21 DE JULHO DE 2024 - DOMINGO - DIA DA APROXIMAÇÃO DE PI


O Dia da Aproximação de Pi comemora-se no dia 22 de julho. Isso porque 22/7 é uma fração que representa Pi, escolhendo-se o dia 22 de julho para se celebrar esta constante matemática. A data numérica do dia (22/7) é igual a 3,14285714, o que é uma boa aproximação para Pi com duas casas decimais (3,14159). Assim, este dia é celebrado como a abordagem mais próxima de Pi do ano. Consoante a convenção adotada, o Dia de Aproximação de Pi também se pode comemorar a: 26 de abril (dia em que a Terra completa dois radianos de sua órbita); 10 de novembro (314º dia do ano); 21 de dezembro (355º dia do ano à hora 1:13, 355/113 - aproximação chinesa). O que é o Número Pi? Número Pi Número Pi é uma sequência infinita de dígitos. Seu valor é 3,14159265358979323846… Nos cálculos matemáticos em que é usado, o número é abreviado para 3,1416, ou 3,14. Trata-se da constante matemática mais antiga de que se tem conhecimento e que continua a ser estudada. Pi é objeto de estudo há mais de 2 000 anos. Além do Dia da Aproximação do Pi, também se celebra anualmente o Dia do Pi a 14 de março.

Bem vindo

Bem vindo

FRASE DO DIA

FRASE DO DIA

FRASE COM AUTOR

FRASE COM AUTOR

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Dolly - ovelha clonada na Escócia - espanta e deixa o mundo perplexo. Um clone deixa de ser ficção científica! (1997)


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

27 de fevereiro de 1997 — A clonagem da ovelha Dolly

Jornal do Brasil: Ovelha Dolly

Dolly, o primeiro mamífOpções de postagemero clonado, foi gerado a partir de outra ovelha adulta, o que deixou em polvorosa o mundo científico. O animal nasceu em 1996 mas o resultado da pesquisa só foi publicada no ano seguinte, na Revista Nature. Os responsáveis pelo experimento foram os professores Ian Wilnut e Keith Campbell, do Roslin Institute, da Escócia.

Dolly foi gerada a partir do núcleo de uma célula mamária de uma ovelha adulta, o qual foi fundido, com a ajuda de uma corrente elétrica, ao óvulo de outro animal, cujo núcleo tinha sido previamente retirado. Para obter a clonagem os pesquisadores tiveram de fazer 276 tentativas. O nome Dolly foi uma referência à cantora country norte-americana Dolly Parton, que tem seios muito grandes.

O clone teve um filhote, que recebeu o nome de Bonnie, nascida de um
cruzamento normal com um carneiro montês da raça Welch, chamado David. Dolly gerou ainda mais três filhotes em uma única gestação, que morreram. 

A experiência abriu debates a respeito dos limites morais das pesquisas científicas, e o Vaticano pediu que as pesquisas sobre clonagens fossem abolidas. Muitos países, inclusive o Brasil, estabeleceram medidas jurídicas para impedir que o processo fosse empregado em seres humanos. 

A ovelha mais famosa do mundo foi sacrificada em 2003 depois de contrair uma infecção pulmonar degenerativa, que lhe infligiu muito sofrimento.

Ao completar 5 anos a ovelha apresentou uma forma rara de artrite, que ataca geralmente animais velhos. Os pesquisadores interpretaram a doença como um sinal de envelhecimento precoce a que poderiam estar sujeitos os clones. Dolly também ficou obesa, mas os cientistas não souberam explicar se o sobrepeso foi causado pelo confinamento ou se era outra consequência da clonagem.

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Convido você, caro leitor, a se manifestar sobre os assuntos postados na Oficina de Gerência. Sua participação me incentiva e provoca. Obrigado.