22 de ago de 2010

"Emprego Virtual" é um blog que merece ser conhecido.




Registro mais um "Destaque de Blogs" para o "Emprego Virtual" (clique no logotipo abaixo para conhecê-lo). O que eu mais gostei no blog foi o seu foco na proposta de conteúdo. É um blog corporativo e é disso que ele trata. 
O autor e produtor do "Emprego Virtual" é o Rodrigo Fontes é, pelo que está na sua apresentação, um profissional do ramo. Gostei o blog e por isso o destaco aqui na Oficina de Gerencia compartilhando-o com meus amigos leitores e visitantes ocasionais.  
A exemplo do que sempre faço com outros blogs destacados  neste meu espaço  reproduzo um dos seus posts. No caso escolhi um tema que faz parte do cotidiano das empresas, mas ainda não teve um  tratamento sério por parte dos grandes estudiosos da vida nas corporações. Falo da "Fofoca". O Rodrigo recebeu um artigo muito bom encaminhado por uma leitora do seublog e o publicou.  
O artigo é do site "Empregos" (que também está com o logotipo linkado) e resolvi publicá-lo na íntegra aproveitando a oportunidade. Veja um trecho do artigo que destaco só para atiçar sua curiosidade:

  • [...] "É importante ressaltar também que o profissional atingido por comentários maldosos deve manter o autocontrole, a serenidade e a compostura, pontos esses favoráveis à vítima deste tipo de problema. Se a fofoca ocorrer, o funcionário deve tratá-la de forma racional, mas sem ignorá-la, tendo em vista que a moral e conduta estão sendo lesadas." [...]
Logo abaixo coloquei os links das "tags" do blog "Emprego Virtual". Observem o foco que o blog consegue manter. Para mim esse é o grande mérito do seu autor. Naveguem à vontade, pois tem muito material de primeira linha nesses links:





http://3.bp.blogspot.com/_vHMlcTJRWg4/SS-Xti0vonI/AAAAAAAAACk/_HdDRTiAZAA/S1600-R/header.jpg

"Mais uma ver recebi uma excelente indicação da Suellen Block, minha leitora fiel de sempre.
Trata-se de um material muito bem elaborado do site Empregos que aborda um grande problema no mundo corporativo atual: a fofoca. Como passamos maior parte do nosso tempo no trabalho, é normal que falemos da vida, do cotidiano, dos colegas e de várias outras coisas. Porém, se faz necessário medir sempre o que se diz e como se
diz" 


Fofoca: um mal no mundo corporativo

Como agir para que esses comentários não atrapalhem a vida profissional. Afastar-se de pessoas fofoqueiras pode evitar vários problemas Por Renata Silva
 .
Chame de comentário, fofoca, conversa paralela ou o que quiser, mas que esse comportamento atrapalha o andamento do trabalho e o desenvolvimento do profissional dentro de uma empresa, isso é fato. O ambiente empresarial é um lugar onde se deve ter muita cautela com comentários maldosos e irrelevantes para a companhia. E, pior, quem achava que a fofoca era uma característica exclusivamente feminina se enganou, pois muitos homens já aderiram às picuinhas empresariais.
Como a maioria das pessoas passa a maior parte do tempo no trabalho, é normal que se comente entre colegas de trabalho situações cotidianas de cunho pessoal e profissional. Porém, a balança da relevância nem sempre é levada tão à risca, e determinados assuntos, que na maioria das vezes não possuem importância para a empresa, acabam se espalhando pelos corredores e deixando funcionários em maus lençóis, até porque, como diz o ditado popular: “Quem conta um conto, aumenta um ponto”.
Segundo Gilberto Guimarães, diretor da multinacional francesa BPI no Brasil, empresa que atua na área de consultoria em RH, gestão de carreira e recolocação profissional especializada, o perfil de todo fofoqueiro, psicologicamente, é marcado como um cidadão absolutamente inseguro e imaturo.

http://www.morroida.com.br/wp-content/uploads/2007/02/WindowsLiveWriter/RepublicaComunistadoBrasil_F78/fofoca_thumb1.jpg
Não desperdice energia
Para Guimarães, o comentário maldoso gera perda de energia, fazendo com que as pessoas gastem muito tempo tomando decisões e fazendo escolhas desnecessárias ou se explicando. O problema pode surgir por duas razões: boatos e fofocas ou comunicação inadequada. A pessoa acha que comunica uma coisa e comunica outra. 
Já Floriano Serra, diretor de RH e Qualidade de Vida da APSEN Farmacêutica, acredita que “quase sempre é impossível descobrir a origem da fofoca, o que não é justo para quem tem sua imagem prejudicada. Um funcionário pode ter sua promoção cancelada caso seu chefe imediato dê ouvidos a alguma fofoca que ponha em dúvida, por exemplo, sua ética ou honestidade”.
Além disso, a fofoca pode prejudicar não só o funcionário como também a empresa, na medida em que compromete a ética do seu clima, das suas relações interpessoais e até a avaliação do comportamento de um funcionário. O prejuízo pode ser externo, se a fofoca referir-se a falsas insinuações de falências, demissões injustas e irregularidades. Neste caso, o prejuízo será institucional, comprometendo a imagem da empresa e sua relação com a comunidade.

Fique longe da fofoca
Por isso, se você quer desenvolver uma carreira séria e respeitada, fique longe da fofoca dentro e fora do ambiente de trabalho. Seguem abaixo algumas dicas que podem ajudá-lo nesta tarefa:
http://1.bp.blogspot.com/_bz5VsufrFZU/SxL-0hLetgI/AAAAAAAAMrM/4BVrhFgj9DU/s1600/fofoca.JPG
  • empresa seja clara, transparente e objetiva. O mal entendido ou a falta de clareza de uma situação ou de uma comunicação estimula o surgimento de fofocas.
  • Seja claro e detalhista. Não deixe espaços que possam ser preenchidos com falsas interpretações.
  • Quando se tratar de fato relevante, seja rápido. A demora da informação oficial também cria espaços negativos.
  • Ao tomar conhecimento de uma fofoca, exija nomes e dados da sua origem. Isso não é fácil, porque os fofoqueiros costumam se esconder atrás do anonimato, mas isso, feito com firmeza, inibe sua proliferação.
  • Uma amiga começou a falar mal de outra para você? Tente quebrar este ciclo, mudando de assunto imediatamente. Não precisa dizer o quanto a pessoa está sendo fofoqueira ou inconveniente. Ela vai se tocar se, do nada, você começar a conversar sobre o tempo ou sobre qualquer outra coisa. Lembre-se: quanto mais der corda, mais ela vai falar.
  • Não tome decisões a partir de uma fofoca. Se o fizer, estará agindo exatamente como pretende o fofoqueiro. Apurar os fatos é mais recomendável.
  • Não puna pessoas, nem altere procedimentos por causa de uma fofoca. Se alguém está com a intenção de lhe ajudar ou ajudar a empresa, não precisará se esconder atrás do anonimato.
  • Se tiver absoluta certeza do autor e dos transmissores da fofoca, chame-os e dê uma chance a eles de mudar de comportamento. Na reincidência, não hesite em aplicar uma punição exemplar - que, a depender da gravidade dos prejuízos pretendidos, poderá ser até a demissão dos fofoqueiros.
  • Como já dissemos, deixar uma fofoca por escrito (no MSN, no Orkut ou mesmo no e-mail) é altamente comprometedor. Portanto, sempre que puder, fuja desse tipo de coisa. Ter seu nomezinho citado no meio da conversa não é nada glamuroso.
  • Não se esqueça: passar mais tempo discutindo idéias e menos falando sobre pessoas vai fazer de você alguém mais bem preparado para o que a empresa espera de você, além de se tornar uma pessoa muito mais legal, pode ter certeza.
  • É importante ressaltar também que o profissional atingido por comentários maldosos deve manter o autocontrole, a serenidade e a compostura, pontos esses favoráveis à vítima deste tipo de problema. Se a fofoca ocorrer, o funcionário deve tratá-la de forma racional, mas sem ignorá-la, tendo em vista que a moral e conduta estão sendo lesadas.
  • Quando descoberto quem é a fonte da fofoca, evite discutir ou partir para a agressão física, porque isso só prejudica ainda mais a situação. Tente conversar civilizadamente com o fofoqueiro e tente cortar o mal pela raiz, mesmo que isso seja difícil, e, principalmente, preste mais atenção em seus comportamentos, e escolha as pessoas certas para comentar seus assuntos e idéias.
  • Por fim, a empresa pode evitar a proliferação das fofocas mantendo um canal de comunicação com todos os funcionários que seja constante, amplo, ágil e transparente. A fofoca só sobrevive em ambientes que sonegam informações, porque estes tendem a deixar espaços vazios - que serão inevitavelmente preenchidos com a fofoca. A verdade corajosa é o grande e invencível adversário da fofoca, explica Floriano Serra, colunista da Comunidade RH do Empregos.com.br.
 

4 comentários:

  1. Prezado Herbert,

    Obrigado pelo carinho e pela atenção quanto ao meu blog! Não recebia uma homenagem assim em anos de blogueiro.

    A questão da parceria já foi feita por você, no momento em que você colocou o meu banner aqui! Colocarei seu banner no Emprego Virtual e assim que estiver tudo pronto, lhe avisarei. Afinal de contas, nada melhor que sempre prestar amizade a quem nos é amigo.

    Caso queira fazer eventuais trocas de conteúdo ou até mesmo indicação de bom material, fique a vontade.

    Mais uma vez, obrigado pelo carinho e pela prontidão. Também estarei sempre aqui. Parabéns pelo excelente blog!

    Abraços,

    Rodrigo Fontes

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo,
    Grato pela visita. É uma alegria quando encontro um blog que aprecio e posso destacá-lo aqui na Oficina. Minha coleção já está grande e de alta qualidade. Você e seu blog já estão fazendo parte dela.
    Nos "veremos" muitas vezes.
    Sucesso.

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Melissa.

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Melissa.

    ResponderExcluir

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin