14 DE JUNHO DE 2024 - 6ª FEIRA - DIA UNIVERSAL DE DEUS E DIA MUNDIAL DO DOADOR DE SANGUE


No dia 14 de junho comemora-se o dia Universal de Deus, uma data para celebrar a fé nas diferenças crenças. A paz entre as nações depende da paz entre as religiões que depende do diálogo entre elas, mas tudo isso depende do acolhimento sadio das diferenças, sem anulá-las. Jesus acolheu as diferenças da samaritana, do centurião romano (cf. Mt 8, 5-13) e de tantos outros. É certo que a história do cristianismo produziu conflitos religiosos sangrentos; um erro que ensinou que discordar das diferenças não é produzir discórdia, mas promover diálogo. A tolerância religiosa se traduz no respeito às diferenças, é uma necessidade humana.

Bem vindo

Bem vindo

FRASE DO DIA

FRASE DO DIA

FRASE COM AUTOR

FRASE COM AUTOR

domingo, 22 de junho de 2008

De Cap. Nascimento a Hamlet. É Wagner Moura.


Todos os povos cultuam seus grandes artistas nas muitas expressões da arte e da cultura, de seus costumes. No Brasil temos as nossas grandes estrelas, mas não são muitas.
Por isto, quando aparece, no horizonte artístico, um nome que começa a luzir nesta abóboda tão exclusiva, começamos a cultivá-lo como se fosse uma rara espécie de flor a desabrochar-se.
Acho que Wagner Moura está incluído neste círculo de encantamento. O seu desempenho como o Cap. Nascimento, no filme Tropa de Elite, provocou o raro prodígio de tornar o personagem mais famoso que a obra.
Devagar, mas de forma consistente Wagner Moura foi conquistando o respeito o público em todas as camadas e nas mais diversas formas de atuar. Quem, no Brasil, que se liga em cinema, novelas e televisão, não gosta e/ou admira Wagner Moura? Outro dia vi uma entrevista dele no Programa do Jô Soares e o , um dos nossos grandes artistas, se emocionou ao falar do trabalho de Wagner Moura. E com justiça.
O ator está de volta com um novo espetáculo. A estréia foi na sexta feira passada (20/junho), em São Paulo. Ele está encenando nada mais nada menos do que Hamlet, de Shakespeare. Obviamente passo longe de conhecer a nobre arte do teatro, mas sei que o personagem do angustiado príncipe dinamarques é um dos mais desafiadores para atores do mundo inteiro. A crítica ainda não se pronunciou, mas deverá ser um novo sucesso.
Certamente irei a Sampa (alô Ronaldo?) para assistir a peça. Wágner Moura está se tornando um daqueles atores imperdíveis que nos tornam a vida mais leve com sua arte e seu talento. Vale o "sacrifício" de uma viagem à nossa metrópole para vê-lo.
Entre no blog oficial do ator clicando aqui para ter acesso a um enorme volume de informações sobre ele e particularmente, sobre sua nova peça. Abaixo, dois pequenos vídeos, sobre o novo trabalho de Wágner Moura.
.
..

.
A peça está sendo apresentada nas sextas e sábados às 20h e domingos às 18h. Ficará em cartas até 28/9. Onde: teatro Faap (r. Alagoas, 903, São Paulo, tel. 0/xx/11/3662-7233). Classificação: 14 anos e ingressos a R$ 80
.
....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Convido você, caro leitor, a se manifestar sobre os assuntos postados na Oficina de Gerência. Sua participação me incentiva e provoca. Obrigado.