17 de out de 2010

Dad Squarisi é destaque na Oficina de Gerencia

Dispensável qualquer apresentação de Dad Squarisi (clique aqui também) para quem está preocupado em conhecer sobre a língua portuguesa.
Não é de hoje que leio quase tudo que ela escreve e estou sempre aprendendo. Por isso trago-lhes um destaque para o "Blog da Dad" (clique no logotipo abaixo) e como de costume um dos seus posts mais recentes que nos instrui sobre o uso desnecessário dos infinitivos Poder, Querer e Tentar
O que mais aprecio no estilo da Dad Squarisi é a forma coloquial com a qual distribui  as dicas nos seus textos tornando o aprendizado do nosso idioma algo simples e fácil de entender. Recomendo que não leiam só o post abaixo. Entrem no blog e  o explorem à vontade.  Conheçam seus livros (estão no link do perfil dela no blog) e verão que não estou só elogiando. Bom proveito.

http://stat.correioweb.com.br/blogs/cabecas_cb_dad.jpg
Clique sobre o logotipo e visite o blog
Poupe Infinitivos

Poucos resistem à tentação. Ao menor cochilo, lá estão dois infinitivos juntos. É abuso. Em 99% dos casos, sobra gordura. Poder, querer e tentar são fortes candidatos à lipoaspiração. Motorzinho neles. Assim:

  • Paulo usou barcos para poder salvar os móveis ameaçados pela enchente. 
  • Paulo usou barcos para salvar os móveis ameaçados pela enchente.
  • Os esforços para poder cumprimentar os convidados lhe custaram fortes dores nos pés. 
  • Os esforços para cumprimentar os convidados lhe custaram fortes dores nos pés.
  • No afã de querer parecer bonita, Vera Fisher gasta horas nos salões de beleza.
  • No afã de parecer bonita, Vera Fischer gasta horas nos salões de beleza.
  • Lula disse que não medirá esforços no empenho de querer acabar com a fome no Brasil.
  • Lula disse que não medirá esforços no empenho de acabar com a fome no Brasil.
Fale sério. O sentido mudou? Não. Poder e querer ficam implícitos na frase.


Nenhum comentário:

Postar um comentário