14 de ago de 2012

Você é "Aguia" ou "Coitadinho". Qual o seu perfil no trabalho?


Cada vez que faço uma reflexão sobre minha carreira como líder e gerente percebo que o entre os talentos que desenvolvi e cultivei um dos mais importantes para meu sucesso foi e é o de saber como dirigir, administrar, controlar, manejar e orientar as pessoas que trabalharam sob minha gerência e liderança.
Quando tenho oportunidade de fazer uma palestra ou participar de uma consultoria para jovens executivos estou sempre destacando essa habilidade. É um axioma da administração - aliás, sempre foi - que um gerente realiza suas tarefas por meio de pessoas e por consequência deve ter acurada desenvoltura, esmerada destreza, refinada habilidade e porque não incluir nessa lista certa manha sutil .
Um gerente deve reconhecer os tipos e personalidades das pessoas que trabalham sob seu comando e é nesse ponto onde está a engrenagem mais poderosa de sua liderança. Se este gerente não conseguir desenvolver este talento ou não atingirá o nível do sucesso que pretende ou vai demorar mais tempo que seu concorrente para chegar ao topo.
É principalmente a experiência, mas com um grande recheio de inteligência e cultura geral e específica que os grandes comandantes conseguem administrar uma variedade e abundante galeria de tipos e indivíduos cada qual com suas idiossincrasias, melindres, manias e suscetibilidades.
. http://www.apoiar.org.br/images/psicologia2.gif
Ninguém imagine que seja algo a ser aprendido nos livros, universidades ou em cursos de final de semana. Antes de tudo é a vivência com situações corporativas em grupos, a observação repetida de seus hábitos e valores e principalmente o gostar destas pessoas, de estar com elas, ouvi-las pacientemente contar seus casos e problemas... Em suma estar conectado com seus liderados, com seu time. É assim que funciona e leva tempo para cada gerente montar seu catálogo de tipos e situações aonde irá sempre consultar a coletânea de suas experiências, sua coleção de atitudes e seu repertório de truques gerenciais e manhas para lidar com os mistérios e complexidades dos seres humanos sob seu comando.
O artigo abaixo fala desses tipos. Transcrevi-o para o post por ser didático e produto da experiência prática de dois executivos em plena atividade. Leiam com atenção e aproveitem.

Que tipo de funcionário você é? Conheça dez perfis e descubra

Por Viviane Macedo
Em São Paulo
Lidar bem com diferenças é a premissa número um para manter qualquer tipo de relacionamento. No ambiente de trabalho isso não muda. Para conviver oito ou mais horas do dia com pessoas de perfis, às vezes, completamente distintos é preciso um bom grau de tolerância e disposição para aprender a respeitar possíveis divergências de postura e opinião.

Na visão dos especialistas ouvidos pelo UOL Empregos, a melhor forma de lidar com os colegas no ambiente de trabalho é conhecer as características de cada um e respeitá-las, independentemente de quais sejam elas. “A riqueza do ambiente de trabalho é a diversidade, e com ela você chega muito mais longe do que chegaria com pessoas de características homogêneas”, diz Luiz Edmundo, diretor de educação da ABRH-Nacional (Associação Brasileira de Recursos Humanos).

Luiz Pagnez, diretor do Emprego Certo, e Regiane Lucas, gerente de seleção da Luandre, listaram alguns tipos de funcionários. Veja esses perfis e descubra qual deles mais se parece com você.



Para Ricardo Haag, sócio-gerente da consultoria de recrutamento e seleção Asap, independentemente do perfil pessoal de cada um, todos podem ter algo a ensinar aos demais. “O Sabe-Tudo vai ter coisa pra ensinar para o Guerreiro Solitário, que vai ter algo para o Fofoqueiro, que pode aprender com o Águia”, afirma.

Segundo ele, essas características não determinam se o profissional é bom ou não, mas alguns desses perfis podem ser barrados dependendo da empresa. “O fofoqueiro, por exemplo, é uma pessoa desagregadora, por isso, mesmo com um excelente desempenho, se a empresa percebe essa característica pode preferir desligá-lo a continuar com um perfil desses no quadro”, aponta Haag.

Papel de líder
Segundo Edmundo, é papel do líder extrair o melhor de cada perfil profissional. Não adianta colocar um bom atacante para jogar na defesa. “O grande desafio do líder é fazer sua equipe ter sucesso, é ajudar as pessoas a demonstrarem suas melhores qualidades”, afirma.

“O líder precisa zelar pelas posições ocupadas por sua equipe. Ele tem de ser capaz de perceber se o profissional está atuando na posição certa, fazendo o jogo que a empresa precisa e onde ele vai se sair melhor”, finaliza Edmundo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin