20 de jan de 2013

O otimismo começa a ocupar espaço especial na escala dos valores da sociedade.

G
ostei muito da reportagem de capa da revista Veja dessa semana. Com o poder que a publicação tem ela conseguiu mobilizar uma forte equipe de repórteres e marcou um gol de placa.
Trazer a matéria inteira de uma revista para um blog é um negócio trabalhoso. Muitas páginas e os leitores de blog não gostam muito de textos longos. A propósito confesso que eu mesmo estou trabalhando fortemente para melhorar meu poder de concisão. Escrever e fazer papel de copydesk sobre o próprio texto não é confortável, mas estou me esforçando.
Nesse post consegui colocar em forma de fac-símile as duas páginas de abertura da reportagem e algumas das "razões" que a revista listou e escolheu para justificar o objetivo da matéria que é o de apostar no otimismo dos brasileiros para 2013 tornando-lhes a vida melhor e com mais qualidade. 
Sou um otimista natural. Simplesmente não sei ser pessimista. Conheço muitas pessoas dos dois "times". Posso dizer que tenho muita vivência por pertencer ao grupo dos otimistas e  outro tanto de experiência por observar e analisar incessantemente o lado de lá, dos pessimistas.
Como pessoa comum a gente até pode escolher com quem conviver - se otimista ou pessimista - com as exceções que todos conhecemos, mas como "habitante" do mundo corporativo isso nem sempre é possível. 
Obviamente sempre tive mais sucesso com os otimistas e foi com esse grupo que caminhei nos meus êxitos e sucessos, mas também tive muitos pessimistas competentes fazendo parte das minhas equipes. 
A questão é que o pessimista dá um trabalho danado para se "administrar" um pessimista. Exige atenção especial e um esforço de convencimento, que nem sempre estamos dispostos a fazer, para as mudanças que às vezes são necessárias nas corporações. O pessimista está sempre contra as mudanças. É o seu jeito, sua forma de ver o mundo... Se for competente temos que mostrar-lhes nossa visão e buscar a sua aceitação da mudança.
A matéria da Veja aborda a questão de forma mais ampla, porém ao final vai cair no mesmo canal. O otimismo é o motor das boas coisas que ocorrem à nossa volta tanto quanto o amor. Não era muito considerado nesse nível e ainda não ganhou o status de uma emoção. É mais visto como uma atitude ou comportamento, mas eu acho que é mais que isso. A reportagem vai ajudar os leitores a refletir.
Para não carregar demais o espaço do post, coloquei em tamanho natural apenas as duas páginas de introdução da reportagem. As demais páginas estão em tamanho menor e para ser lidas o leitor do blog deve clicar sobre elas.
Das vinte e cinco razões listadas pela revista transcrevi apenas oito. Se houver interesse maior e não for assinante, sugiro que adquira a revista que como sempre está muito boa ou espere que a matéria seja liberada no site . 
Clique e acesse o site
 .
 
Abaixo, estão oito das 25 razões que a revista Veja pesquisou e listou como motivos para tornar a sociedade brasileira mais otimista. Confiram.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogs que me encantam!


..saia justa......† Trilha do Medo ♪....Blogueiros na Web - Ensinando o Sucesso no Blogger e Wordpress!..Emprego Virtual..Blog Ebooks Grátis....http://3.bp.blogspot.com/_vsVXJhAtvc8/ShLcueg5n2I/AAAAAAAACqo/sOQqVTcnVrc/S1600-R/blog.jpg..http://lh6.ggpht.com/_vc1VEWPuSmU/TN8mZZDF9tI/AAAAAAAAIJY/GWQU-iIvToI/banner-1.jpg....Divulgar textos | Publicar artigo....tirinhas do Zé........

Estatística deste blog: Comentários em Postagens Widget by Mundo Blogger

Safernet



FinderFox

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin