11 de jun de 2008

O Leão da Ilha é Campeão da Copa do Brasil.

.

"Em uma noite épica, o Sport coroou nesta quarta-feira, com uma vitória sobre o Corinthians por 2 a 0 na abarrotada Ilha do Retiro, uma campanha gloriosa para erguer o troféu da Copa do Brasil. Depois de despachar Vasco, Internacional e Palmeiras nas finais, o clube pernambucano deu seqüência à fila para conquistar o segundo título mais importante de sua história (foi campeão brasileiro em 1987) e garantir uma vaga na próxima Libertadores." [...]
.
.
ªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªª
Nos tempos de adolescente e estudante, em Recife, eu era um torcedor do Sport daqueles de ficar rouco. Estava presente na Ilha do Retiro (estádio do clube) em quase todos os jogos. Depois tive oportunidade de ser atleta do clube jogando basquete (um juvenil tão ruim que desisti após duas temporadas).
O Leão da Ilha (a imagem de um leão é o símbolo do Sport, de cores rubro negras) é um dos clubes mais tradicionais, não só de Pernambuco, mas de todo o Brasil).
A conquista da Copa do Brasil e a automática classificação para a Taça Libertadores da América é um feito colossal para aquele povo tão sofrido que forma a base da torcida do Sport, um clube muito popular.
Quero destacar - e aqui "puxo a brasa" para o tema gerencial - que o comandante do Sport - Nelsinho (foto) - é o mesmo técnico que saiu, ao final do ano, do mesmo Corinthians, desmoralizado porque não conseguiu tirar o timão da 2ª divisão. Olha que ironia! Hoje ele foi campeão, derrotando o clube que o demitiu. O sabor da (boa) vingança é um plus, que vale tanto quanto o título. Você, que está lendo este texto já passou por uma situação destas? Eu já e mais de uma vez. É uma "viagem" ao paraíso.
Outro fato que devo destacar para reflexão dos habitantes do mundo corporativo é que nesta trajetória, Nelsinho, saiu do Corinthians e foi contratado pelo Sport. Após conquistar o campeonato regional de Pernambuco, abiscoitou, nesta quarta feira, o mais importante título da sua carreira. Tudo isso meses depois de chegar no fundo do poço e ser considerado um técnico de segunda classe. Que lições podemos tirar desse episódio? Certamente muitas, mas vou deixa-las para o "exercício intelectual" dos leitores.
Clique aqui e vá direto ao Blog do Noblat - que é um torcedor fanático do Sport - para "sentir" a vibração dele e conhecer o grito de guerra da torcida do Leão.
.

4 comentários:

  1. Olá, pensei postar a respeito e desisti. Procurava algum post nos blogues para expressar algo e não poderia encontrar melhor endereço.
    Primeiro parabéns Herbert, você tem o dom da escrita. Post fantástico.
    Vamos lá...
    "É Bala, é Bala, é Bala,
    Cazá, cazá, cazá, a turma é muito boa, é mesmo da fuzarca,
    Sport, Sport, Sport".
    E creia, sou Tricolor daqueles que ficam roucos. Eu sou de Olinda, meia hora de Recife, até parece um bairro da Capital Pernambucana, mas vim prá Sampa há mais de 27 anos e claro, também tricolizei. Aqui sou Tricolor também.
    Voltando para 1975, quando o meu Santa Cruz, o então Terror do Nordeste, ficou em 4o. no Brasileirão, eu jogava no 'juvenil' depois de ficar 2 anos no que eles chamavam de 'infantil'.
    Antes, jogava no Galícia, o melhor time do bairro de Rio Doce. Eu era o ponta direita, jogava com a 8. Meu chapa da 10, com quem fiz muita tabelinha e muitos gols era o desconhecido Toninho, que poucos anos depois se chamaria Biro Biro.
    Estudávamos juntos na 4a. série primária e batíamos pelada quase todos os dias. Os caras incentivaram e fomos para os testes nos clubes. Ele no Sport e eu no Santa. Claro, ambos aprovados. Ele deu sorte, entrou em uma decisão entre Santa Cruz e Sport quando a partida já estava na 3a. prorrogação e a madrugada já se aproximava. Todos caindo em campo. Ele deu pura sorte com aquela bola que caiu na cabeça dele e entrou no gol de ouro. Ele nem sabe que fez o gol. rsrs
    O cara se deu bem, veio pra Sampa para jogar no "Gambá" e até papou a filha do presidente. Eu também vim, mas para fazer a vida no ramo do Direito. Burro demais eu??
    Quem mandou escolher os livros.
    No Santa? Não passei do juvenil. Não tinha grana para atravessar a cidade para treinar. Mas eu era tão bom quando o Biro Biro e na verdade até acho que era melhor que ele. rsrsrs
    Bem, isso tudo é pura emoção, pois mesmo sendo Cobra Coral, inimiga mortal do Leão da Ilha, não posso deixar de me orgulhar em ver os Gambás, metidos, serem varridos pelo "meu" Sport. O Carlinhos Bala abandonou o Santa por dinheiro, mas tá valendo, gosto dele mesmo assim.
    O Sport (estou quase virando a casaca=trocar de time) deu ao Brasil inteiro, uma bela demonstração de superação, pois os caras de lá, são e sempre foram, (eram mais no meu tempo-rsrs) tão bons de bola quanto os de qualquer outro lugar, como Sampa e Rio. Aliás, no quesito RAÇA, (e o Herbert sabe o que é isso), difícil comparar algum time do Braisl com o Sport. A tv mostrou, os caras se entregarem no jogo e se quebrassem o tornozelo correriam mesmo assim.
    Sobre ontem. Parabéns Sport.
    O Bala devia estar drogado (brincadeirinha), mas o cara aparecia na tela tanto na pequena área dos Gambás quanto na pequena área do talentoso Magrão. Vai correr assim no inferno, no caldeirão da Ilha.
    O técnico dos Gambás é um imbecil como treinador, pois falou todas as asneiras que somente um perdedor de profissão poderia externar. Krai, ele tem de aceitar que o Sport é (foi) sei lá, anos luz superior ao 'Corintas' e isso de "foi ou não penalti" não pode ser levado para a mesa de entrevistas. O Sport sofreu penalti também e ninguém parou no campo. Seu treinador, saiba que se o Sport tivesse a necessidade de aplicar um sonoro 4x0 em seu time, você estaria igualmente revoltado, pois lá os caras mandam. Todos os jogos foram vencidos com muitos gols e diferentemente de teu time, contra equipes da série A, como 4x1 nos Porcos, 3x1 Inter, 2x0 Vasco e outros. Deixa de ser idiota e pede demissão cara. E eu me vinguei muito de você ontem, pois você, com o "Gaymio" venceu o Timbu e tirou o título de meu Santa. Bem feito para você seu bobão.
    Bem, sobre ontem, os Gambás mostraram que não sabem perder, pois 2 jogadores foram expulsos por estarem nervosinhos e pensarem que seriam humilhados: ora bolas, perder para os nordestinos que comem rapadura é demais. O Corintas foi lá querendo vencer na base da pancada, mas tomaram um belo chocolate.
    Não vou me alongar mais, mas também amei ver que a torcida arrogante do Corintas saiu cabisbaixo da zona que é aquela sede onde montaram o telão.
    Não deveriam ter menosprezado o Sport somente porque ele é do Nordeste, seu bando de trouxas.
    O Bala previu: "O gol do Enilton nos deu o título" e riram dele.
    E agora??
    Agora vão continuar se achando, somente porque estão ganhando na série B. Queriam o que? estar na zona de rebaixamento, jogando contra times de nível inferior??
    Para finalizar este "post" comentário, umas musiquinhas das torcidas:

    'Eu sou Santa Cruz de corpo de alma e serei sempre de coração, quando a cobrinha entra no gramado eu fico todo arrepiado e cheio de emoção, Tricolor."

    "É Bala, é Bala, é Bala,
    Cazá, cazá, cazá, a turma é muito boa, é mesmo da fuzarca,
    Sport, Sport, Sport".

    "Não chora, não chora, não chora, vai prá baixo timinho".

    ResponderExcluir
  2. É de rir:...
    Ontem a globo dividiu os canais de audio, reduzindo quase a zero o canal de som da torcida do Sport, para que os Gambás ouvissem somente os 1000 torcedores deles. Como pode haver uma coisa dessas neste mundo. Bem, quem sabe foi um pedido do presidente cachaceiro que se fiz gambá, mesmo sendo da terra do Campeão do Brasil.
    Este post tem de ser compartilhado Herbert, por isso coloquei no Dihitt:
    http://oficinadegerencia.blogspot.com/2008/06/o-leo-da-ilha-campeo-da-copa-do-brasil.html

    ResponderExcluir
  3. Amigo Gato,
    Não se já lhe disse, mas fui repórter esportivo das Rádios Capibaribe (onde comecei em 1963), Olinda e Clube de Pernambuco. Era estudante e fanático por esportes (futebol e basquete, principalmente). Já pensou? Ter a oportunidade de fazer, remunerado, o que mais gostava? Mamão com mel (essa é antiga). Assim transpus o portal do torcedor ostensivo (do Sport) para o de torcedor (camuflado). Nas rádios, a gente não podia revelar o time do coração. Ainda tem jornalistas do meu tempo que estão na ativa. Um dele por exemplo, é o Francisco José. Na época jornalista (de jornal mesmo) esportivo.
    Folgo em saber que você, além de conterrâneo é um entusiasta por futebol, como eu. Vou "soltar" mais posts sobre o tema que é muito rico em metáforas aplicadas ao tema do blog.
    Na época do Biro-Biro eu já estava fora do rádio, mas se você era melhor que ele (e acredito) foi pena que não seguisse carreira. Provavelmente, tal como eu sou um "jornalista frustrado" você deve ser um jogador de futebol idem. Estarei errado? Olha a provocação!
    Sobre ser torcedor do Santa, parabéns. A "Cobral-Coral" não fuma há muito tempo, mas tem a tradição dos grandes e o carinho da massa. Breve estará, de novo, no topo.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Que show isso Herbert. Eu sou fa de carteirinha do finado Ivan Lima, o maior narrador do mundo. Eu curtia muito o futebol porque meu pai era socio e fanzaço do Santa e sempre me levava ao Arruda ver as goleadas contra Ibis e Santo Amaro, lembras??
    Eu tambem acho que eh mesmo legal ser remunerado para se fazer o que gosta.
    Fui vizinho do Chico Jose quando ele morava no Bairro Novo, em Olinda mas nao tinha amizade com ele, so o via sempre. Ele eh uma figura muito querida por la.
    Estarei acompanhando mais post sobre o tema, pois gosto mesmo de futebol, embora hoje seja raro eu ir a estadio porque em Sao Paulo ha muita violencia.
    Eu tenho 46 e o Biro Biro deve estar na faixa tambem, nao lembro, mas ele deve ser mais velho um pouco.
    Tens razao, sou mesmo frustrado. Me cobrei muito nao ter insistido no futebol porque eu tinha mesmo a manha, mas ate que nao reclamo com a profissao, que da para o gasto. rsrs
    Agora esta explicada a qualidade cultural de seu blogue, tinha de ser feito mesmo por um cara cabeça como os jornalistas, profissionais que aprecio muito porque tem o poder de formar opinioes e curto polemicas, discussoes.
    O Santa e meu time desde criança e acho lamentavel o que o atual presidente conseguiu fazer com o clube, mas tambem acredito que um dia ele estara na serie A derrotando novamente o Corinthians como no ultimo brasileiro que esteve.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin