31 de mar de 2008

Aleluia! A consciência da população está surgindo...


.

"Saúde dispara como o pior problema do país
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA
Em meio a uma epidemia de dengue que já matou pelo menos 31 pessoas na cidade do Rio de Janeiro neste ano, a pesquisa Datafolha mostra que pela primeira vez na gestão petista a população considera a saúde como o principal problema do país e a área aonde o governo Lula está se saindo pior.
Ao todo, 29% dos entrevistados citaram espontaneamente a saúde ao serem questionados sobre o que consideravam como principal problema do Brasil, índice que era de 21% em novembro, ocasião em que dividia o topo com desemprego (oscilação de 18% para 20%) e violência (de 21% para 17%).
Entre os moradores da cidade do Rio, a saúde dispara como o principal problema, com 41%.
Quando perguntados sobre a área em que o governo Lula vem se saindo pior, 28% citam a saúde (contra 22% em novembro), sendo que na cidade do Rio esse índice chega a 41%.
Também pode ter contribuído para o aumento da preocupação do brasileiro com saúde o estouro no número de casos de febre amarela a partir do final do ano passado. Segundo o Ministério da Saúde, até o dia 14, havia 38 casos confirmados, sendo 20 mortes.
Melhor desempenho
Também pela primeira vez no governo Lula, a educação atinge o posto de área de melhor desempenho do governo. Ela desbanca, assim, o "campeão" desde 2003, o "combate à fome e à miséria".
O índice dos que elegem a educação como principal ação positiva do governo subiu de 11% em novembro para 14%. Nessa área, os carros-chefes do governo são o Prouni (bolsas de estudos em universidades particulares para alunos carentes) e o "PAC da educação", pacote do governo para o setor.
O combate à fome e à miséria oscilou de 13% em novembro para 11%. A ação chegou a ser citada por 38% dos entrevistados no início da gestão Lula, marcada por forte propaganda do Fome Zero, programa que após tropeços foi incorporado ao Bolsa-Família. (RB)".

Ao que parece a população brasileira menos informada começa a tomar consciência dos verdadeiros problemas que a afligem e em consequência não mais se deixar conduzir pelos falsos líderes, pela imprensa comprometida e pela propaganda ufanista dos governos.
Esta pesquisa do Datafolha que a Folha de São Paulo (e todos os demais jornais) noticiou sobre o disparo da saúde como o principal problema do país, em resposta expontânea e única é sintomática. Ela indica (e quero acreditar nisso) o início de um processo de tomada de consciência por parte da "população que responde às pesquisas" (sempre estou pedindo que a "caixa preta" das pesquisas seja aberta...) para o flagelo que é o sistema de saúde oficial que a açoita, há anos, com mau atendimento, abandono, incompetência, indiferença e toda a lista de adjetivos negativos que possam caber aqui.
Recomendo que leiam a matéria do repórter Ranier Bragon da FSP e vão ao site do Datafolha em busca dessa pesquisa para aumentar essa "corrente" de conscientização.
._______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário