5 de mar de 2011

Adrenalina demais pode custar muito caro...

Q
ue tipo de pessoa faz o que esse jogador de futebol fez ao maltratar um animal indefeso, machucado e ainda por cima simbolo e mascote do adversário com o qual estava jogando. Parece uma cena de non sense não é mesmo? Mas foi verdade e tornou-se um dos vídeos mais vistos no YouTube com mais de 2.000.000 de acessos em diversas páginas do site até essa data.
Fico a imaginar o que se passa na cabeça de um jovem desses. Que reações quimicas se processam em um cerebro que "autoriza" um gesto tão imbecil como o de chutar de forma impiedosa uma coruja machucada, em pleno estádio de futebol e perante centenas de espectadores?
Trago o assunto para o blog por dois motivos: o primeiro é pela noticia propriamente dita. Um ato assim choca todos que o vêm por imaginar-se impossível de acontecer nas circunstancias em que se deu. Barbaridades desse tipo não costumam ocorrer de forma tão publica, gratuita e sem sentido.
Em segundo lugar é para chamar a atenção de todos para o gesto impensado, de momento e sob o calor de uma disputa. Certamente o jogador que chutou a coruja, Luis Moreno, não deve ser uma má pessoa, um "cara do mau" como se se diz popularmente. Pediu desculpas depois do jogo e mostrou-se surpreso com a enorme reação à sua atitude desumana. O que me interessa aqui é escrever sobre o que fazem as pessoas que trabalham em corporações quando estão sob a adrenalina da disputa. 


Se conseguir mostrar aos leitores do blog esse lado da questão e tirar desse fato uma lição para comportamentos em situações semelhantes já terei atingido o objetivo do post. Pergunto aos mais experientes nas lidas corporativas se já não foram vitimados por suas próprias adrenalinas e "chutaram" também algo ou alguém de forma impensada e até desumana. Uma grosseria de baixo calão contra um colega ou um chefe no calor de uma discussão também é um "chute na coruja indefesa"; ou não é? 
O gesto e as imagens servem para exemplos de como as pessoas nos percebem após cometermos esses desatinos. O arrependimento posterior não apaga o gesto, apenas ameniza. Portanto, meus caros habitantes planeta corporativo, muito cuidado com o auto-controle quando estiverem sob pressão e na defensiva. Os disparates costumam custar muito caro a quem os pratica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin