15/10 - DIA DO PROFESSOR

15/10 -  DIA DO PROFESSOR
O Dia dos Professores é comemorado no Brasil anualmente em 15 de outubro. A data foi criada para homenagear esses profissionais que dedicam suas vidas à transmissão do conhecimento e ao desenvolvimento da educação no nosso país. Trata-se de um feriado escolar e não faz parte do calendário oficial como feriado nacional ou ponto facultativo. Portanto, é prerrogativa das escolas não ofertarem aula neste dia. O dia 15 de outubro foi escolhido para comemorar o dia do professor, pois em 15 de outubro de 1827, Dom Pedro I, Imperador do Brasil, decretou uma Lei Imperial responsável pela criação do Ensino Elementar no Brasil (do qual chamou “Escola de Primeiras Letras”), e através deste decreto todas as cidades deveriam ter suas escolas de primeiro grau. A comemoração começou em São Paulo, onde quatro professores tiveram a ideia de organizar um dia de parada para celebrar esta data, e também traçar novos rumos para o próximo ano. Esta data foi oficializada nacionalmente como feriado escolar através do Decreto Federal nº 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto define a razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia dos Professores, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias". A nível internacional, o Dia Mundial dos Professores é celebrado anualmente em 5 de outubro.

sábado, novembro 02, 2019

Liderança, Gerência e Chefia. Quais as diferenças?


Resultado de imagem para planejamento estratégico

Líder ou Gerente, não é a mesma coisa? 

Por Herbert Drummond (autor do blog Oficina de Gerência) 

O Líder é sentido e percebido na forma como o seu time pensa, planeja e executa. Ele inspira ações além do dever. O Gerente é identificado na forma como o grupo se organiza e opera. 

É no mínimo curioso observar dezenas de consultores e especialistas procurando explicar o que é liderança e especular sobre as qualidades (diria que são "superpoderes") inerentes ao líder.
Resultado de imagem para asterix e a poção mágicaA impressão causada é que liderança parece ser aquela névoa misteriosa que a gente vê muito nos filmes de fadas e feiticeiros; ou a poção mágica do druida de Asterix ou ainda aquele pozinho da fada Sininho do Peter Pan que, magicamente são colocados à disposição do personagem principal (líder). Outras vezes fazem-nos pensar que ser líder é algo assim como possuir os talentos do Batman, misturados com as habilidades do Wolverine e do Superman.

Tantas devem ser as “qualidades superpoderosas" de um líder que ao listá-las surge, instantaneamente, na nossa mente um ente de ficção que só pode existir na imaginação mais prolixa dos autores de mitologias. E o gerente? A confusão é quase a mesma. Aliás, é comum listarem-se as mesmas “qualidades” requeridas para um (líder) e para outro (gerente) e ainda outro mais (o chefe).

Liderança, entretanto, não é a mesma coisa que gerência ou chefia. Como tenho muita resistência aos modismos das definições prontas não procurarei descrever as diferenças, mesmo porque seriam apenas definições pessoais e baseadas na minha exclusiva e precária experiência. Vou utilizar a linguagem metafórica para ilustrar que Liderança pode ser vista como uma capa invisível (poderosa e temporária) colocada sobre os ombros do líder, pelos liderados que o escolheram, e que, espera-se, deva ser utilizada sempre em defesa dos valores que o grupo cultiva.

Gerência, por outro lado, é a espada, visível, colocada nas mãos do gerente - não necessariamente escolhido pelos gerenciados – que, espera-se, deva ser usada com destreza para organizar o sistema que o suporta, defendê-lo e conduzi-lo, ordenadamente, pelos caminhos da eficácia e da eficiência.

Chefia, por outro lado, é uma situação ou estado momentâneo, de menor curso e importância, para o qual são - em geral - escolhidos aqueles "aprendizes de gerência" que se apresentam com potencial para o comandamento de ações ou projetos específicos e de maior responsabilidade no futuro. 

Resultado de imagem para lider e gerente diferençaSe procurar na bibliografia disponível vai encontrar, em muitas consultas, que Liderança, Gerencia e Chefia se confundem com comando, direção, governança. Na verdade, as fronteiras entre esses conceitos são difusas. 
  • Quem lidera, gerencia? 
  • Quem gerencia, chefia? 
  • E quem chefia, lidera? 
Tente responder a essas questões. Pare e pense... Quais as respostas certas? Se for afirmativo em todas as perguntas estará certo, se não tiver segurança nas respostas, também estará. Confuso não é mesmo?

Liderança é sempre passageira e situacional porque depende, além da formação técnica, de valores intangíveis como moralidade, honestidade, integridade e senso de justiça. A liderança é de perfil estratégico. Um líder dificilmente terá uma segunda oportunidade se perder a confiança dos liderados. Ele não pode "perder o seu  "Toque de Midas". 

Gerência, por seu turno, é objetiva e prática. Seu perfil é tático. Um gerente está menos subordinado aos valores abstratos. Depende mais do seu conhecimento e da sua expertise no assunto que esteja sob sua responsabilidade.

A Chefia é de perfil operacional; respostas automáticas e de ações imediatistas. É a infantaria da tropa.

Resultado de imagem para chefeUma boa ilustração seria dizer que o líder será capaz de transformar um grupo de músicos em uma orquestra sinfônica. Um gerente conduzirá esta mesma orquestra, depois de formada, mas dificilmente influirá nas suas emoções e na sua criatividade. E nessa orquestra, cada conjunto terá sua chefia (as cordas, os metais, os instrumentos de percussão) e os instrumentos de teclas)

A História Universal está plena de exemplos de grandes líderes como Napoleão Bonaparte, Alexandre Magno (O Grande)Júlio César .

Difícil - por outro lado - achar-se registro de que gerentes façam história no mesmo nível e esta, certamente, é uma grande diferença entre Líder e Gerente. Cito como exemplos históricos de grandes gerentes o Cardeal Richelieu na França de Luis XIII e Oliver Cromwell na Inglaterra puritana do século 17.

É um bom exercício procurar na história antiga e contemporânea exemplos de líderes e gerentes...  Quem sabe até alguns chefes. Por exemplo: Jack Welch é um líder ou um gerente? Quais presidentes da República do Brasil podem ser incluídos no rol de líderes na nossa história?

Postado por Herbert Drummond 

Nenhum comentário:

Postar um comentário