18 de nov de 2011

Não "pague mico" quando for apresentar seus projetos e idéias.

http://3.bp.blogspot.com/-7ZiSFg1IcuU/TZpHIWTZcAI/AAAAAAAAANo/UhVdOjmBu9o/s1600/trofeu-mico-de-ouro.jpg
I
maginem o político que pretende ser presidente dos EUA chegar a um debate de televisão transmitido para milhões de pessoas, ao lado de seus concorrentes e na hora de sua apresentação esquecer um dos itens mais importantes do seu "programa de governo". Não pode haver mico maior! E isso aconteceu com o pré-candidato do Partido Republicano Rick Perry que é o atual governador do poderoso estado do Texas.
Foi angustiante ver a aflição do cidadão. Ele simplesmente não conseguiu lembrar-se do nome de uma das três agências que - na sua agenda de futuro presidente - prometia "eliminar" como forma de diminuir os gastos do governo. Um vexame!
  • Tudo aconteceu no debate televisivo entre os vários candidatos republicanos à nomeação presidencial para as eleições do próximo ano na noite de terça-feira no Michigan. A isto se seguiram cinquenta dolorosos segundos em que Perry tentou, em vão, lembrar-se do nome do terceiro departamento”, escreve a CNN. Tempo que só foi quebrado com um Ups! do próprio candidato.   Mas não terminou aqui. Quando confrontado pelo moderador do debate sobre se era a Agência de Proteção Ambiental (EPA) que o candidato pretendia extinguir, Perry admitiu que não, não era. E recomeçou os esforços para se tentar lembrar-se do nome que faltava: “A terceira é… Ups! Não consigo lembrar-me, desculpem”. Só alguns minutos depois concluiu que era o Departamento de Energia.
Não vou aqui comentar sobre o estrago que essa "falha técnica e operacional" do político americano provocou em sua campanha e na imagem de homem público. Isso é assunto para os comentaristas especializados. Meu foco aqui é relevar a importância da preparação que qualquer um de nós deve ter quando vai se expor publicamente. 
Alguém poderá argumentar que o ocorrido com Rick Perry a rigor pode acontecer com qualquer pessoa que estivesse sob pressão como ele estava. Só que ele ali, naquela oportunidade e circunstância não era qualquer pessoa! Era o seu momento, a sua oportunidade de brilhar.
É a isso que me refiro. Quando um de nós está sob os holofotes deverá haver se preparado de forma impecável para não cometer gafes. Elas sãi imperdoáveis e... inesquecíveis. Por preparar-se quero dizer informar-se sobre o que irá discutir ou apresentar, instruir-se de forma até obsessiva sobre tudo que poderá lhe ser perguntado e principalmente treinar muito e exaustivamente sobre como irá falar, gesticular e tudo que for possível imaginar que vá acontecer no evento. É nos detalhes onde se esconde o sucesso dos apresentadores nessas ocasiões.
Os melhores executivos se utilizam de todas essas (e mais algumas) ferramentas quando têm que expor seus planos, seus projetos e "vender" suas idéias. Não há espaço para improvisos nesse tipo de acontecimento. 
https://lh3.googleusercontent.com/-oO2ufHe5JxM/TW0lmJyhZpI/AAAAAAAAAPA/fBt__1lB6RQ/24-11_1349688543_gafe1.JPGCarreiras foram alavancadas (lembremo-nos de Steve Jobs) ou soterradas após uma determinada apresentação. E não importa o nível em que o evento se dê. 
Se você, meu caro leitor, for fazer uma palestra por menor que seja, um breve discurso em um evento aparentemente sem grande importância ou for convocado pela diretoria da sua empresa para apresentar um projeto importante, não confie só na sua boa estrela. Ela costuma não brilhar nessas ocasiões se não receber um bom polimento.
Portanto, que o "mico" do governador do Texas Rick Perry sirva como lembrete para que ninguém confie apenas no seu brilho intelectual, na sua memória ou no seu charme pessoal. A única realidade segura é o seu saber, seu conhecimento e o quanto você haja se preparado para aqueles poucos minutos quando a atenção de todos estará focada exclusivamente em você.

Leiam abaixo a matéria publicada sobre o assunto no blog "O Filtro" da revista Época incluindo um trecho do vídeo com o "mico" do governador Perry. Foi muito constrangedor...

A gafe de Rick Perry em debate republicano nos Estados Unidos

Foto: Paul Sancya / AP
José Antonio Lima

A imagem acima mostra uma cena do debate entre os pré-candidatos do Partido Republicano à Presidência dos Estados Unidos. À direita, o representante (deputado) Ron Paul observa o governador do Texas, Rick Perry, que estava no meio da tremenda gafe que protagonizou em rede nacional na noite de quarta-feira. Perry falava sobre as três agências governamentais que promete fechar caso seja eleito para a Casa Branca, como forma de diminuir a regulação do governo, que ele considera excessiva. O diálogo (que pode ser visto no vídeo do fim do post) foi o seguinte:
Perry: Digo para você, há três agências do governo que estarão acabadas quando eu chegar lá: Comércio, Educação e… qual é a terceira? Comércio, Educação e… uhm, uhm…
Outro candidato: EPA! [a Agência de Proteção Ambiental]
Mediador: É sério? A EPA é uma das agências a que você está se referindo?
Perry: Não senhor, não senhor… A EPA precisa ser reconstruída
Mediador: Mas você não pode identificar a terceira?
Perry: A terceira agência do governo que eu cortaria junto com a Educação…Comércio… vamos ver… não, não posso [identificar]. Desculpem… oops.
Qualquer pessoa que fale em público, ainda mais diante de uma grande audiência, está sujeito a lapsos de memória como esse. O jornal The New York Times nota isso e diz que, se qualquer outro candidato cometesse essa gafe, o fato provavelmente seria rapidamente esquecido. Com Perry, entretanto, não é este o caso.
Para Perry, cuja candidatura foi consistentemente marcada por suas atuações no debate, a gravidade do assunto ficou óbvia quando as risadas do público republicano [presente no debate] se tornaram suspiros. O lapso reforçou estereótipos negativos sobre sua candidatura, um ponto que ficou claro depois do debate, quando ele fez uma rara aparição em uma sala para se encontrar com os jornalistas para tentar diminuir a importância do que havia ocorrido (…) Foi um claro golpe para Perry no momento em que ele estava investindo pesadamente ao se apresentar novamente ao eleitores de Iowa e New Hampshire por meio de propagandas na televisão. Talvez demore semanas até ficar claro se [a gafe] terá um efeito permanente em sua campanha, mas no mínimo fez com que ele enfrentasse novas questões sobre sua candidatura.

Confira o vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin