6 de fev de 2010

As armadilhas dos "Porquês"...


Este post é a estréia de uma nova seção no blog. Chamei-a de "Dicas do Idioma Portugues”. Este primeiro post discorre sobre o uso dos "porquês".
Achei incrível que eu próprio nunca dantes houvesse procurado saber o  correto uso dos porquês. Devo ter cometido barbaridades, pois escrevia por intuição. Depois que conheci as regras vi como estava equivocado em muitas das aplicações que estava fazendo das expressões em foco.
O texto que escolhi foi extraido do site Brasil Escola que considerei o mais didático entre os muitos que estão no Google. Ao final, inseri um "mapa mental" muito ilustrativo para  guardar na memória as regras de aplicação do Por que / Por quê / Porque ou Porquê?
Ufa! A lingua portuguesa não é brincadeira! 
Recomendo que os leitores envolvidos em quaisquer relações de interação - no serviço ou fora dele - que se utilizem muito dos textos para seus desempenhos se apliquem com fervor no estudo do nosso idioma. 
Desde a obtenção do 1º emprego até o final da vida util corporativa, todos que quiserem o chamado "lugar ao sol" serão (também) avaliados  pela qualidade das suas redações, dos relatos e relatórios que venham a produzir e das apresentações que tenham a oportunidade de fazer. Não há erro sobre este ponto. 
Por isto resolvi trazer este tipo de assunto para o blog. Sempre que puder vou colocar minhas duvidas e as que eu tiver oportunidade de conhecer por meio de outras pessoas.  Acredito que estarei ajudando muita gente, principalmente os jovens e futuros executivos de nossas corporações. 
                                     

Por que / Por quê / Porque ou Porquê?

O uso dos porquês é um assunto muito discutido e traz muitas dúvidas. Com a análise a seguir, pretendemos esclarecer o emprego dos porquês para que não haja mais imprecisão a respeito desse assunto.

Por que

O por que tem dois empregos diferenciados:

Quando for a junção da preposição por + pronome interrogativo ou indefinido que, possuirá o significado de “por qual razão” ou “por qual motivo”:

Exemplos: Por que você não vai ao cinema? (por qual razão)
Não sei por que não quero ir. (por qual motivo)

Quando for a junção da preposição por + pronome relativo que, possuirá o significado de “pelo qual” e poderá ter as flexões: pela qual, pelos quais, pelas quais.

Exemplo: Sei bem por que motivo permaneci neste lugar. (pelo qual)

Por quê

Quando vier antes de um ponto, seja final, interrogativo, exclamação, o por quê deverá vir acentuado e continuará com o significado de “por qual motivo”, “por qual razão”.

Exemplos: Vocês não comeram tudo? Por quê?
Andar cinco quilômetros, por quê? Vamos de carro.

Porque

É conjunção causal ou explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”.

Exemplos: Não fui ao cinema porque tenho que estudar para a prova. (pois)
Não vá fazer intrigas porque prejudicará você mesmo. (uma vez que)

Porquê

É substantivo e tem significado de “o motivo”, “a razão”. Vem acompanhado de artigo, pronome, adjetivo ou numeral.

Exemplos: O porquê de não estar conversando é porque quero estar concentrada. (motivo)
Diga-me um porquê para não fazer o que devo. (uma razão)



2 comentários:

  1. Rocha Maia apenas um artista07/02/2010 20:21

    Grande ideia abrir uma nova seção dedicada a dicas de português. Realmente, uma das línguas mais ricas e bonitas que há no mundo. Quando eu me casei com Lena, sendo ela filha de japoneses, eu tentei aprender japonês para me mostrar mais simpático aos sogros. Tentei, mas não passei dos limites do necessário para ser simpático. Depois, trocando informações com ela sobre a forma de se falar algumas coisas em idioma nipônico, fiquei espantado quando por várias vezes ela dizia assim: japonês não fala isso! Como não fala? É isso mesmo, tem estruturas de frases que são impossíveis de fazer uma tradução para o japonês. Em chinês, mandarim se não me engano, uma leve diferença no tom da voz pode significar uma radical mudança num determinado sentido das palavras. Algumas vezes, quando eu tentei trocar as poucas palavras que sei de inglês com as minhas sobrinhas americanas, notei que elas ficavam totalmente perdidas caso eu não soubesse aplicar corretamente a ordem das palavras. Tem espanhóis que não conseguem entender nada do que falamos, mas nós podemos entender muito bem quando eles falam. Por quê? Deve ser porque do ponto de vista linguístico somos mais inteligentes. Por falarmos o português, uma língua complica, acabamos tendo uma maior facilidade para captar o porquê das coisas que os estrangeiros falam. Não sei bem por que não completei meus estudos de japonês. O que sei é que, mesmo quando nós brasileiros erramos ou trocamos as "bolas", por força da complexidade do idioma lusitano, assim mesmo somos capazes de nos comunicar. Vejamos se eu aprendi a lição! Por exemplo: quando eu estiver usando o por que, ele vale também como "pru-moi-de-que"; quando eu estiver usando antes de um ponto, o por quê valerá então como "pru-moi-di-que"; mas se for o caso de uma conjunção causal ou explicativa, o porque valerá como "pru-moi-do-que"; ou, quando eu estiver usando como substantivo, o porquê valerá como "pru-moi-du-que". Certo? Ou não?
    Gente, eu acho que vou retomar meus estudos de japonês!
    Brincadeiras à parte, parabéns pela ideia de incluir a nova secção no blog.

    ResponderExcluir
  2. Caro amigo,
    Grato pela força apesar de saber que você é suspeito ao elogiar o blog visto que é um dos seus padrinhos (risos)
    Também fiquei satisfeito com a idéia. Tem um enorme campo de pesquisa e condições de ajudar os interessados leitores do blog.
    A minha intenção é colocar só aquelas situações que nos causam constrangimentos quando estamos escrevendo algum texto e você sabe bem que são muitas.
    Se tiver idéias por favor encaminhe.
    Ah! Vou publicar seu comentário em forma de post. Achei ótima sua história.
    Grande abraço

    ResponderExcluir

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin