19 de jun de 2010

José Saramago foi para o Oriente Eterno, mas sua obra é infinita.


Interrompo este hiato na Oficina de Gerencia em função da Copa do Mundo e da minha atividade no outro blog "Oficina no Clima da Copa" para prestar uma homenagem ao grande escritor portugues e premio nobel de literatura (o unico escritor na lingua portuguesa e ser laureado com o mais alto reconhecimento literário do mundo) José Saramago.
Dele, li como primeiro livro o famoso O Evangelho Segundo Jesus Cristo, em função do filme que o fez mais conhecido no Brasil e mundo afora. Depois li o "Memorial do Convento," e me programava para ler o seu mais recente livro conhecido  (apesar de escrito em 1995)  "Ensaio Sobre a Cegueira".
Não era um escritor "facil" de ler. Criou um estilo personalizado nos seus romances e textos, mas suas obras têm uma profundidade que agrada aos leitores mais exigentes e sem pressa de consumir best sellers e futuros roteiros cinematograficos. . Vejam o que está escrito na página da Wikipédia dedicada a ele:
  • [...] Saramago foi conhecido por utilizar frases e períodos compridos, usando a pontuação de uma maneira não convencional. Os diálogos das personagens são inseridos nos próprios parágrafos que os antecedem, de forma que não existem travessões nos seus livros: este tipo de marcação das falas propicia uma forte sensação de fluxo de consciência, a ponto do leitor chegar a confundir-se se um certo diálogo foi real ou apenas um pensamento. Muitas das suas frases (i.e. orações) ocupam mais de uma página, usando vírgulas onde a maioria dos escritores usaria pontos finais. Da mesma forma, muitos dos seus parágrafos ocupariam capítulos inteiros de outros autores. Apesar disso o seu estilo não torna a leitura mais difícil, se os seus leitores se habituarem facilmente ao seu ritmo próprio. [...] Estas características tornam o estilo de Saramago único na literatura contemporânea, sendo considerado por muitos críticos um mestre no tratamento da língua portuguesa. [...]
"Descobri" o Blog Brasil  Acadêmico e foi de lá que extrai - na minha opinião - a melhor homenagem que a internet literaria fez a Saramago. Reproduzo-a aqui e aproveito para destacar o blog que é simplesmente maravilhoso na sua proposta de divulgar o mundo acadêmico.

Clique no logotipo e conheça o excelente blog Brasil Acadêmico
http://3.bp.blogspot.com/_cM2l6Y3Ulgg/S1kUA398v6I/AAAAAAAADJ4/-FchvqIRczI/S1600-R/bracadMMX.jpg

15 frases de José Saramago


Em homenagem ao passamento do escritor português José Saramago, autor de Ensaio sobre a Cegueira e O Evangelho Segundo Jesus Cristo, coletamos algumas de suas pérolas.


O ateu que a Igreja lamentou a perda.
  • Não sou um ateu total, todos os dias tento encontrar um sinal de Deus, mas infelizmente não o encontro.
Sobre a posse:
  • Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar.
Grandes analogias.

  • O espelho e os sonhos são coisas semelhantes, é como a imagem do homem diante de si próprio.

Tudo a seu tempo.

  • Não tenhamos pressa,mas não percamos tempo.
Experiência acumulada.

  • Aprender com a experiência dos outros é menos penoso do que aprender com a própria.



O engajado.
  • O Socialismo não produziu socialistas.
A relatividade da física.
  • Fisicamente, habitamos um espaço, mas, sentimentalmente, somos habitados por uma memória.
Emocional.
  • Se tens um coração de ferro, bom proveito. o meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia.


Ao lado de Fernando Meirelles, diretor de Cidade de Deus e de Ensaio sobre a Cegueira

Sobre a tecnologia.

  •  chorar sobre as páginas de um livro, mas não se pode derramar lágrimas sobre um disco rígido
Comentário sobre os blogs.

  • Os sismógrafos não escolhem os terremotos, reagem aos que vão ocorrendo, e o blog é isso, um sismógrafo.
Encarar os problemas de frente.

  • A única maneira de liquidar o dragão é cortar-lhe a cabeça, aparar-lhe as unhas não serve de nada.
Escrever, qualquer um escreve.

  • Somos todos escritores, só que alguns escrevem e outros não.
Já. Talento...

  • O talento ou acaso não escolhem, para manisfestar-se, nem dias nem lugares.
Vida intensa.

  • É preciso variar, se não tivermos cuidado a vida torna-se rapidamente previsível, monótona, uma seca.
Quem cala...
  • O silêncio ainda é o melhor aplauso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin