15 DE JUNHO DE 2024 - SÁBADO


Bem vindo

Bem vindo


 

FRASE DO DIA

FRASE DO DIA

FRASE COM AUTOR

FRASE COM AUTOR

quarta-feira, 29 de novembro de 2023

Vasco, só um milagre bíblico para salvá-lo.

Clique aqui para conhecer a situação mais atualizada para o Vasco

Vou escrever este post "por honra da firma". Depois da derrota de ontem para o Corinthians (4x2), não tive a mínima vontade de escrever nada. Todavia, sinto que devo um post aos vascaínos que acompanharam, aqui no blog, a saga do nosso time na busca desesperada, para não voltar à 2ª divisão, Série B, do futebol brasileiro.

É com esse espírito de desencanto, que vou traçar umas poucas linhas aqui. Não para explicar o jogo, visto que a vitória corintiana foi limpa e justa. Também não vou culpar os atletas ou a Comissão Técnica. 

O time lutou o tempo todo, mas a fragilidade evidente da defesa, sem seus titulares (Leo e Maicon), abriu uma avenida para o Corinthians fazer seus gols com tanta facilidade que nem nos seus treinos - titulares e reservas - o time paulista encontrou tanta facilidade para fazer a bola chegar às redes do adversário.

O resultado não poderia ser outro. O time do Mano Menezes foi melhor e pronto. Para o Vasco e sua frustrada torcida foi um soco no queixo que deixou a equipe, com 99% de certeza, fora da 1ª divisão.

Para o técnico Ramon Diaz, que não esteve em suas melhores noites, mas não pode ser responsabilizado pela derrota, o time ainda tem chance porque vai disputar duas partidas (6 pontos). Ele sabe que as chances são as mesmas de um milagre bíblico, mas cumpriu sua obrigação de não entregar os pontos antes do fim. Nisso ele acertou!

O Vasco vai enfrentar domingo que vem, em Porto Alegre, o Grêmio - que luta para ficar no G-4 e na quarta-feira, em São Januário, o Bragantino, também na briga pelo G-4. Duas pedreiras, mas que não estão em seu melhor momento. O Gigante da Colina terá que "faturar" duas vitórias - para garantir 48 pontos - e não cair. Fora disto, vai depender dos resultados de Bahia, Internacional e São Paulo.

Acompanho futebol há muitos anos - muitos mesmos - e não acredito nesses "milagres". Então, já estou conformado. O Vasco não escapa de voltar, em 2024, para a fatídica 2ª divisão. Mas vou torcer ferozmente pelos milagres das duas vitórias e/ou outros "arranjos" que possam livrar o time de cair. Mas seria uma enorme (e maravilhosa) surpresa.

Depois que a tragédia se consumar, na quarta feira, dia 29, volto a escrever. Até lá não vou me pronunciar, mesmo que ganhe do Grêmio. 

Há muito o que dizer quando o "Titanic" tiver afundado. A SAF da 777 Partners e a diretoria do Vasco que esperem um tsunami. A torcida não vai perdoar e não vai ficar quieta...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Convido você, caro leitor, a se manifestar sobre os assuntos postados na Oficina de Gerência. Sua participação me incentiva e provoca. Obrigado.