30 de dez de 2009

Vinho sem frescura

http://007blog.net/fotos/2009/04/conheca-os-tipos-de-vinhos-e-suas-principais-caracteristicas.jpg

No mundo corporativo saber apreciar as chamadas "boas coisas da vida" é uma necessidade. Isto inclui gostar e saber conversar sobre temas como cinema, esportes (quase todos), politica (de preferência internacional), moda e todos estes assuntos que fazem a alegria do chamado "mundo fashion". Inclua-se nesta lista o tema "bebidas" e  em consequencia o assunto "vinhos".
Não é necessário ser um "connaisseur", mas é importante saber "levar" um papo sobre o assunto sem passar vergonha. Podem crer que muitas vezes as oportunidades de negócios e os melhores contatos surgem inesperadamente em uma roda de conversas onde alguém (importante) puxa um assunto e você consegue manter-se no nível da conversa. 
Falar sobre vinhos então, é uma constante em eventos de negocios que envolva almoços e jantares.
Ai de você se for um "ignorante nato" quanto aos segredos do vinho. Ficará perenemente marcado como um "out-sider" e dificilmente participará de novos "encontros no andar de cima" de sua corporação.
Estarei exagerando? Claro que sim! Não chega a ser tão vexatório não sabe falar de vinhos, mas que é um bônus extra no seu currículo social não tenha duvidas.
Pensando nisto resolvi abrir um destaque para este blog do Jornal do Brasil cujo titulo achei muito sugestivo: "Vinho Sem Frescura".
Vou postar de vez quando alguma novidade que ele traga e de outros sites e blogs também. Tem muita gente falando de vinhos na internet. 
Quem sabe seu chefe é um apreciador e não tenha ninguém na sua área que possa trocar umas, digamos, "idéias vinícolas" com ele. Hããã! 
Portanto amigos, mãos à obra. Afinal de contas "Vinho também é cultura"...
  •  







"A Miolo anuncia o lançamento da linha de espumantes Cuvée Tradition, que vai subistituir o Miolo Brut e o Miolo Brut Rosé. Os novos rótulos, que também terão a versão demi-sec (meio seco) continuarão sendo elaborada pelo tradicional método francês champenoise, cuja fermentação é feita na garrafa. De acordo com nota divulgada agora há pouco pela Miolo, "o lançamento do Cuvée Tradition tem o desafio de consolidar a liderança da empresa como uma das maiores produtoras de espumantes das Américas pelo método champenoise e conquistar consumidores que valorizam a tradição e a qualidade evidenciadas por esse método de elaboração". Com isso, o Cuvée Tradition Brut será feito apenas com as uvas pinot noir e chardonnay cultivadas no Vale dos Vinhedos - o Miolo Brut tem merlot em seu corte.
Intensificamos a produção pelo método champenoise porque queremos elaborar espumantes que atendam a um segmento de consumo que busca a exclusividade, a qualidade e a tradição”, explica o diretor-técnico, Adriano Miolo.
O projeto Cuvée Tradition determinou a automatização de todo o sistema da vinificação com alta tecnologia objetivando viabilizar um sistema artesanal em escala de produção. As principais mudanças ocorreram na automatização da “Remuage”- o processo no qual as garrafas eram giradas ¼ de volta manualmente todos os dias, durante aproximadamente uma semana visando decantar as leveduras do espumante para sua extremidade - e do degorgemant – que consiste no congelamento do gargalo das garrafas, juntamente com as leveduras que ali se depositaram. Dessa forma, quando a garrafa é aberta para a retirada desses precipitados a perda de pressão diminui de forma considerável.
Dados da Uvibra mostram que o Brasil produziu em 2008 cerca de 9,5 milhões de litros de espumantes. Destes, estima-se que menos de 10% são elaborados pelo processo champenoise."





http://rainbowdivider.com/images/dividers/redarrowline.gif

http://rainbowdivider.com/images/dividers/redarrowline.gif

Nenhum comentário:

Postar um comentário