14 de nov de 2010

Sebastian Vettel e a equipe Red Bull, campeões mundiais, resgataram a ética e o respeito na Formula Um.

Não posso deixar de registrar no blog o que representa a vitoria do alemão Sebastian Vettel que se tornou hoje, após vencer o Grande Prêmio de Abu Dhabi,  o mais jovem piloto da Formula 1 a conquistar um campeonato da categoria. 
Não comentarei sobre a corrida porque existem vários sites especializados que já publicaram páginas e muitas fotos da brilhante conquista do jovem e sorridente piloto da equipe Red Bull.
O que quero destacar é que após aquela marmelada da Ferrari em Cingapura que mandou o Felipe Massa deixar o Fernando Alonso ultrapassá-lo, a conquista de Vettel e da Red Bull é um resgate arrebatador dos valores mais nobres do esporte. 
A honra e o respeito da Formula 1 como esporte e de todas as demais competições esportivas foram lavados e limpos hoje em Abu Dhabi. Se Fernando Alonso tivesse sido o campeão a sujeira e os 7 pontos daquela "ultrapassagem" que ele fez sobre Massa (clique no link "Ferrari cometeu, mais uma vez, crime contra o automobilismo".) teriam marcado de forma indelével a Formula 1 como modalidade esportiva. 

http://i.telegraph.co.uk/telegraph/multimedia/archive/01761/sebastian-vettel2_1761462b.jpg
Eu mesmo (e conheço muitos outros aficionados) nunca mais acompanhei as corridas como antes depois daquele... estelionato. Agora foi diferente. Volto a escrever Formula 1 com letras maiúsculas, ler as notícias e a acordar cedo para ver as corridas as corridas com o espirito esportivo que os fãs devem cultivar quando as assistem. 
Castigo merecido para a Ferrari (que vergonha!) e para Fernando Alonso. Aliás, o espanhol protagonizou um comportamento deplorável, todavia digno de quem como ele queria ganhar a corrida na base do logro esportivo. Alonso além de reclamar de um colega - Petrov - que "não o deixou" ultrapassá-lo, não foi cumprimentar o campeão Vettel como todos os demais pilotos o fizeram. Um grosseirão esse espanhol. Certamente ficou mal-acostumado com a marmelada da Ferrari em Cingapura e achou que os pilotos deveriam se comportar igual ao bobalhão do Felipe Massa. Na verdade Fernando Alonso apenas mostrou quem é...
Além de tudo isso que aconteceu Vettel sempre foi contra o "jogo de equipe" que é a forma eufemizada de dizer "trapaça de equipe", "quebra dos valores éticos pela equipe". E diga-se de passagem sempre teve o apoio do seu time. O dono da Red Bull proibiu que fosse dada qualquer ordem aos pilotos nesse sentido. Tudo tinha que ser decidido nas pistas e na competição. Uma lição de moral na Ferrari e na FIA. Adorei! 
O jovem campeão foi premiado pelo seu denodo e por acreditar mais em seu talento do que nas chamadas "forças ocultas". Todos aqueles que defenderam a fraude e a chicana como recursos para se conquistar qualquer competição estão de cara no chão. Principalmente a Ferrari e seus "comandantes".
Sebastian Vettel e a Red Bull recuperaram a Formula 1 e todos os esportes do planeta para o campo da ética, da honra, do respeito, da desportividade e da alegria.





O mau perdedor e defensor da marmelada, Fernando Alonso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin