DIA NACIONAL DO BOMBEIRO

DIA NACIONAL DO BOMBEIRO
DIA NACIONAL DO BOMBEIRO - O Dia do Bombeiro Brasileiro é comemorado no dia 2 de julho. Esta data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger as pessoas, as cidades e as florestas do risco de incêndios, desastres naturais, desabamentos, etc. Além de apagar incêndios, os bombeiros também desenvolvem vários projetos sociais e educativos, com o objetivo de tentar melhorar a qualidade de vida da comunidade. Os bombeiros também ajudam a socorrer animais em perigo e auxiliar pessoas que enfrentam situações de grande stress, como tentativa de suicídio, afogamento, desaparecimentos e traumas provocados por acidentes. Dia do Bombeiro Brasileiro Origem do Dia do Bombeiro Brasileiro A escolha desta data é uma homenagem a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, inaugurado em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, e sob o comando do major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do Decreto nº 35.309, de 2 de abril de 1954. A partir desta mesma lei, também foi definido a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios. Antigamente, antes do Imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Primeiro vôo livre do homem no espaço (1984)

..................................................................................................................

6 de fevereiro de 1984 -- Astronauta voa livre no espaço

Jornal do Brasil: Astronauta americano
Milhões de americanos viram ao vivo pela TV o astronauta Bruce McCandless flutuar solto no espaço, com seu traje branco e com uma grande mochila presas as costas. A façanha de se locomover no espaço sem o cordão umbilical preso ao veículo espacial fez de McCandless o primeiro "satélite humano" da história. 

O compartimento de carga do ônibus espacial Challenger abriu-se lentamente e a Unidade Tripulada de Manobras (MMU) levou o astronauta a uma órbita de 100 metros de distância da nave. "Pode ter sido um pequeno passo para Neil, mas foi um grande passo para mim", disse McCandless numa alusão às palavras de Neil Armstrong ditas 15 anos antes quando este pisou o solo lunar. 

Embora só se movesse a pouco mais de 10cm/s em relação à nave espacial, McCandless dava voltas à Terra, juntamente com nave espacial, a uma velocidade de 28 mil175 km/h. O astronauta grisalho de 46 anos esperava havia 18 anos para testar a mochila propulsora, que ele ajudou a projetar. O combustível usado no experimento foi o nitrogênio e as duas MMUs levadas para a missão custaram 10 milhões de dólares cada uma. Caso ocorresse algum imprevisto, outro astronauta Robert Stewart estava pronto para socorrer Bruce ou orientar os outros três tripulantes para resgatar o companheiro. Stewart permaneceu preso à nave, carregando outra mochila e observando os movimentos de Bruce.

Equipamento imita ficção científica
A Unidade Tripulada de Manobras (MMU) foi apelidada de Buck Rogers por ser semelhante à mochila que o herói criado pelo desenhista Dick Calkins, em 1929, carregava nas costas. 
O personagem de Calkins dormia durante 500 anos depois de sofrer um acidente e acordava em uma guerra no futuro onde todos usavam uma mochila a jato. 
O astronauta Bruce McCandless, o primeiro a usar a MMU no espaço, ainda participou em abril de 1990 da missão Discovery, que colocou em órbita o telescópio espacial Hubble.
**************************************************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário