DIA NACIONAL DO BOMBEIRO

DIA NACIONAL DO BOMBEIRO
DIA NACIONAL DO BOMBEIRO - O Dia do Bombeiro Brasileiro é comemorado no dia 2 de julho. Esta data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger as pessoas, as cidades e as florestas do risco de incêndios, desastres naturais, desabamentos, etc. Além de apagar incêndios, os bombeiros também desenvolvem vários projetos sociais e educativos, com o objetivo de tentar melhorar a qualidade de vida da comunidade. Os bombeiros também ajudam a socorrer animais em perigo e auxiliar pessoas que enfrentam situações de grande stress, como tentativa de suicídio, afogamento, desaparecimentos e traumas provocados por acidentes. Dia do Bombeiro Brasileiro Origem do Dia do Bombeiro Brasileiro A escolha desta data é uma homenagem a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, inaugurado em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, e sob o comando do major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do Decreto nº 35.309, de 2 de abril de 1954. A partir desta mesma lei, também foi definido a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios. Antigamente, antes do Imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio.

sábado, 4 de junho de 2022

Sucesso nos negócios - quer algumas dicas? (revista Exame)

Bill Gates

 

Confesso que um dos meus "tocs" preferidos (e tenho alguns) é descobrir - onde quer que estejam - bons artigos, de revistas e publicações especializadas, sobre assuntos que possam interessar aos leitores da "Oficina de Gerência". Tenho uma expressiva coleção deles, aguardando oportunidades de publicação.

Este é um deles. O artigo, da jornalista Isabel Rocha (Exame) foi publicado recentemente pela revista e traz alguns conselhos de empreendedores de sucesso sobre como fizeram para seus negócios darem certo. 

Pessoalmente não gosto muito desses textos tipo "receita de bolo" com dicas óbvias para isso ou aquilo dar certo. Todavia essa matéria, além de ter sido produzida por uma jornalista especializada (clique aqui) está muito bem escrito e ilustrado. 

Para quem seja empreendedor ou pretende sê-lo ou mesmo os apaixonados e interessados nos temas de liderança e gestão, recomendo que usem esses poucos minutos de seu tempo e conheçam o texto. Boa leitura.



Os segredos de grandes empreendedores para ter sucesso nos negócios (por Isabel Rocha)

Busca por autonomia, ideias inovadoras, desejo de contribuir com a sociedade ou pura necessidade: seja qual for o motivo, o fato é que os brasileiros estão empreendendo mais.

De acordo com a última edição do boletim Mapa das Empresas do Ministério da Economia, embora mais de 484 mil empresas tenham fechado as portas no segundo quadrimestre do ano passado, outras 1.420.782 foram abertas — o que representa um saldo positivo de 936.229 durante o período. O número também é o maior da série histórica, iniciada em 2011, e 26,5% maior do que o observado no mesmo período de 2020. Veja no gráfico abaixo.

Histórico de abertura e fechamento de empresas no segundo quadrimestre (de 2011 a 2021) (Boletim Mapa das Empresas - 2º quadrimestre de 2021/Reprodução)

 

Os números são animadores e ajudam a comprovar a escalada do empreendedorismo no Brasil. Mas, ainda assim, não há como negar que abrir e gerenciar sua própria empresa pode ser um processo bastante desafiador.

Para quem está começando, olhar para os erros e acertos de outros empreendedores é uma maneira de aperfeiçoar estratégias, evitar erros e adquirir conhecimentos importantes.

“Costumo dizer que o empreendedorismo pode ser um caminho asfaltado e com luz. Alguém que já passou por esse caminho, que antes era cheio de pedras e escuro, pode te ajudar compartilhando a experiência para que você adote soluções mais simples”, afirmou Carol Paiffer, CEO da Atom (ATOM3) e jurada do Shark Tank Brasil em entrevista à EXAME.

Pensando nisso, separamos, abaixo, algumas dicas de grandes nomes do empreendedorismo para ter sucesso nessa trajetória. Confira.

1. Seja flexível

A biografia de grandes empreendedores prova que adversidades fazem parte do caminho e que muito de seu sucesso está relacionado justamente à capacidade de contornar os obstáculos.

Não à toa, a capacidade de se adaptar e estar disposto a testar novas possibilidades já foi citada como uma das habilidades imprescindíveis para quem deseja empreender por ninguém menos que Jeff Bezos.

“Se você não for flexível, você vai bater sua cabeça contra a parede e não vai ver uma solução diferente para um problema que você está tentando resolver", afirmou o fundador da Amazon.

2. Fique de olho nas finanças

Em uma coluna publicada na EXAME, a empreendedora e especialista em finanças Nathália Arcuri discorreu sobre a importância de um bom planejamento financeiro para que sua empresa possa enfrentar períodos de crise.

“Se nós, empreendedoras e empreendedores, vivemos em um mundo incerto, volátil e caótico, que tal preparar nosso barquinho para pescar na próxima tormenta em vez de sermos engolidos por ela? Ela vai vir, pode ter certeza. E é por isso que, como dona ou dono do seu negócio, você precisa estar de olho no caixa”, escreveu.

De fato, fazer um bom acompanhamento das finanças empresariais é indispensável para manter a operação em tempos de dificuldades — e também para identificar os momentos que favorecem a realização de novos investimentos no negócio. Nesse sentido, ferramentas que auxiliam na gestão financeira podem ser grandes aliadas dos empreendedores.

3. Mantenha-se curioso

Em um mundo em constante transformação, a habilidade de continuar aprendendo é outro diferencial importante para quem busca o sucesso no mundo dos negócios.

“Para o estudante curioso, essa é a melhor época, pois sua capacidade de constantemente refrescar seu conhecimento com podcasts ou aulas online é melhor do que nunca”, disse Bill Gates em 2019. Para o cofundador da Microsoft, aqueles que estão em constante processo de aprendizado, também estão caminhando para transformar seus sonhos em realidade.

4. Preste atenção nos clientes

Outro aprendizado trazido por Gates tem a ver com a experiência do cliente. “Seus clientes mais insatisfeitos são sua maior fonte de aprendizado”, disse o empresário certa vez.

Incentivo ao engajamento nas redes sociais, pesquisas de NPS (sigla em inglês para Net Promoter Score) e um SAC 2.0 bem realizado são apenas algumas das ferramentas que as empresas podem utilizar para se aproximar do público, entender seus feedbacks e aprimorar produtos e serviços. 

  • Para ler a matéria no formato original da revista Exame clique aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário