11 de jul de 2011

Intimidades, por Lya Luft (Revista Veja)

T
rago ao cenário do blog mais um artigo de Lya Lutf. O título é sugestivo e bem ao estilo da excelente escritora brasileira e colunista da revista Veja. 

Não publico muito a coluna dela aqui nesse espaço. Alguns artigos estão fora da "linha editorial" do blog e outros abordam temas políticos ou são mais personalizados e específicos. Gostaria de reproduzi-los todos, mas prefiro manter o blog dentro das regras que eu mesmo estabeleci.

http://www.abastecendo.com/nina/wp-content/uploads/2010/07/comemora%C3%A7%C3%A3o-busto-f%C3%B3ra.jpg
Clique na imagem para conhecer origem da foto
Está reproduzido abaixo, em forma de imagem, o artigo - Intimidades - publicado no ultimo número da revista. O tema apresentado por ela é oportuno e universalista.  Oportuno pelo momento em que vive a nossa sociedade quando compostura, decoro, pudor e recato parecem ter-se tornado meramente coisas do passado e fora de moda. Universalista porquanto o processo está instalado em muitos lugares do planeta onde a moderação dos costumes está sendo abandonada.

Não sou em absoluto um reacionário às novidades comportamentais da sociedade. A idade já me fez conhecer (quase) tudo que preciso para viver o ultimo terço (ou será um quarto?) da minha vida nesse plano. Já vi muitas mudanças de condutas e valores ao longo do tempo e não tenho veleidades de reagir às coisas que a maioria aceita simplesmente porque não gosto ou sou contrário. Meus filhos são jovens e este será o mundo deles e não mais o meu.

Todavia sou contrário aos exageros e não aceito as coisas  quando observo que a "barra está sendo forçada" para incutir e disseminar conceitos de minorias nas mentes das pessoas comuns. É sobre isso que Lya Luft trata em sua coluna e por concordar em gênero, número e grau com ela é que estou reproduzindo o seu texto. 

 Leiam um breve texto só para aguçar a curiosidade:
  • [...] "Tem-se falado sobre amamentar em público, coisa que sempre se fez quando necessário. Com discrição. Amamentar é natural, é belo, é saudável, mas, se tiver de ser em público, sempre há como proteger mãe e bebê, nesse ritual de intimidade: um lenço, um virar-se para outro lado. Não é preciso vociferar, expor-se raivosamente. Talvez a palavra seja: agressivamente. Amor, sexo, afeto maternal, alegria, felicidade, ate dor, tornam-se naturais se tratados como algo natural, não escrachado para chocar eventuais espectadores ( os que ainda se chocam com alguma coisa)." [...]
http://www.bymk.com.br/Midia/Images/logo_veja.gif

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin