21 DE JULHO DE 2024 - DOMINGO - DIA INTERNACIONAL DO TRABALHADOR DOMÉSTICO



Bem vindo

Bem vindo

FRASE DO DIA

FRASE DO DIA

FRASE COM AUTOR

FRASE COM AUTOR

sábado, 7 de outubro de 2023

Procrastinação... está na moda combatê-la. Veja como fazer.

 


  • O que é procrastinação? A procrastinação é a protelação do ato. Acontece, por exemplo, quando você deixa um assunto para resolver depois. De certa forma, é um comportamento normal, no sentido de priorizar atividades, mas em outros casos, principalmente quando isso se torna corriqueiro, chega a ser prejudicial. (Google)
De uns tempos para cá, o assunto ou tema da procrastinação passou a frequentar a bibliografia do mundo corporativo com certa insistência. Achei estranho, porquanto nunca foi novidade a existência dos comportamentos, individuais e coletivos, que infestam os departamentos e estruturas das empresas com desempenhos, hábitos e práticas de postergar entregas, adiar procedimentos e atrasar metas.

Casos há em que se identificam modos e maneiras de equipes inteiras nas estruturas organizacionais das empresas, que trabalham tendo os adiamentos, atrasos e os protelamentos como características corporativas.

São verdadeiras "panelinhas" de funcionários - chefias e elementos de linha também -  que "valorizam" a procrastinação e dominam os ambientes informais. Isso sempre existiu e eram ou são pouco combatidos pelas esferas mais altas das administrações.

Em boa hora aparece este "movimento" no qual os consultores, palestrantes e autores começam a chamar a atenção e investir no combate a esse flagelo corporativo. Para confirmar essa determinação cito a busca no Google. Se colocarmos a pesquisa para "Procrastinação" serão 2.710.000 links disponíveis (clicar aqui).

Trago ao blog da Oficina de Gerência um artigo que encontrei no site da revista Forbes intitulado: 5 maneiras de matar a procrastinação em menos de 2 minutos" Considerei que valia a pena transcrevê-lo e compartilhar com os leitores.

O texto é bastante direto e indica pequenas práticas - na verdade nenhuma novidade - mas que assumidas como hábitos pessoais e objeto de autotreinamentos podem ajudar muito para quebrar essa prática que enfraquece a eficácia pessoal e eficiência em geral das oficinas corporativas.  Pessoalmente, como gestor, sempre prestei muita atenção aos sintomas da procrastinação e os combati com muita firmeza.

Posso afirmar, por experiência, que o hábito, seja pessoal ou de grupos, do retardamento das ações diárias, das obrigações profissionais e dos compromissos assumidos, é uma forma de deslealdade. Sempre considerei assim - em princípio - exceto se, ocorrer por outras razões personalíssimas e localizadas como saúde, problemas pessoais e psicológicos dos envolvidos. Nesses casos faz-se necessário localizar as causas e buscar as soluções adequadas a cada caso.

Não percam a oportunidade de conhecer o artigo da Forbes. Boa leitura

Clique aqui para visitar o Web Site da Forbes

A regra dos 2 minutos é uma estratégia que incentiva os indivíduos a resolver imediatamente qualquer tarefa que possa ser concluída em menos de dois minutos

5 maneiras de matar a procrastinação

 em menos de 2 minutos

Resolver tarefas simples de uma vez ajuda a diminuir a carga mental gerada pela preocupação de não tê-las completado

Por Luciana Paulise. (clique no link para conhecer a autora)

Com a regra dos 2 minutos, pode combater a procrastinação, permitindo que você execute pequenas tarefas que muitas vezes são esquecidas.

No atual ambiente de trabalho acelerado e exigente, os profissionais muitas vezes se encontram sobrecarregados com infinitas tarefas e responsabilidades. Manter a produtividade e gerenciar o tempo de maneira eficaz pode ser um desafio significativo. No entanto, uma técnica simples, mas poderosa, conhecida como regra dos 2 Minutos, surgiu como uma virada de jogo no aumento da produtividade e na simplificação dos processos de trabalho.

Como implementar a regra dos 2 minutos

Implementar a regra dos 2 minutos em sua rotina pode fazer maravilhas para sua carreira. Aqui estão algumas maneiras para colocá-la em prática:


Benefícios da regra dos 2 minutos

Maior produtividade: ao resolver prontamente pequenas tarefas, você libera carga mental e evita a preocupação causada por tarefas intermináveis listas de tarefas. Assim, você pode focar em projetos mais complexos e estratégicos, aumentando a sua produtividade geral.

Redução da procrastinação: em vez de adiar tarefas simples, os indivíduos desenvolvem o hábito de ação imediata, evitando o acúmulo de tarefas menores e que podem contribuir para a procrastinação.

Melhor gerenciamento de tempo: ao gerenciar com eficiência pequenas tarefas e concentrá-las em períodos específicos, você pode reservar períodos mais focados em tarefas específicas, complexas e que envolvem pensamento criativo e planejamento estratégico.

Alívio do estresse: a regra dos 2 minutos ajuda a aliviar o estresse, evitando o acúmulo de pequenas tarefas que muitas vezes causam ansiedade. Ao abordar essas tarefas prontamente, você experimenta uma sensação de realização que o mantém positivo.

A regra dos 2 minutos oferece uma estratégia simples, mas altamente eficaz para aumentar a produtividade e o gerenciamento do tempo no trabalho. Ao realizar pequenas tarefas que podem ser concluídas em menos de dois minutos, os profissionais podem reduzir a desordem mental, aumentar o foco em projetos complexos e manter uma sensação de controle sobre sua carga de trabalho. Incorporar essa regra em sua rotina diária pode mudar as coisas, te capacitando a alcançar novos níveis de produtividade e sucesso em sua carreira.

* Luciana Paulise é colaboradora da Forbes USA. Ela é escritora e consultora especializada em empoderar mulheres de grupos minoritários.

(Traduzido por Gabriela Guido)

 

♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻ ♻


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Convido você, caro leitor, a se manifestar sobre os assuntos postados na Oficina de Gerência. Sua participação me incentiva e provoca. Obrigado.