    Entretanto é comum os blogs e sites se utilizarem de material que já está na quinta camada de reprodução e o colocam como se fosse algo muito especial ou original. Nestes casos nem me preocupo, vou lá e pego. Quando muito declaro onde o copiei.
    Como regra geral tenho uma preocupação que beira à paranóia em colocar creditos e links para mostrar as origens das matérias de terceiros que publico aqui.
    Todavia em relação ao material que está na Oficina de gerencia não faço restrição. Quem quiser entrar e copiar as idéias, as imagens (algumas são até montadas por mim), os textos, qualquer coisa pode ficar à vontade. Não faço restrição a nada. Grande abraço

    ResponderExcluir

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin