2 de out de 2010

The Breathing Earth - Um site que merece ser conhecido

A Internet e suas maravilhas!
Apresento-lhes mais uma delas. Trata-se do site The Breathing Earth que traduzido livremente pode ser entendido como "Respiração da Terra". Eu achei sensacional. 
Ele é basicamente constituído de mapa-múndi com centenas de informações concentradas a cada link e a cada clique. O mapa mostra ao visitante uma simulação visual, em tempo real, de quantas pessoas nascem e morrem e ainda exibe as emissões de dióxido de carbono (CO2) em todos os países do mundo. 
Através dos pontos que aparecem na tela em diversos países é possível entender a dinâmica populacional de cada uma das regiões mostradas no mapa e fazer algumas inferências sobre a densidade populacional. Os níveis de emissão de CO2 nos países também é um bom indicador de industrialização. As estimativas seguem parâmetros da CIA World FactbookUnited Nations Statistics Division.
Para quem não domina o idioma inglês elaborei abaixo uma tradução livre (by Google) do texto que está no site. Não deixem de clicar sobre a imagem do mapa que está abaixo e explorem as informações que estão ali disponíveis para quem esteja preocupado com os destinos do Planeta Terra.


Clique na imagem e visite o Breathing Earth


A respiração simulação Terra

Bem-vindos ao site Breathing Earth (Respiração da Terra). Esta simulação em tempo real mostra as emissões de CO2 de cada país no mundo, bem como as taxas de nascimentos e óbitos dos seus habitantes.

Lembre-se que esta simulação em tempo real é apenas isso: uma simulação. Embora as emissões de CO2, taxa de natalidade e mortalidade sejam dados utilizados no Breathing Earth eles provém de reputadas fontes, os dados que medem as coisas em tão grande escala nunca podem ser 100% exatos. Note, no entanto que os níveis de emissão de CO2 mostrados aqui são muito mais propensos a ser muito baixos do que  a serem demasiado elevados.

Ambiente e as alterações climáticas

O aquecimento global (também conhecido como a mudança climática) é quase sem dúvida a questão mais importante para enfrentar na nossa geração, e possivelmente qualquer outra geração na história.  

A comunidade científica mundial é praticamente unânime na sua concordância de que o aquecimento global está acontecendo, que é nossa culpa, e que a nossa chance de parar com isso está acabando. Se deixá-lo sair do nosso controle, as consequências - que já vão começar ocorrendo na maioria de nossas vidas - serão catastróficas. Apenas algumas das consequências que podem ser razoavelmente esperados são:
  • Aumentos dos níveis dos oceanos, 
  • Mais frequentes e mais graves desastres naturais,
  • Escassez de alimentos em grande escala e de água, 
  • Pragas, 
  • Extinções maciças de espécies, 
  • Aumento do número de refugiados sem precedentes, 
  • Intensificação das tensões étnicas e políticas,  
  • Uma depressão econômica global do tipo que ninguém jamais viu.
A situação ainda está ao nosso alcance, mas temos de agir agora, é preciso agir fortemente, e devemos agir em conjunto. Indivíduos, empresas e governos em todo o mundo devem cada um fazer o que puder para reverter a mudança climática. Nós nunca teremos uma segunda chance.

O que posso fazer?

A boa notícia é que existem muitas coisas que podemos fazer para reduzir nossas pegadas de carbono. A palavra chave é reduzir. Nós podemos diminuir consideravelmente nosso impacto nas mudanças climáticas, e a utilização dos recursos do planeta de forma mais responsável. Há muitas coisas que podemos reduzir, e de muitas maneiras, mas três dos mais importantes são: 
  • Reduzir a quantidade de produtos de origem animal que consumimos (carnes, laticínios, ovos, couro, etc), 
  • Reduzir a quantidade de combustível você usa (carro, viagens aéreas, etc), e 
  • Reduzir a quantidade de eletricidade que você usa. 
Há uma abundância de bons recursos na web. Encorajo-os a isso a  partir da sua própria investigação, mas vocês poderão encontrar alguns dos links abaixo para ser-lhes útil.
 
Mais informações sobre a mudança climática?
  • www.350.org - Uma campanha internacional de construir um movimento para unir o mundo em torno de soluções para a crise climática.
  • Fight Climate Change with Diet Change - Saiba por que a carne indústria produz mais gases de efeito estufa do que todos os SUVs, carros, caminhões, aviões e navios do mundo combinados.
Onde é que vêm os dados?

Nascimento e óbito: 2008 estimativas, a partir do CIA World Factbook
População: Os dados são baseados em estimativas de julho 2008 da CIA World Factbook.  Quando o Breathing Earth  é iniciado, eles usam as taxas de nascimento de cada país e as taxas de mortalidade para calcular como as populações mudaram desde julho de 2008, e ajustas seus números em conformidade. Eles continuam ajustando os diversos números da população  como vocês podem vê-los, cada vez que uma pessoa nasce, ou uma pessoa morre.
 
Taxas de emissão de CO2: números de 2006 da Divisão de Estatísticas das Nações Unidas. Estes são os dados mais atualizados, a partir de maio de 2010. Confronto dos dados de emissões de CO2 para cada país da Terra, representando o mesmo período de tempo, é sem dúvida uma tarefa gigantesca e muito complexa que depende da disponibilidade de muitos outros conjuntos de dados. Isso provavelmente explica por que os dados mais recentes das emissões de CO2 disponíveis são de 2006.
 
Taxas de emissão de CO2 a partir de quatro anos antes: quando o Breathing Earth   foi construído,  utilizou dados de 2002, também da Divisão de Estatísticas das Nações Unidas. Quando você passar o mouse sobre um país,  Breathing Earth compara números de 2002 e 2006 e indica se as emissões de CO2 que o país tem aumentado ou diminuído nesse tempo, usando a seta verde ou vermelha que aparece perto do canto inferior esquerdo.
 
Houve uma indisponibilidade de parte dos dados para alguns dos países menores (por exemplo, Vanuatu, Tuvalu, Lesotho). Nesses casos, foram feitas as estimativas com base em suas populações, economias e os dados relevantes de seus vizinhos. Em todos esses casos, os números foram tão baixos que até minhas estimativas tinham sido extremamente imprecisas e o efeito sobre a simulação teria sido insignificante.

Emissões de CO2 por país ou per capita?

Algumas pessoas perguntam porque  Breathing Earth concentra-se nas emissões de CO2 por país, em vez de per capita. Afinal, não seria o per capita aquelas taxas capazes de dar uma melhor indicação de quem está desperdiçando mais? Por exemplo, os cidadãos da Austrália, Kuwait e Luxemburgo estão entre os piores poluidores do mundo, mas as suas emissões de CO2 não são muito proeminentes na respiração da Terra por causa das populações desses países que são relativamente baixas.

O fato porém, é que o mais importante é saber quantas emissões de C02 existem a partir da perspectiva do Planeta Terra. Embora alguns países muito poluidores são claramente piores do que outros, o problema é em última análise, numa perspectiva global, o que os seres humanos de várias nacionalidades têm causado, e que os seres humanos de várias nacionalidades devem trabalhar juntos para resolver.

Uma coisa que certamente deve ser evidente porém: o problema é em grande parte do Ocidente. São os países ocidentais que estão liderando o caminho das emissões de CO2  e quando os países não-ocidentais têm altas taxas de emissão de CO2 normalmente é porque eles estão adotando hábitos ocidentais. Desde que nós, no Ocidente, temos sido principais causadores do problema das emissões de CO2, com certeza nós é que devemos intensificarmos os esforços e sermos os líderes na solução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin