DIA NACIONAL DO BOMBEIRO

DIA NACIONAL DO BOMBEIRO
DIA NACIONAL DO BOMBEIRO - O Dia do Bombeiro Brasileiro é comemorado no dia 2 de julho. Esta data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger as pessoas, as cidades e as florestas do risco de incêndios, desastres naturais, desabamentos, etc. Além de apagar incêndios, os bombeiros também desenvolvem vários projetos sociais e educativos, com o objetivo de tentar melhorar a qualidade de vida da comunidade. Os bombeiros também ajudam a socorrer animais em perigo e auxiliar pessoas que enfrentam situações de grande stress, como tentativa de suicídio, afogamento, desaparecimentos e traumas provocados por acidentes. Dia do Bombeiro Brasileiro Origem do Dia do Bombeiro Brasileiro A escolha desta data é uma homenagem a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, inaugurado em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, e sob o comando do major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do Decreto nº 35.309, de 2 de abril de 1954. A partir desta mesma lei, também foi definido a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios. Antigamente, antes do Imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio.

domingo, 31 de maio de 2009

E Susan Boyle perdeu... Preconceito?


http://nilsonpedro.files.wordpress.com/2009/04/469px-susan_boyle.jpg

Este é o vídeo que mostra o resultado final do programa de calouros que fez de Susan Boyle uma celebridade internacional. Ao contrario de toda a expectativa que cercava a senhora escocesa com uma voz maravilhosa como a favorita e vencedora do premio de 100 mil libras os ingleses escolheram um grupo de dança chamado Diversity

Particularmente, não gostei da decisão, mas me parece um sintoma dos tempos em que vivemos. Os rapazes do Diversity realmente são fantasticos em suas coreografias, mas não podem ser comparados à belíssima voz de Susan Boyle. Voz amadora, pedra bruta sem nenhuma lapidação e que encantou o mundo nas ultimas semanas como se fora um canto de sereia. 



Terei exagerado? Acho que não. Todavia, apesar de não ser inglês, mas conhecendo um pouco a historia deles e da humanidade em geral, acho que a vitoria do Diversity (não me entendam mal) foi um pouco o triunfo do preconceito.  Preconceito, aliás, que ficou evidente quando Susan se apresentou pela 1ª vez. Todos que estavam assistindo - exceção feita aos produtores do programa  que já a tinham ouvido - torceram o nariz quando ela entrou no palco e disse que queria ser cantora profissional. Foram caras, bocas e olhares... Depois foi o que se viu. Um anjo estava no palco, naquele corpo de uma escocesa, mulher simples de 47 anos que confessou nunca ter sido  amada antes quando disse que jamais fora beijada. 
Só acrescento que estou cansado de ver grupos de dança como o Diversity em tudo que é programa de calouros existentes em todos os paises e não lembro de ter ouvido nada igual à poderosa voz e à musicalidade confiante de Susan Boyle. Uma figura que tinha tudo para não dar certo neste mundo de meu Deus e correu atrás do seu sonho conquistando-o. 

O futuro nos dirá que esse "julgamento" foi um golpe do preconceito contra as pessoas feias e despidas da "sorte" de não pertencer ao mundo fashion que a mídia vende para os seres humanos todos os dias.  Surgiram noticias inclusive de fraudes nas votações feitas pela TV.
Fiquei triste! Pela Susan e principalmente porque houve uma flagrante injustiça assistida, on line, por todo o planeta. Para mim, Susan Boyle é a vencedora e os ingleses, neste dia, ficaram  culturalmente menores que a sua historia. Quem viver verá...


Este post foi editado para que fosse colocado um vídeo com a primeira apresentação (histórica) de Susan Boyle no Britains's Got Talent.

2 comentários:

  1. Vou ficar sobre o muro dessa vez, pois acho 50% de chance de ser preconceito e a mesma percentagem para não. Ao que li, a Susan teve uns segundos de estrela e isso decepcionou a todos. Mas mesmo perdendo, ela já foi contratada para gravar e portanto já chegou bem alto. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Fala Big Cat! Grande abraço!

    Aceito seus 50%
    Mas que a mulher tem uma voz maravilhosa é inegável.
    A grande questão é: com aquela voz, se ela fosse bonita, tivesse aquele sorriso de estrela e ainda dançasse bem com umas belas pernas à mostra quem você acha que ganharia a parada?
    É este o meu ponto. Mas aceito seus 50 e ficamos empatados.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir