19 de jan de 2012

Os riscos de ser chefe. Conheça-os e fuja deles...

Navegar (na Internet) é preciso!
Apesar do verso famoso de Fernando Pessoa ("Navegar é preciso; viver não é preciso") referir-se à exatidão do ato de navegar e não à necessidade de navegar vou utilizar o verso na interpretação mais popular que é a da necessidade de navegar na rede.
Ufa! Acho que a explicação não ficou muito precisa (Ops!), mas interpretar Fernando Pessoa não é para o meu intelecto. Tudo que eu queria escrever era que para se descobrir coisas interessantes na Internet é necessário navegar na rede. Pronto, falei!
E foi assim que encontrei o blog "Room 4D" do consultor Pablo Aversa cujo logotipo coloquei abaixo com link e tudo mais. Nele há um excelente conjunto de artigos sobre as coisas do mundo corporativo e todos com a qualidade e a segurança de quem tem a bagagem para passar experiência.
Selecionei um ótimo texto. O título aparentemente tem um pouco de clichê - "Ninguém É Perfeito Mas Há 10 Coisas Que os Gerentes Nunca Devem Fazer", mas é meramente uma falsa impressão. As dicas de Aversa são ótimas e totalmente aproveitáveis.
Gostei muito da forma como ele conseguiu selecionar e expressar as deficiências mais importantes das quais os gerentes devem estar atentos para não cultivá-las nas suas carreiras. Além do mais o estilo de Pablo Aversa é leve e coloquial. Fácil de ler. Gostei muito de conhecê-lo e espero trazer muitos artigos do Room 4D" para cá.
Como sempre faço nesses casos vou dar uma palinha do artigo que estão prestes a ler. Só para despertar a curiosidade e afastar a preguiça. Leiam.
  • [...] "Mas algumas vezes um erro pode se transformar numa verdadeira casca de banana. E aí, o que era para ser uma exceção pode acabar virando uma regra generalizada. O que quero dizer é que há fronteiras que os gerentes não devem cruzar, comportamentos que não devem ser exibidos e, sem querer ser excessivamente dramático, atalhos que levam para o lado negro." [...]

Não deixem de ler o texto inteiro e visitar o blog onde tem muito mais. Com certeza não vão deixar de colocá-lo entre seus favoritos.

https://room4d.files.wordpress.com/2009/07/topo_blog.jpg
Clique no logotipo e visite o blog

Ninguém É Perfeito Mas Há 10 Coisas Que os Gerentes Nunca Devem Fazer (Por Pablo Aversa*)

(Dezembro 3, 2011)Semana passada fui entrevistado para uma matéria no Jornal do SBT pela Solange Boulos e falávamos sobre as dificuldades e desafios sobre ser chefe. Saí de lá refletindo: todos nós tivemos chefes que fizeram coisas das quais ou não gostamos, ou não apreciamos ou mesmo não respeitamos. E todo gerente já fez alguma coisa da qual se arrependeu mais tarde. O mundo corporativo é um lugar onde decisões e julgamentos ocorrem em tempo real e que, ao olharmos de forma retrospectiva, eles às vezes acabam se configurando como más escolhas.
 
Tudo bem, afinal de contas, ninguém é perfeito. Todos nós cometemos erros. E isso é uma coisa positiva, pois é assim que aprendemos nossas lições - inclusive como fazer melhor o nosso trabalho. Isso vale para todo funcionário, gerente, executivo, empresário, CEO, enfim, todo mundo.
 
Mas algumas vezes um erro pode se transformar numa verdadeira casca de banana. E aí, o que era para ser uma exceção pode acabar virando uma regra generalizada. O que quero dizer é que há fronteiras que os gerentes não devem cruzar, comportamentos que não devem ser exibidos e, sem querer ser excessivamente dramático, atalhos que levam para o lado negro.
 
Em “10 Coisas Para Aplicar Hoje E Ser Um Líder Melhor“, voltei no tempo para captar as melhores características dos melhores executivos com os quais trabalhei ao longo dos últimos 25 anos. Decidi agora olhar o outro lado da moeda, por dois motivos:

  1. Por simplesmente  ter aprendido tanto nas experiências negativas quanto nas positivas. 
  2. Para fazer um contraponto à matéria publicada  há um par de semanas no caderno Carreira Executiva, da Folha de São Paulo, onde se  revelavam as competências que levam à contratação dos executivos.
É importante ressaltar que o objetivo aqui não é trazer à tona um festival de lamúrias para fazer com que funcionários descontentes fiquem ainda mais  irritados e chateados com seus respectivos chefes. Ao invés disso, considere isto como um padrão de comportamento a ser evitado, com o qual funcionários e chefes concordam e, ainda, um possível alerta para aqueles que necessitam rever, com urgência, seu modelo mental.

10 Coisas que os Gerentes Nunca Devem Fazer
http://3.bp.blogspot.com/_zflIG7uGNpk/TNiF_ypJzDI/AAAAAAAAAGM/AB682_uqezM/s400/Ditador.jpg
1.    Ficar dando ordens a torto e a direito como se fosse um ditador. Ao contrário da crença popular, gerentes não são ditadores. Todo gerente tem pelo menos um chefe. Mesmo os CEOs respondem ao conselho de diretores e aos acionistas. Qualquer gerente que pensa que pode ficar dando ordens a torto e a direito, ou mesmo abusar de sua autoridade porque é O CHEFE, é um péssimo líder. Funcionários não são soldados e, muito menos, crianças. Você pode lhes dizer quais as tarefas deles e até mesmo despedi-los, se quiser, mas se ficar dando ordens à toa, os bons vão se rebelar e sair.  

2.    Esquecer-se dos clientes. Nunca deixo de me assombrar como é que tantos gerentes se esquecem que organizações e companhias existem por uma única razão: conquistar, manter e apoiar clientes. Negócios tem a ver com negócios e quando você faz com que ele tenha a ver com você, com seus problemas, com seus medos, com seu império, com seus melindres, você deixa de ser um gerente eficaz.
                         
 3.    Comportar-se como um ignorante arrogante que acha que é melhor que os demais. Só para ficar claro: não estou dizendo que gerentes ou chefes  não possam ser ignorantes. Muitas pessoas são ignorantes, incluindo um monte de funcionários, e quase todo mundo é um ignorante sob certas circunstâncias. Estou especificamente falando sobre o arrogante do tipo “Sou melhor que essa gentalha”. Isso faz você parecer um moleque mal-educado e neutraliza completamente sua autoridade e credibilidade.
http://malditovivant.files.wordpress.com/2009/12/dinheiro1.jpg
4.    Deixar que seus egos assinem cheques que a realidade não
pode cobrir. Muitas vezes líderes alcançam suas posições porque acreditam que são especiais – um equívoco fascinante que, entretanto, sempre provoca uma imensa autossatisfação. O problema é que, ao dourar a pilula, você pode acabar escorregando numa casca de banana. Portanto, ou você amadurece ou mais cedo ou mais tarde a realidade acaba vindo de supetão e cobrando o seu preço. Já vi isso repetidamente  e as consequências não são nada agradáveis.

5.    Publicamente estripar os funcionários. De todas as coisas que já vivenciei ao longo dos anos, esta não só é a mais desumana, mas também a mais desmoralizante para os funcionários. Eu conheci um par de CXOs que faziam isso regularmente e ambos eram amplamente odiados, sem exceção. E mais, no final ambos acabaram se auto-detonando.

6.    Cercar seus sentimentos. Talvez isto soe um tanto sentimentalóide, mas longe disso. Pesquisadores gostam de classificar executivos e líderes como psicopatas, mas o mecanismo pelo qual isto ocorre é denominado compartimentalização das emoções. Se você um dia ficou imaginando como é que determinadas pessoas, que parecem não ter resquício algum de humor ou de humildade, podem se comportar da maneira que se comportam, a resposta é : desconectando-se de suas emoções. Dessa forma qualquer um fica bem menos humano.
http://3.bp.blogspot.com/__-XZllEZh4Y/SmcDLUD02RI/AAAAAAAAAak/0GG1n2wMt2Y/s400/cliente.jpg

7.    Rodear-se de burocratas e puxa-sacos. Quando você
encoraja ostatus quo e desencoraja os dissidentes, você condena a organização a estagnação e a um eventual declínio.

8.    Ameaçar. Ameaças não funcionam. Provavelmente o que vai conseguir é gerar um comportamento oposto àquele que estava tentando obter. Elas diminuem sua autoridade e fazem você parecer fraco e mesmo pequeno. Comunique o que você quer e o porquê, e aja sobre os resultados. Isso funciona. Ameaças, não. E pelo amor de Deus, nunca ameace um funcionário com o seu emprego ou um fornecedor com o seu contrato. Isso está fora de cogitação.

9.    Agir feito criança. Todo mundo segue pelas mesma etapas de desenvolvimento humano ao longo da trajetória em direção à vida adulta e à maturidade. Infelizmente, alguns de nós acaba preso num estágio ou outro, retardando nosso crescimento e nos tornando disfuncionais. Apenas parecemos adultos normais, mas na realidade nos comportamos muito mais como crianças, seja representando, seja tendo acessos de ira e geralmente fazendo a vida impossível de todos ao nosso redor.

10.    Infringir a lei. O Brasil é uma nação com leis cada vez mais severas e, sejam de ordem civil ou criminal, elas são muito claras por uma bom motivo. Por alguma razão, os executivos vão algumas vezes arriscar tudo – poder, bem-estar, carreira, familia, tudo – por motivos que a maioria de nós nunca vamos conseguir entender.  Estamos falando de fraude em contabilidade, apólices, bancos, transações eletrônicas e postal; e ainda em informações privilegiadas, suborno, obstruções da justiça, conspiração, discriminação, assédio… é uma longa lista.
  •  
As imagens nesse post não constam no artigo original. Coloquei- as para ilustrar o texto como é praxe da Oficina de Gerência.

  • Quem responde pela Room 4D?

    Pablo Aversa - Formado em Administração de Empresas pela UERJ, com MBA Executivo pela BSP, acumula mais de 20 anos de experiência como líder-coach e responsável direto pela construção e liderança de operações estratégicas em multinacionais dos segmentos de Alimentos e Varejo (empresas da Fortune 100).                                                                            
    Sólidas qualificações permitiram que alcançasse aos 39 anos a posição de Vice-Presidente de Marketing em uma das maiores empresas multinacionais do varejo. Possuindo ainda profunda vivência em relação aos paradoxos corporativos, decidiu capitalizar sua capacidade de aprimorar a eficácia, eficiência e efetividade de organizações, executivos e pessoas de um modo em geral para ingressar no segmento de desenvolvimento e aperfeiçoamento humano. Obteve Certificação Internacional em Coaching Integrado Nível Senior pelo ICI (Integrated Coaching Institute) para atuar como Coach Executivo e Pessoal.          (Texto colhido no próprio blog do autor)                                                                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin