25 DE JUNHO DE 2024 - 3 FEIRA - DIA MUNDIAL DO MARINHEIRO E DIA DO IMIGRANTE



Bem vindo

Bem vindo


 

FRASE DO DIA

FRASE DO DIA

FRASE COM AUTOR

FRASE COM AUTOR

segunda-feira, 29 de maio de 2023

Vasco, humilhado, exige respeito da 777 Partners

 


👀

FORTALEZA  2 X 0  VASCO

8ª Rodada

Não vou, neste post, falar sobre a derrota do Vasco no Brasileirão para o Fortaleza. Seria "chover no molhado". Já era esperada; 3ª derrota seguida com mais três empates no meio e outra derrota; uma vitória apenas; 6 pontos ganhos em 8 jogos e 24 disputados, 25% de aproveitamento.  O Vasco virou um saco de pancadas para os adversários. 

Nós, torcedores vascaínos, sabemos as razões para isso. Após uma estreia avassaladora nos 2 a 1 contra o Atlético Mineiro, no Mineirão, fomos vítimas de uma enganação. 

Também não vou mais sugerir a saída do Barbieri (sem nenhuma conotação pessoal, apenas profissional) como fiz nos meus quatro posts anteriores (clique no link Vasco da Gama). Continuo afirmando que é necessária, mas a 777 Partners já sabe disso e se não toma a medida é porque tem razões (secretas) que a torcida desconhece. Está pagando para ver e a torcida que se exploda. 


Mesmo que se reforce o grupo com novos jogadores, este plantel já está marcado. E, nem de longe estou falando do grupo querer derrubar o técnico. Pelo contrário, há uma lealdade comprovada pelo esforço que os atletas estão disputando os jogos em campo. A continuidade do técnico atual não vai resolver o problema de identidade que o grupo está sofrendo. Novos jogadores vão ser meramente agrupados ao sistema reinante. E tudo vai continuar na mesma.  

Há que se modificar é o perfil psicológico do elenco. Eles, estão obedecendo ao Barbieri, mas não acreditam mais no técnico e sua comissão e isso não tem remendo. Ou um novo técnico entra ou a vaca vai, acelerada - derrota em derrota - para o brejo ainda no 1º turno do Brasileirão. 

E não é qualquer técnico que vai servir não! Tem que ter experiência e história atual respeitável; e uma liderança natural, além da formalidade de ser simplesmente "o técnico"; há que ser um comandante líder. E não está nada fácil. Fiz uma (amadora) pesquisa, no futebol brasileiro, e não achei nenhum com o perfil descrito, exceção do Tite e do Cuca que não estão disponíveis, por motivos conhecidos.  Um técnico apenas mediano, sem currículo respeitável, pode ser que tire o Vasco da zona de rebaixamento e só.

Enquanto isso vamos continuar com as ridículas desculpas que estão inventando para os jogadores dizerem à imprensa. O Maldonado chegou a dizer que o "clima" do estádio, ou seja, a gritaria da torcida amedrontou o grande Vasco da Gama! Seria cômico se não fosse trágico. Eu, presidente do clube, o advertiria na hora. O nome do Vasco exige respeito.


Muito bem, vamos ter que seguir desse jeito. Próxima derrota será para o Flamengo. Vai terminar mais embaixo ainda no Z-4 do rebaixamento; talvez até na lanterna. Que humilhação! Como ficará a 777 Partners com essa devastação de sua grife?

No ano passado os últimos clubes a ficarem fora da Z-4 foram Coritiba e Cuiabá com 41 e 42 pontos. O Bragantino, com 44 pontos foi o último a entrar na faixa da Sul-Americana. 

O Vasco com apenas 6 pontos terá que lutar muito e torcer para seus concorrentes perderem pontos, para poder batalhar por, ao menos, uns 40 pontos (13 vitórias e um empate) nos próximos 30 jogos de todo o restante do campeonato, apenas para ficar fora da Z-4. Isto representa uma efetividade de conquistar 46% dos pontos que ainda restam para disputar. E não estou nem contando com a derrota próxima para o Flamengo.

E vou dizer mais. Historicamente, essa posição do Vasco não é recuperável a curto prazo. Para efeito de raciocínio: se a classificação do campeonato congelasse (veja abaixo), o Vasco estaria a 15 pontos do líder (Botafogo, com 21 pontos ganhos). Sabem o que isso representa? 5 rodadas de vitórias seguidas sem ninguém ganhar nenhum ponto; ou seja, inviável. Nem milagre a curto e, talvez, até a médio...

Posso dizer aqui que o Vasco tem de planejar - simplesmente - primeiro, não cair com 777, SAF e tudo para a 2ª divisão; segundo, batalhar, com muito afinco e determinação, para chegar, ao menos, na zona da disputa pela Copa Sul-Americana (de 54 a 44 pontos). Libertadores? Nem pensar! Neste brasileiro, equilibrado como está, não tem jogo fácil. São pelo menos 15 clubes brigando pelas 12 primeiras posições.

Não é hesitando em tomar decisões que a 777 Partners vai conseguir, mesmo com seus milhões prometidos, manter a sua SAF de pé para tirar o Vasco da enrascada em que está.

Que a solução das SAFs dá certo não há dúvidas. É só ver as campanhas do líder Botafogo (21 pontos - 7 vitórias) e Cruzeiro (13 pontos - 6º colocado); mudar técnico que não está dando certo? É só olhar a jornada pós Rogério Ceni do São Paulo de Dorival Junior (clique aqui). O que está esperando a direção da SAF do Vasco?

: Escrevo uma atualização do post (3ª feira-30/5) para falar sobre a provável substituição do Barbieri que está sendo anunciada nesta semana. O nome de Rogério Ceni está sendo citado. Se for verdade é outro erro da 777 Partners. Ceni não é o perfil que o Vasco precisa. É autoritário e um desagregador de vestiários. Saiu assim do Flamengo e do São Paulo. O Vasco deveria substituir toda a comissão técnica e entrar com um treinador funcionário do clube enquanto procura um técnico com o perfil certo. A situação é gravíssima e outro erro estratégico poderá ser fatal para a temporada 2023.

Veja abaixo a tábua de classificação do Brasileirão após a última rodada (8ª)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Convido você, caro leitor, a se manifestar sobre os assuntos postados na Oficina de Gerência. Sua participação me incentiva e provoca. Obrigado.