sábado, 16 de julho de 2022


Nossa Senhora do Carmo - Padroeira da Cidade do Recife

💢


Clique aqui e visite a homepage




Dia de Nossa Senhora do Carmo

A devoção a Nossa Senhora do Carmo tem início no século XII, quando um grupo de eremitas se formou próximo ao Monte Carmelo, na Palestina. O propósito dos eremitas era ter um estilo de vida simples e pobre, em respeito ao profeta Elias, que também havia se refugiado naquele monte.

A partir de então surgiu a Ordem dos Carmelitas, que além de tomar o profeta Elias como o seu patriarca, também veneram a Virgem Maria, como a Bem Aventurada Virgem do Carmo.

A primeira igreja em homenagem a Nossa Senhora do Carmo foi construída próximo ao Monte Carmelo, mas com a perseguição dos muçulmanos, os cristãos tiveram que fugir para a Europa.

Aparição de Nossa Senhora do Carmo

Em momento de grande desespero e angústia, São Simão Stock rezou intensamente pela proteção de Nossa Senhora do Carmo para que a Ordem dos Carmelitas não fosse exterminada.

Como resposta, a Santíssima teria aparecido para o carmelita e entregou um escapulário como sinal de aliança de paz e amor eterno. A partir de então, o escapulário passou a ser um dos elementos essenciais de todo carmelita.

A oração de São Simão para Nossa Senhora do Carmo continua a ser usada pelo membros da ordem"Flor do Carmelo, vide florida. Esplendor do Céu. Virgem Mãe incomparável. Doce Mãe, mas sempre virgem. Sede propícia aos carmelitas. Ó Estrela do mar".

Oração a Nossa Senhora do Carmo

"Senhora do Carmo, Rainha dos anjos, canal das mais ternas mercês de Deus para com os homens. Refúgio e advogada dos pecadores, com confiança eu me prostro diante de vós, suplicando-vos que obtenhais a graça que necessito, (pede-se a graça). Em reconhecimento, solenemente prometo recorrer a vós em todas as minhas dificuldades, sofrimentos e tentações, e farei de tudo que ao meu alcance estiver, a fim de induzir outros a amar-vos, reverenciar-vos e invocar-vos em todas as suas necessidades.

Agradeço as inúmeras bênçãos que tenho recebido de vossa mercê e poderosa intercessão.

Continuai a ser meu escudo nos perigos, minha guia na vida e minha consolação na hora da morte. Amém. Nossa Senhora do Carmo, advogado dos pecadores mais abandonados, rogai pela alma do pecador mais abandonado do mundo. Ó Senhora, rogai por nós que recorremos a vós".

💢


Clique aqui e visite a homepage do Jornal do Comércio

Comemora-se, hoje, 16 de julho, o dia de Nossa Senhora do Carmo, uma das tantas representações de Maria, tida como padroeira do Recife. Mas sua importância não é reconhecida só na cidade: a Virgem do Carmelo é um título popular em virtude de um símbolo da fé da Igreja Católica, o escapulário. O evangelho crê que ele é uma promessa dada por ela de proteção para todos aqueles que o usassem.

Segundo a Arquidiocese de Brasília, a devoção a Nossa Senhora do Carmo tem origem no século XII, em plena Idade Média, quando um grupo de eremitas começou a se reunir para se dedicar à oração e à penitência no Monte Carmelo, na Palestina, na Terra Santa, iniciando um estilo de vida pobre, humilde e simples, ao lado da fonte de Elias. Foi ali, naquele Monte do Carmo ou Monte Carmelo, que os eremitas construíram uma pequena capela em homenagem a Nossa Senhora já no primeiro século.

Em razão das perseguições aos cristãos na Terra Santa, o grupo de eremitas do Monte Carmelo teve que buscar um refúgio mais seguro e, por isso, foram obrigados a ir para a Europa, fugindo dos muçulmanos. Eles se estabeleceram na Inglaterra, onde vivia Simão, um também eremita que se uniu a eles. Simão era penitente, assim como o Profeta Elias, e austero, assim como João Batista. Diante de sua vida solitária na convexidade de uma árvore no seio da floresta, deram-lhe o apelido de Stock.

No ano de 1251, diante de tempos muito difíceis, Simão Stock suplicou à Virgem Maria um sinal de proteção contra os inimigos da fé. Em sua oração, Simão Stock disse a Maria: “Flor do Carmelo, vinha florífera, Esplendor do céu, Virgem fecunda, singular. Ó Mãe benigna, sem conhecer varão, aos Carmelitas dá privilégio, Estrela do Mar!”.

Foi ali, naquele momento de prece, que Simão Stock recebeu uma mensagem, uma visão de Nossa Senhora, que lhe deu um escapulário. Ela lhe disse: “Recebe, filho amado, este escapulário de tua Ordem como sinal distintivo e a marca do privilégio que eu obtive para ti e para os filhos do Carmelo. Quem morrer revestido com ele será preservado do fogo eterno. Ele é sinal de salvação, defesa nos perigos, aliança de paz e de uma proteção sempiterna!”.

Por que Nossa Senhora do Carmo é comemorada em 16 de julho?

O pesquisador Augustinus, em livro que remonta a história da santa e da festa, que a comemoração à santa começou a ser feita antes de 1386, em data ainda desconhecida, na florescente província carmelita da Inglaterra, no dia 17 de julho. Com o passar do tempo, outras províncias da Europa Continental foram seguindo o exemplo. Mas a data foi alterada para 16 de julho devido Santo Aleixo já ser comemorado no dia 17.

Como a Festa do Carmo começou no Recife?

Quase um século depois de os primeiros Frades Carmelitas terem chegado ao Brasil em 1580, dando início à construção do Convento do Carmo de Olinda, em 1654, a Ordem do Carmo se estabeleceu no Recife, com as obras de construção do Convento e da Igreja do Carmo do Recife, iniciadas em 1665 pelo Capitão Diogo Cavalcanti Vasconcelos, conta a Arquidiocese de Olinda e Recife. Em 1687, o Palácio da Boa Vista, erguido por Maurício de Nassau, foi doado à Ordem e foi integrado ao complexo da Basílica e do Convento. Em 1767, a Igreja Nossa Senhora do Carmo de Recife foi concluída.

Em 1909, a Virgem do Carmo foi declarada como Padroeira Secundária do Recife e em 1917 o Papa Bento XV elevou a Igreja Nossa Senhora do Carmo à dignidade de Basílica Menor, sendo agregada à Basílica Maior de São Pedro, na Santa Sé, Estado do Vaticano. No ano de 1938, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) tombou o complexo da Basílica e do Convento do Carmo. A Basílica do Carmo tem como missão celebrar, com os fiéis devotos da Virgem Mãe do Carmelo, nosso Senhor Jesus Cristo, em seu copioso exemplo de amor e misericórdia.

💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢

Nenhum comentário:

Postar um comentário